Guadalajara – Castilla-LaMancha

Guadalajara é uma das capitais de província que conformam a Comunidade de Castilla-LaMancha. Em recente visita à cidade pude constatar o quanto  ela oferece em termos de atraçoes turísticas. Situada no centro do país  e apenas a 60 km de Madrid, é um local perfeito para uma excurçao de um dia. Localizada no Vale do Rio Henares, Guadalajara conta com aproximadamente 85 mil habitantes, sendo a terceira maior cidade da comunidade, somente superada por Albacete e Talavera de la Reina. Logo chegando à estaçao rodoviária, um painel nos adverte suas inúmeras possibilidades turísticas.

DSC08001As primeiras referências históricas  datam do século VIII, como uma cidade amuralhada denominada Madinat Al-Faray, situada às margens do Wad Al- Hayara, atual Rio Henares, e que originou o nome da cidade. Tratava-se, portanto, de uma localidade árabe defensiva pertencente ao Califato de Córdoba. Desta época, podemos conhecer as ruínas do antigo Alcázar Real. Seus restos mais antigos sao do séc. IX, e foi utilizado pelo califa Abd Al Rahman III como base militar para diversas batalhas contra os reinos cristaos do norte do país.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADestruído durante a Guerra Civil, o Alcázar encontra-se atualmente fechado, pois nele estao sendo realizadas escavaçoes arqueológicas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm 1085, Guadalajara foi incorporada ao Reino de Castilla, graças ao processo expansionista do rei Alfonso VI e a conquista da cidade de Toledo. O primeiro foro concedido à cidade foi estabelecido por Alfonso VII em 1133. A partir de entao, recebeu inúmeros privilégios reais, recebendo o título de cidade por Enrique IV em 1460. No século anterior, foi construída a muralha que cercava a cidade, e desta construçao medieval conservam-se algumas das portas de acesso e torres que integravam o sistema defensivo. Possuía 5 portas, cada qual com sua torre, que a protegia. As pontes também estavam protegidas, como vemos no Torreón e Ponte de Alamín.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADe planta quadrada, atualmente na torre podemos ver uma exposiçao permanente sobre a época medieval de Guadalajara.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOutra das torres existentes é a de Alvar Fáñez, de planta pentagonal e levantada no começo do séc. XIV.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA maior parte da muralha foi destruída  devido às reformas e ampliaçoes urbanas efetuadas no séc. XIX. A seguir vemos a Porta de Bejanque.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA fisionomia urbana do centro histórico de Guadalajara é típica de uma cidade de origem árabe, com ruas estreitas e pequenas praças. Um aspecto fundamental em sua evoluçao histórica foi a consolidaçao da Casa do Infantado, tranformando Guadalajara numa cidade senhorial, com uma grande quantidade de casas brazonadas, capelas e conventos. De fato, um dos seus monumentos mais conhecidos é o Palácio do Infantado, maravilhosa construçao do séc. XV que sedia o Museu Provincial, que veremos no próximo post.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s