Colmenar de Oreja – Comunidade de Madrid

A Comunidade de Madrid oferece, como em todas as demais comunidades autônomas de Espanha, uma grande quantidade de povoados (ou pueblos, se preferirem) encantadores. Colmenar de Oreja é um deles. Situado na Comarca de las Vegas, a cerca de 50 km da capital, possui apenas 8.500 habitantes, mas a mediados do séc. XIX chegou a ser o segundo município mais populoso da comunidade, somente superado pela capital.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAColmenar de Oreja possui uma longa história, e alguns dos principais fatos estao associados à presença da monarquia, como sucedeu com o rei Enrique IV, que se estabeleceu na cidade. No séc. XII, Alfonso VIII a cedeu a Ordem de Santiago e em 1513 obteve o privilégio de realengo, isto é, passou a estar subordinada apenas ao rei. No entanto, o título de cidade foi adquirido somente em 1922, outorgado pelo monarca Alfonso XIII.  Acima e abaixo, vemos uma imagem de sua belíssima Praça Maior, uma típica praça castelhana, ponto de encontro de seus habitantes, e composta por uma série de galerias porticadas que a cercam.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAEste emblemático monumento da cidade foi construído durante o reinado de Carlos III, sendo iniciada em 1676 e concluída apenas em 1794. A Praça Maior de Colmenar de Oreja foi utilizada várias vezes como set de filmagens, tanto para o cinema, quanto para as séries de TV. Num de seus costados vemos o edifício da prefeitura local.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA seguir, vemos uma foto geral da praça, com a Igreja de Santa Maria ao fundo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANos meses de maio e setembro sao celebradas na praça eventos taurinos, coincidindo com as festividades do povoado. Desde a praça, podemos conhecer o Arco da Ponte.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADepois de cruzar o arco, vemos os Jardins de Zacatín e uma maravilhosa fonte histórica, denominada Fonte do Barranco ou do Zacatín.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAConstruída em 1779, foi usada também como lavadeiro pela populaçao.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO desenvolvimento econômico da regiao esteve baseado na extraçao da famosa pedra branca de Colmenar, uma pedra calcárea altamente resistente às condiçoes climáticas adversas e à contaminaçao ambiental. Muitos dos mais conhecidos arquitetos espanhóis a utilizaram em suas construçoes, como Francisco de Sabatini, Alonso de Covarrubias e Pedro de Ribeira. Tanto na Catedral de Almudena, quanto no Palácio Real de Madrid, podemos observar o emprego deste material. O principal templo religioso de Colemar de Oreja é a Igreja de Santa Maria, cujas vistas desde a Praça Maior vimos acima. O próximo posta estará a ela dedicada. Já o Convento de la Encarnación ocupa quase que todo o quarteirao. Fundado em 1536, foi edificado somente no séc. XVII, durante a época barroca. Pertence a Ordem das Agostinas Recoletas e sua construçao foi inspirada no Monastério da Encarnación de Madrid, que em breve conheceremos no blog.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERANo plano cultural, o destaque fica por conta do Teatro Diéguez.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s