Pelas Ruas de Lavapiés

O Bairro de Lavapiés possui inúmeras histórias e lendas curiosas, que se preservaram sobretudo no nome de muitas de suas ruas. A Calle de Embajadores, por exemplo, que serve de linha divisória entre o bairro e a zona do Rastro, foi assim chamada porque no séc. XV houve uma epidemia de peste e os embaixadores de outros países presentes na cidade decidiram hospedar-se nos locais mais afastados, com medo do contágio.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUm estranho acontecimento deu origem ao nome da Calle Del Sombrerete. No séc. XVI, um pasteleiro da zona afirmou ser o rei Sebastiao de Portugal, desaparecido no norte da África. O monarca Felipe II nao se mostrou nada satisfeito que alguém representasse a coroa portuguesa, ou dizia sê-lo, devido aos seus interesses em anexionar o país vizinho. Como o dito homem permanecia afirmando o mesmo, foi preso e condenado à morte. O pobre delirante foi levado ao patíbulo num burro com um sombrero (espécie de chapéu). Depois de ser enforcado, o sombrero voou pelos ares, caindo no telhado de uma casa, cuja rua onde se situava passou a receber esta denominaçao. Na placa da rua, vemos que o músico Isaac Albeníz (1860/1909) se inspirou nesta zona para criar a composiçao “Lavapiés”.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUma das ruas mais importantes do bairro é a Calle del Mesón de Paredes. Os denominados mesones eram estabelecimentos comerciais que serviam comida aos viajantes, sempre com esmero e qualidade, sendo por isso muito respeitados pela populaçao. Nesta rua situava-se o mais famoso da regiao, o “Mesón de la Fama“, documentado já em 1520. Um cartaz em sua fachada dizia:

“Passe caminhante, que aqui há de todo bastante”. Posteriormente, passou a chamar-se Mesón de Paredes, o nome de um de seus proprietários.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANesta rua nasceu um dos grandes arquitetos do Barroco Madrilenho, José Benito  Churriguera (1665/1725). Ele e seus irmaos, também arquitetos, criaram um estilo próprio, caracterizado pela ornamentaçao extremamente decorativa dos retábulos religiosos e das fachadas dos edifícios. O “Estilo Churrigueresco” exerceu uma enorme influência em todo o continente americano.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAChurriguera viveu em outra rua conhecida do bairro, a Calle del Oso (urso, em espanhol). Coincidentemente, nela nasceu outro dos arquitetos fundamentais da História de Madrid, e considerado discípulo de Churriguera, Pedro de Ribera. A rua recebeu este nome porque se conta que nela viveu um homem de circo, que guardava um urso numa jaula. Um dia, umas crianças se meteram dentro da jaula, mas felizmente nada aconteceu, fato que as pessoas da regiao atribuíram a um milagre da Virgem do Favor, que se venerava junto a casa do proprietário do urso.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAbaixo vemos uma imagem da Calle del Oso…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOutra história curiosa se refere à Calle de la Cabeza. Diz a lenda que nela vivia um sacerdote, que certo dia contratou um jovem como criado. Semanas depois, o padre desapareceu, sendo finalmente encontrado morto em sua cama, com a cabeça cortada. Todos suspeitaram do criado, que também desapereceu. Um belo dia, este foi ao mercado  e comprou a cabeça de um carneiro. Enrolou a cabeça num papel e a colocou debaixo de sua capa. Com o rastro de sangue que deixava por onde caminhava, foi abordado por policiais, que lhe perguntaram que tinha debaixo da capa. Respondeu que levava uma cabeça de carneiro, mas quando abriu a capa, viu atônito que se tratava da cabeça do sacerdote….Depois de confessar o crime, o jovem foi condenado à morte por garrote vil.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA fabricaçao de chapéus, ou sombreros, também se relaciona com o bairro porque nele se situava o promissor negócio de sua produçao e venda em várias lojas que se instalaram em Lavapiés a partir do final do séc. XIX. Esta é a explicaçao do nome da Calle de la Sombrerería.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOutro personagem fundamental que viveu em Lavapiés, ainda que por pouco tempo, foi Pablo Picasso. Entre 1897 e 1898, o artista viveu na Calle de San Pedro Mártir, esquina com a Calle de la Cabeza, no edifício que vemos a seguir.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAFalando em pintura, recentemente o bairro foi alvo de várias intervençoes criativas nos muros de seus edifícios, realizadas por diversos artistas, que deixaram a zona ainda mais colorida.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s