Goya e a Ermita da Florida – Madrid

A Ermita de Santo Antonio de la Florida é a única sobrevivente das três dedicadas ao santo, que existiram em Madrid. Situada próxima ao Rio Manzanares e à Estação de Príncipe Pio, a atual construção foi a terceira a ser realizada, sendo que as duas primeiras foram demolidas no séc. XVIII, devido a obras de reurbanização.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA devoção a Santo Antônio de Pádua estava muito arraigada entre os madrilenhos, que acudiam ao santo em busca de um bom casamento. Dessa forma, durante o reinado de Carlos IV, foi edificada esta ermita, cujo nome se origina de um antigo palácio situado próximo a ela, denominado da Florida, que não existe mais. O templo foi construído entre 1792/1798 no estilo neoclássico, e encarregada ao arquiteto Felipe Fontana.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADesde que a ermita foi declarada paróquia em 1881, o culto ao santo se intensificou ainda mais, ameaçando com a fumaça das velas e os incensos a decoração pictórica do templo, realizada por Francisco de Goya (1746/1828), o pintor mais relevante de seu tempo e gênio indiscutível da pintura universal. Uma estátua em frente à ermita homenageia o grande artista.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAPara diminuir o impacto dos prejuízos causados à pintura, a Ermita da Florida foi catalogada Monumento Nacional em 1905. Em 1928, no centenário da morte do pintor, para assegurar a conservação decorativa do templo, foi construída uma ermita gêmea, ao lado da original, destinada ao culto religioso, deixando a primeira construção como museu e panteão do pintor, a cargo da Real Academia de Belas Artes de San Fernando.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAGoya faleceu em Bordeos, França, em 1828. Quando seus restos foram trazidos à Espanha em 1919, recebeu uma solene sepultura nesta capela. A lápide de granito situa-se aos pés do presbitério, e foi enterrado junto com seu amigo, Martin Miguel de Goicoechea. O altar maior localizado em cima da sepultura foi realizado  em estuco, medida adotada durante o reinado de Carlos III, que proibiu a utilização de madeira, devido ao risco de incêndios. O quadro representa a Adoraçao da Trindade e, na parte superior do ábside, atrás do altar maior, as pinturas de Goya se unem à celebração.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO corpo do pintor carece de crânio, possivelmente separado do tronco para a realização de análises frenológicas (a Frenologia é uma teoria que estuda a relação do caráter e da personalidade com o formato da cabeça). A ermita possui uma planta de cruz grega, que lhe proporciona um conjunto centralizado e que ressalta a cúpula. Quando Goya completou a decoração, realizada em 6 meses durante o ano de 1798, tinha 52 anos e encontrava-se em sua plenitude artística. Era o pintor real e artista da moda na sociedade madrilenha. Para a decoração da cúpula, o pintor aragonês representou um dos milagres mais conhecidos de Santo Antônio de Pádua. Segundo a tradição, o santo foi transportado pelos anjos a Lisboa e pela graça divina fez com que um defunto respondesse as perguntas de um juiz, e confirmasse a inocência do pai do santo, que havia sido acusado de um crime.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA representação do fato decora a cúpula, de 6m de diâmetro.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA grande originalidade das pinturas é o reflexo da liberdade concedida ao pintor em sua execução. Goya realizou uma interpretação muito livre e pessoal do milagre que contemplamos. No séc. XVIII, na decoração das igrejas, o normal era colocar os episódios terrenais nas zonas inferiores, enquanto os celestiais eram representados no alto do templo, como a cúpula. Goya inverte esta tradição barroca.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo fresco, uma multidão assiste ao milagre, e nem o tempo, nem o local correspondem ao relato tradicional. Goya leva a cena do milagre ao séc. XVIII, ao ar livre, sendo que os personagens parecem madrilenhos, como os que participavam dos dias festivos na ermita. Este universo amável se transforma com a representação de figuras sinistras, cujo significado permanece um mistério.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO grupo principal está formado pelos personagens que protagonizam o milagre, sendo que Santo Antônio está situado em cima de uma rocha, ressaltando sua importância. Goya escolheu o momento em que invoca o defunto, e este começa a falar. O cadáver, com as mãos juntas, pertence ao tipo de figuras espectrais que, posteriormente, serão frequentes em sua obra. A misteriosa figura de perfil, com capa negra é, segundo a tradição, o próprio Goya.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAbaixo, vemos outra cena da pintura.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAo lado da cúpula, vemos anjos representados como mulheres de grande sensualidade e beleza, que conformam um mundo refinado e elegante, distinto ao retratado na cúpula.

OLYMPUS DIGITAL CAMERASanto Antonio de la Florida resume a trajetória artística do pintor. Aqui aparecem os elementos tipicamente goyescos, junto a outros que caracterizarão sua obra posterior, antecipando a arte do Impressionismo. Não sem motivos, este pequeno templo, inacreditavelmente desconhecido para muita gente, é considerado atualmente como a Capela Sixtina do séc. XVIII.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s