Catedral de Taragona

Localizada na parte mais elevada da cidade, a Catedral Basílica Metropolitana e Primada de Santa Maria, é a sede bispal da cidade de Tarragona.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAFoi erguida no mesmo local dos templos religiosos relativos a épocas anteriores, como o dedicado a Augusto (período Romano), a catedral visigótica e a mesquita árabe.

OLYMPUS DIGITAL CAMERASua construção iniciou-se em 1171, e foi consagrada em 1331, sendo considerada estilisticamente um edifício representante do período de transição do Românico ao Gótico. Como era habitual na construção de catedrais, as obras prosseguiram entre os séc. XIV e XVII, com novos elementos renascentistas e barrocos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA fachada principal consta de 3 portas, referentes a cada uma das naves de sua planta gótica. A porta central foi inspirada nos modelos góticos franceses, principalmente as catedrais de Amiens e Reims, e foi levantada no séc. XIII. Na coluna central, vemos uma imagem da Virgem, e no seu pedestal estao narrados episódios do Gênesis, como a criação de Adão e Eva, e o pecado original.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERANo tímpano, encontramos cenas relacionadas com o Juízo Final.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANas laterais de ambos os lados, foram esculpidos os 12 apóstolos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAAs portas laterais, contrastando com a central, são Românicas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo muro da porta do lado direito, encontramos o sarcófago de Bethesda, cuja origem nos remete ao período paleocristiano, no séc. IV dC. Nele estão esculpidos cenas da vida de Jesus, como a cura do paralítico.

DSC02073No alto da fachada principal, um excepcional rosetón Gótico, que mede 11m de diâmetro.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO claustro catedralício foi construído no final do séc. XII e princípio do XIII.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO claustro exibe uma variada decoração escultórica, presente principalmente em seus capitéis, com motivos historiados, animais fantásticos, etc.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOutro elemento que destaca no conjunto do claustro é a antiga porta de acesso à igreja, românica do séc. XIII.

OLYMPUS DIGITAL CAMERATambém como parte integrante do claustro, a Sacristia recebe as obras do Museu Diocesano. De um total de quase 6 mil peças, estão expostas 350 delas, como a série de esculturas referentes aos 4 evangelistas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo próximo post, veremos o interior da catedral.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s