Um Passeio por Málaga

Uma boa forma de conhecer a cidade de Málaga é caminhando por suas ruas, praças e jardins, admirando seus edifícios, igrejas e monumentos. No post de hoje, conheceremos alguns destes lugares referentes da cidade andaluza. O centro de Málaga encontra-se, desde a época da reconquista (séc. XV), na Praça da Constituiçao, quando entao era chamada de Plaza de las 4 Calles. Também foi denominada Praça Maior, até que em 1812 recebeu o nome atual. Uma das ruas principais da cidade, a Calle Larios, desemboca na praça. Como destaque, vemos a Fonte de Gênova, um belo monumento construído no estilo renascentista. Feita de mármore no séc. XVI, seu autor é anônimo, e acredita-se que foi esculpida na cidade italiana que lhe dá o nome.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo chao da praça existem placas de metal com as manchetes dos jornais de época, e notícias referentes aos grandes acontecimentos sociais e políticos da vida malaguenha e do país.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAbaixo, vemos uma geral da praça, com a bela fonte no seu centro.

OLYMPUS DIGITAL CAMERABem próxima à Praça da Constituiçao situa.se o Pasaje de Chinitas, um conjunto singular que concentra uma grande atividade comercial, além de alguns dos bares mais famosos da cidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOutra praça famosa é a da Merced, principalmente porque nela se encontra o edifício onde nasceu filho ilustre da cidade, Pablo Picasso. No séc. XV, aqui funcionava o mercado público, razao pela qual também foi denominada Praça do Mercado.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo centro da praça vemos um monumento funerário em homenagem ao General Torrijos e aos 48 companheiros fuzilados na Praia de San Andrés, por ordem do rei Fernando VII no séc. XIX. Nesta época, a praça transformou-se num dos locais prediletos para a burguesia, que nela instalou muitos edifícios residenciais que ainda se conservam.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAComo nao podia faltar, Málaga também possui sua Praça de Touros, que vemos abaixo numa foto tirada desde o Monte Gibralfaro.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAConhecida como “La Malagueta”, foi edificada no estilo neomudéjar por Joaquín Rucoba e inaugurada em 1876.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo mês de agosto, a praça é palco de uma das grandes festividades anuais da cidade, a feira taurina. Acolhe, também, o Museu Taurino, no qual podemos conhecer um pouco mais sobre sua história.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA A Fonte das 3 Gracias é uma beleza, estando situada a poucos metros da Praça de Touros e com maravilhosas vistas da Alcazaba.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA fonte foi esculpida por José Maria Sánchez em ferro fundido, destacando as figuras femininas de inspiraçao clássica, feitas de mármore.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAo lado da fonte, podemos contemplar um agradável jardim, composto por muros decorados por cerâmicas, nos quais lemos diversas citaçoes e frases de autores que deixaram suas impressoes sobre a cidade de Málaga.

DSC09521DSC09522

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s