Românico em Girona – Segunda Parte

Finalizamos os posts sobre Girona com a segunda parte dos monumentos do estilo românico que podemos contemplar numa visita à cidade. De fato, Girona conserva uma das poucas construções de caráter civil do período românico que se conservam em toda a Espanha. São os denominados Banhos Árabes.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAApesar do nome, trata-se de uma edificação realizada no período cristão, incorporando elementos do estilo predominante na época, o românico. Construído em 1194, foi inspirada nos banhos romanos e árabes, tão em moda naqueles tempos. Apreciamos, dentro de sua estrutura geral, elementos que integram a arquitetura islâmica, como a porta de acesso aos banhos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO conjunto dispunha de 3 salas com águas a distintas temperaturas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUma delas está formada pelos típicos Arcos de Meio Ponto, característicos do Românico.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA mais impressionante,  situada logo no hall de entrada, é a sala de águas frias (frigidarium). No seu centro, eleva-se uma estrutura octogonal, composta por belas colunas e aberta em sua parte superior à luz exterior.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa parte exterior, que dá acesso à cúpula, podemos ver o que foi o forno, necessário para esquentar a água que abastecia uma das salas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAComo podemos observar, o homem medieval também cuidava do seu corpo….

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa Praça de San Feliu (San Félix, em castelhano), uma pequena escultura atrai a uma grande quantidade de turistas, graças à lenda a ela associada. A obra é uma escultura românica do séc. XI, que representa uma leoa. Na realidade, a que vemos na praça é uma cópia, pois a original encontra-se guardada no museu da cidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA tradição diz que quem beija a bunda da leoa, retorna à Girona. No entanto, o hábito foi proibido pela prefeitura da cidade, por razões higiênicas. Por isso, a escultura foi colocada  num local mais alto, dificultando a “manobra”. No entanto, muitos são os que não resistem, e fazem de tudo para beijar as nádegas da felina, na esperança de um dia voltar a esta mágica e surpreendente cidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s