Museu El Greco de Toledo

Além das obras de El Greco que podemos apreciar nas várias igrejas, conventos e centros culturais de Toledo, na cidade existe o único museu especialmente dedicado ao pintor, em todo o país. O Museu El Greco foi criado a princípios do séc. XX pelo Marquês de Vega Inclán, um dos primeiros defensores na recuperaçao da arte do grande artista.

DSC09371A fundaçao do museu coincidiu com um momento de revalorizaçao do pintor, bem como pela necessidade de reunir e expor algumas obras de El Greco que se encontravam num estado lamentável e dispersas pela cidade, com o grave risco de perderem-se. Com estas finalidades, o Marquês de Vega Inclán adquiriu algumas casas em ruínas dos séculos XV e XVI e realizou uma reabilitaçao do imóvel para a inauguraçao do museu.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO marquês, ao adquirir o imóvel, supôs equivocadamente que se tratavam das casas onde viveu o pintor, em pleno bairro judeu da cidade. Por este motivo, durante muito tempo a instituiçao denominou-se Casa Museu El Greco. Na realidade, El Greco viveu no Palácio do Marquês de Villena, destruído depois de sofrer um incêndio. Tal palácio situava-se bem em frente ao museu, atualmente um jardim no qual foi erguido um monumento em homenagem ao pintor.

DSC09369Depois de reformada as casas, a intençao do Marquês de Vega Inclán foi recriar os ambientes domésticos e mostrá-los como a verdadeira residência do pintor, evocando em seus espaços o tipo de vida e sua personalidade, como observamos na cozinha de época e uma de suas salas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAEste trabalho foi pioneiro em Espanha, contribuindo para o desenvolvimento do “Estilo Espanhol” na decoraçao de interiores. O espaço conserva as antigas portadas , como também o pátio interior.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADurante as obras de construçao do museu, foram descobertos banhos judaicos contemporâneos a conhecida Sinagoga do Trânsito, situada bem próxima ao Museu El Greco. A visita inclui estes curiosos banhos medievais, auxiliada pelas simpáticas funcionárias do museu.

DSC09390Acredita-se que esta espécie de cova onde estavam situados os banhos é a única parte conservada do antigo Palácio de Samuel Levy (séc. XIV), o personagem histórico mais importante da juderia toledana, pois foi tesoureiro real, além do artífice da construçao da sinagoga acima mencionada. Além do interior, é uma delícia passear pelos jardins do museu, perfeitamente adaptados para este fim.

DSC09380DSC09379Cabe resaltar que o Marquês de Vega Inclán foi também o fundador do Museu do Romanticismo de Madrid e o museu dedicado a Miguel de Cervantes, situado em Valladolid. Atualmente, o Museu El Greco de Toledo pertence ao estado, sendo administrado pelo Ministério da Cultura. No próximo e último post dedicado a El Greco, veremos uma série de obras que estao expostas no museu.

Anúncios

Uma resposta em “Museu El Greco de Toledo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s