A Igreja de San Nicolás – Madrid

A Igreja de San Nicolás de Bari situa-se na praça homônima, em pleno centro histórico de Madrid. O templo já era mencionado no Foro de Madrid de 1202 como uma das dez paróquias existentes na época. Com o derrubamento da antiga Igreja de Santa Maria de Almudena, esta igreja passou a ser considerada como a mais antiga da cidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAlguns historiadores sustentam que a igreja pôde ter sido uma primitiva mesquita na época muçulmana. O grandioso arco de clara inspiração árabe que vemos no interior  poderia ser uma prova que respaldasse esta teoria.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO mais provável, porém, é que sua construção date do séc. XII, pois sua torre, declarada Monumento Nacional em 1931, apresenta todas as características de um campanário mudéjar daquele período.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADe planta quadrada, a torre foi levantada em tijolo e decorada com os denominados Arcos Cegos. No séc. XVII, foi rematada por uma estrutura barroca. Do mesmo estilo é a portada, esculpida pelo famoso escultor Luis Salvador Carmona, com uma imagem de San Nicolás em sua parte superior (séc. XVIII).

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA torre é a única parte que  se conserva da igreja original, já que o templo foi transformado nos séculos posteriores. O interior da igreja foi reformado no séc. XV e no XVII. Nele, vemos um retábulo com a imagem do santo titular, de constituição moderna.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOutro elemento destacável é uma escultura do Ecce Homo. De acordo com o Evangelho, estas foram as palavras pronunciadas em latim por Pôncio Pilatos, ao apresentar Jesus Cristo à multidão hostil. Traduzidas por “Eis o Homem”, esta imagem foi muito difundida pela iconografia católica ao longo da história.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa cripta da Igreja de San Nicolás está enterrado o arquiteto real de Felipe II, e  responsável pela construção do Monastério do Escorial, Juan de Herrera. As características monumentalidade e sobriedade decorativa de suas obras tornaram-se uma referência do Renascimento Espanhol, e formam a base de um estilo próprio, o Herreriano. Abaixo, vemos uma placa comemorativa no exterior da igreja.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAtualmente, a Igreja de San Nicolás é a Paróquia da Comunidade de Italianos de Madrid, e templo da denominada Confraria dos Servos de Cristo, razão pela qual é chamada também dos Servitas. No portal da igreja, vemos o símbolo da instituição talhado em madeira.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA