Museu de História – Madrid

O Museu de História de Madrid ocupa o edifício do antigo Real Hospício de San Fernando, construído entre 1721/1726, durante o reinado de Felipe V. Foi erguido pelo arquiteto Pedro de Ribera, no estilo barroco.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm 1922, o edifício deixou de ser utilizado como hospício. Apesar de ter sido declarado três anos antes como Monumento Histórico-Artístico, foi graças à intervenção da Real Academia de Belas Artes de San Fernando que deixou de desaparecer devido ao abandono e as ruínas. A mencionada instituição, junto com a Sociedade Espanhola dos Amigos da Arte, passou a utilizar o local como centro de exposições, como a realizada em 1926, intitulada “Exposição do Madrid Antigo”.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA prefeitura, então, adquiriu o imóvel, que foi restaurado para a apresentação de dita exposição. Em 1929, foi criado o Museu Municipal. Abaixo, vemos uma foto do edifício, tirada entre 1920/1925.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA portada principal, realizada por Ribera, é uma das mais representativas do barroco civil espanhol.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAEm 2002, foi realizada outra reforma integral da construção, para acolher o atual Museu de História da cidade. O centro conserva importantes coleções, que mostram a evolução histórica e urbanística de Madrid. Por seu valor documental, destacam as coleções de pinturas, cartografia,fotografias, postais, esculturas, moedas, etc. O museu possui também uma excepcional maquete histórica da cidade, realizada em 1830 por León Gil de Palácio, que impressiona por sua grandiosidade e detalhes.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo jardim situado ao lado do museu, podemos apreciar uma das fontes históricas da capital. Denominada de Fonte da Fama, foi realizada também por Pedro de Ribera, em 1732.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA obra foi encarregada por Felipe V para embelezar a cidade e melhorar o fornecimento de água à população. Seu estilo integra a corrente artística denominada Churrigueresca, Esta designação se deve aos irmãos Churriguera, um clã de arquitetos barrocos cuja obra se caracteriza pela ostentosa decoração. Por extensão, o termo passou a ser utilizado para designar o barroco espanhol do primeiro terço do séc. XVIII.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOriginalmente, a fonte estava situada na Praça de Antón Martín, razão pela qual inicialmente ficou conhecida pelo nome da praça. Em 1941, foi levada ao jardim do museu. Abaixo, vemos uma foto tirada em 1927, em sua localização original.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA estátua que representa a fama, e que coroa o conjunto, foi realizada pelo artista Juan Bautista. A figura mostra um insinuante movimento, simbolizando que apesar do triunfo, a fama não perdura. Na realidade, a fonte é uma alegoria do conceito clássico “Carpe Diem, Carpe Horam”, aproveite o dia e as horas.OLYMPUS DIGITAL CAMERAComo fato curioso, no dia de sua inauguração, foi colocado um letreiro, sob petição popular, que dizia: “Deus quis, o rei mandou, e o povo pagou”, devido a que sua construção foi financiada graças ao aumento dos impostos…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s