Turismo Ecológico e Micologia – Comunidade de Madrid

O município de Rascafría é  privilegiado por seus encantos naturais. Situado a 1200m de altitude no Vale do Rio Lozoya, ao noroeste da Comunidade de Madrid, encontra-se em plena Serra de Guadarrama. Repleta de rios e de montanhas com mais de 2000m, a zona é perfeita para a prática do Ecoturismo, contando com uma infinidade de trilhas que podem ser percorridas, com distintos graus de dificuldade. A trilha da Cascata do Purgatório é uma delas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADe um nível de dificuldade baixo para médio, possui cerca de 6.5 km, e seu entorno é um local protegido por constituir uma Zona Especial de Proteção de Aves (ZEPA). A trilha inicia-se em frente ao Monastério de El Paular, que em breve veremos no post, na denominada Ponte do Perdão. Salvando as águas do Rio Lozoya, foi construída pelos monges a mediados do séc. XVIII, substituindo um anterior feito de madeira. A ponte já existia no séc. XIV, mas as duras condições climáticas da região e as enchentes causadas pelo rio provocaram sua reforma no séc. XVIII, quando foi edificada com pedras de granito.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA ponte era a via de acesso principal dos monges ao Moinho de Papel de Los Batanes, explorado pelo monastério. Dele, saiu o papel utilizado na impressão da primeira parte da obra máxima da Literatura Espanhola, D.Quixote de La Mancha, de Cervantes, e publicada em Madrid no ano 1605. Devido ao isolamento do vale, as autoridades locais realizavam os julgamentos junto a ponte. Os réus apelavam as sentenças ante o tribunal, e caso fossem perdoados, retornavam pela ponte são e salvos, dando origem ao seu nome. Pela trilha contemplamos belas paisagens, enriquecida pelo colorido das árvores do outono.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADepois de cerca de uma hora caminhando, avistamos as primeiras quedas de água.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm seguida, chegamos ao objetivo final do caminho, a Cascata do Purgatório, um belo salto com cerca de 15 metros, situada num local de grande beleza.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo outono, além dos grupos de pessoas que buscam o local para a prática do Turismo Ecológico, encontramos outros com um objetivo totalmente diferente, que se dedicam a buscar e colher setas. Uma espécie de fungo, as setas são muito apreciadas na Gastronomia Espanhola. No Brasil, são conhecidas como cogumelos. Seu estudo denomina-se Micologia, palavra originária do idioma grego, e a prática de procurar setas pelos bosques está amplamente difundida pelo país, principalmente no outono, sua melhor época.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo trajeto à cachoeira, vemos as mais variadas espécies e tamanhos. Das cerca de 1200 espécies existentes no país, aproximadamente de 40 a 50 são comestíveis. As setas desenvolvem-se em locais de grande umidade e com pouca luz.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAlém daquelas utilizadas nos mais variados pratos da cozinha ibérica, existem outras com um grande potencial nocivo, e constituídas por substâncias psicoativas ou alucinógenas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADo total, 12 são particularmente temíveis por o alto grau de intoxicação que provocam sua indevida ingestão, sendo potencialmente mortais. Evidentemente, a prática de coletar setas somente é recomendável quando existe algum profundo conhecedor do tema no grupo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s