Mercado de San Miguel – Madrid

No séc. XIX, os mercados existentes em Madrid eram ao ar livre. Durante a segunda metade do século começaram a aparecer as idéias relacionadas à higiene e funcionalidade dos mercados de rua, contribuindo para solucionar os graves problemas de sujeira e insalubridade decorrentes. No entanto, muitos mercados ao ar livre ainda eram realizados na capital em pleno séc. XX. Abaixo, vemos um deles, numa foto tirada em 1928.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO mais famoso mercado coberto da cidade no séc. XIX foi o Mercado de la Cebada, construído em 1968 no denominado estilo arquitetônico de ferro, baseado no mercado de Les Halles de Paris. Abaixo, vemos uma grande foto do mercado que pode ser vista no metrô da Latina, bairro onde estava localizado.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAPorém, dito mercado foi derrubado em 1958 e substituído por outro moderno, que atualmente encontra-se num estado deplorável, com a prefeitura ameaçando sua demoliçao.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAMelhor sorte teve o Mercado de San Miguel, o único sobrevivente dos mercados construídos no estilo arquitetônico que utilizou o ferro como material. Situado na Praça de San Miguel, entre a Praça Maior e a Calle Maior, tanto o nome do mercado, quanto o da praça, se relacionam com uma antiga igreja dedicada ao santo existente já no séc. XIII, e derrubada no começo do séc. XIX para a abertura de novos espaços urbanos, característica que marcou o governo de José Bonaparte.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Mercado de San Miguel foi construído entre 1913/1916 pelo arquiteto Alfonso Dubé y Diez. Com o tempo, a concorrência com as grandes redes de supermercado fez com que o mercado lentamente entrasse num período de decadência. Em 1999, foi reformado pela Comunidade de Madrid e com a ajuda européia, além dos recursos provenientes dos próprios comerciantes do mercado. Mesmo assim, o mercado nao se recuperou.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAQuando parecia iminente seu  fechamento, um grupo de particulares fundou uma entidade chamada El gastrónomo de San Miguel, que se encarregou de adquirir o local, com o objetivo de recuperá-lo. Para tanto, foi criado um empório gastronômico, e o mercado foi novamente reabilitado, mas respeitando sua arquitetura original. O ferro forjado do teto e de sua estrutura exterior foram mantidos, colocando-se enormes vidros protetores.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAReinaugurado em 2009, atualmente milhares de pessoas o visitam diariamente, para provar as típicas tapas e produtos da gastronomia espanhola e internacional.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO Mercado de San Miguel colaborou para revitalizar o centro antigo de Madrid, oferecendo produtos de qualidade e ressucitando o mercado tradicional.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Anúncios

4 respostas em “Mercado de San Miguel – Madrid

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s