Caños de Vecindad – Madrid

Em Madrid existem pequenas e modestas fontes espalhadas pelo seu perímetro, utilizadas exclusivamente pelos habitantes que moram em sua proximidade.  Sao conhecidas pelo nome de Caños de Vecindad e que, traduzidas para o português, significaria algo como “Canos da Vizinhança”. Estas fontes se destacam por sua simplicidade funcional e foram construídas segundo ditames práticos,  praticamente ausentes de decoraçao. Os Caños de Vecindad foram úteis até o momento em que os cidadaos puderam desfrutar de água domiciliar. Possuiam um mecanismo engenhoso que permitia controlar a vazao da água, através de uma leve pressao sobre a abertura do cano, fato que surpreendeu a muitos, acostumados a ver a água jorrando livremente…Neste último post sobre as Fontes Históricas de Madrid, conheceremos duas fontes que podem ser denominadas como Caños de Vecindad. A primeira situa-se na Cuesta de los Ciegos, uma empinada rua que, segundo a tradiçao, recebeu tal denominaçao graças a um milagre realizado por Sao Francisco de Assis, que curou a um grupo de cegos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAEsta fonte foi instalada em 1932 e num de seus lados observamos o Escudo de Madrid em sua versao republicana.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUma das fontes de maior tradiçao popular localiza-se no Bairro de Lavapiés, denominada Fonte dos Cabestreros. Com este nome designava-se aqueles que comercializavam com o cânhamo, uma erva cujo caule é utilizado para a industria textil. A fonte foi construída para o abastecimento de água da populaçao do bairro em 1934. Os materiais utilizados foram o granito para a estutura da fonte e a pedra branca de Colmenar para os adornos, a base de inscriçoes relativas a certos dados de sua cronologia e história.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm Lavapiés, a Fonte de Cabestreros é conhecida pelo nome de Fonte dos Machos, devido as supostas propriedades afrodisíacas de suas águas. O aumento da virilidade masculina para aqueles que bebem da fonte possui uma larga tradiçao no bairro. Inclusive, existe um dito popular que faz uma referência ao tema, que diz:

“É muito macho porque bebe água de Cabestreros”.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEsta série de posts teve como objetivo a divulgaçao destes belos monumentos urbanos, nem sempre valorizados como merecem, pois algumas das fontes existentes constituem verdadeiras obras de arte, mas todas, sem distinçao, fazem parte da evoluçao histórica da cultura e do urbanismo das cidades. Por isso, reservemos, durante nossas andanças pelas cidades, um breve olhar de contemplaçao às suas fontes. Como vocês viram, Madrid é uma cidade privilegiada neste quesito, e aonde quer que estejamos, sempre haverá uma bela fonte por perto…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s