Edifícios de Madrid – Parte 2

Com a construçao do Banco de Espanha na Calle de Alcalá, esta central  rua de Madrid, situada ao lado da Gran Via, se definiu como aquela em que as principais instituições financeiras do país instalaram suas sedes. Algumas delas representam verdadeiros cartões postais da paisagem urbana madrilenha.

A sede do BBVA (Banco Bilbao Vizcaya e Argentaria) foi construída pelo arquiteto Ricardo Bastida y Bilbao, cujo projeto foi o vencedor de um concurso público realizado em 1919.

O edifício possui uma fachada convexa e simétrica, compostos por enormes colunas e capitéis que lhe confere um aspecto clássico. As quatro esculturas situadas em sua parte superior foram esculpidas em mármore por Quintín de la Torre.

Porém, o que mais surpreende no edifício são as monumentais, emblemáticas e famosas quádrigas, realizadas por Higinio de Basterra.

Para sua elaboração, foram necessárias 25 toneladas de cobre, bronze, ferro e zinco. Inicialmente, estavam fundidas num metal fino de cor dourada, mas durante a Guerra Civil foram pintados de uma tonalidade escura para evitar que fossem uma referência aos aviões franquistas que bombardeavam Madrid.

Abaixo, uma foto tirada da terraça do Círculo de Belas Artes.

Situado em frente ao anterior, o edifício do Banco Espanhol de Crédito é um excelente exemplo de construção realizada nos finais do séc. XIX. Concebido para ser a sede da empresa de seguros americana Equitativa, é também conhecido como Palácio da Equitativa e foi projetado pelo arquiteto José Graces Riera.

Em 1920, foi vendido ao Banco de Crédito, que realizou algumas reformas, a cargo de Joaquim Saldaña, entre as quais a colocação de um cartel que indicasse o novo proprietário do imóvel.

Destacam, além de sua planta que parece a proa de um barco, seus elementos decorativos, como por exemplo os elefantes esculpidos que sustentam o balcão do primeiro andar. Na verdade, representam uma alegoria da fortaleza, seguridade e perpetuidade.

O edifício está coroado por uma pequena torre e o relógio. Atualmente, encontra-se vazio, e dizem que se transformará num Hotel de luxo…