Tabernas de Madrid

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Inegavelmente, as Tabernas constituem um dos estabelecimentos mais característicos de Madrid. Imaginar a cidade sem Tabernas representa o mesmo que Roma sem tratorias ou Londres sem pubs. As primeiras Tabernas conhecidas estavam situadas no Mediterrâneo Oriental e na Mesopotâmia. Abundantes na Grécia Antiga, com o advento do Império Romano, estendeu se por todo o continente europeu. A etmologia de seu nome se relaciona com a madeira, material básico em suas construções. Se entende por Tabernas um local onde se vende vinhos e outras bebidas, e foi também durante a época romana quando apareceram as primeiras Tabernas de vinho que se estabeleceram na então Espanha.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

As Tabernas perduraram no período visigodo e inclusive durante a ocupação muçulmana foram toleradas. A origem das Tabernas de Madrid estariam nas chamadas Alojerias Árabes, como eram conhecidos os estabelecimentos comerciais onde eram servidos refrescos e doces, sendo sua especialidade a aloja, um tipo de erva cozida e depois adocicada. Depois da conquista dos Reis cristãos, tornou se costume colocar álcool na aloja, e que fossem servidos vinhos e aguardentes com frequência. Uma das primeiras ordenanças da vila, em 1476, obrigavam as Tabernas a vender vinhos sem mistura, e que procedessem dos pueblos próximos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA A maioria das Tabernas estavam localizadas em torno às ruas próximas de entradas da cidade. No século XVII, época de ouro da cultura espanhola, as Tabernas foram frequentadas por personagens ilustres, como Miguel de Cervantes, Quevedo, Lope de Vega, etc. Em 1795, uma lei impôs varias regras às casas e bodegas:  proibição de jogos de baralhos e dados, bem como a entrada de mulheres, homens embriagados, militares e guardas, salvo quando estivessem em serviço. Além disso, não podiam haver cortinas que tapassem o interior das Tabernas. Os proprietários não podiam ter funcionários com menos de 40 anos e os vinhos deveriam ser puros, legitimos e de qualidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAInstituição popular desde suas origens, no século XIX foi descoberto pela burguesia, quando muitos se dirigiam às Tabernas para escutarem musica flamenca. A mediados deste século, haviam 816 Tabernas em Madrid e no principio do século XX, 1437. Em 1910, eram quase 2 mil. A família dos taberneiros normalmente viviam nas próprias dependências das Tabernas.  Nesta época, uma inspeção da prefeitura contabilizou a existência de 1300 funcionários, dos quais quase 600 eram menores de idade. A jornada de trabalho durava de 15 a 18 horas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA   Em 1923, a Lei de Tabernas estabelece o direito às jornadas de 8 horas. Era frequente que cada Taberna estivesse associada a uma clientela especifica, e aqueles relacionados ao mundo taurino tinham uma especial predileção pelo ambiente das Tabernas. Inclusive, muitos toureiros famosos forma proprietários de conhecidas Tabernas. E muitas delas proliferaram nas proximidades das principais Praças de Touros das cidades.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo começo do século XX, as Tabernas Tradicionais entram em decadência, substituídas por modernas e homogêneas cafeterias de consumo rápido. Temendo sua completa desaparição, nos anos 80 a Camara de Comercio outorgou o titulo de EstabelecimentosTradicionais Madrilenhos às Tabernas Clássicas. No presente momento, a cidade conserva aproximadamente 20 delas e outras 50 que inicialmente foram bodegas e depois foram transformadas em Tabernas. Atualmente, se observa um ressurgimento das Tabernas, e entrar em algumas delas nos permite conhecer o típico ambiente relaxado e cordial que a caracteriza.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Anúncios

Uma resposta em “Tabernas de Madrid

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s