Burgos Medieval: A Igreja de San Esteban

San Esteban (Santo Estêvão, em português) é considerado o primeiro mártir da história do cristianismo, razão pela qual é denominado de “Protomártir”. Depois do falecimento e ressurreição de Cristo, foi um dos sete primeiros diáconos da então incipiente Igreja Católica. Sua postura radical do cristianismo fez com que fosse condenado a morrer por apedrejamento pelas autoridades de Jerusalém, fato que teve como consequência o final do cristianismo como uma seita do judaísmo, ocasionando a separação do culto cristão do judaico praticado na cidade. Um santo bastante popular na Europa, a ele foi dedicado esta bela igreja gótica de Burgos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA Igreja de San Esteban foi levantada no final do séc. XIII sobre um anterior templo românico. Sua localização próxima ao castelo fez com que várias vezes sofresse danos causados pelos assédios à fortaleza, como o ocorrido durante a Guerra da Independência contra os franceses.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAComo consequência, a igreja perdeu parte de seus elementos originais, como os vitrais de seu rosetón, construído em 1479.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAinda assim, se conserva sua belíssima portada principal, edificada em 1300. No tímpano se representa a imagem de Cristo como juiz, com São João e a Virgem. Na parte inferior, vemos o Martírio de San Esteban.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO interior da igreja é deveras interessante, pois acolhe o Museu do Retábulo, com uma grande coleção de retábulos procedentes de povoados que compõem a Diocese de Burgos. A maioria pertencem ao período compreendido entre os séc. XVI ao XVIII.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUm exemplo dos muitos retábulos existentes é este, dedicado a San Julián e realizado em torno a 1600.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAPodemos contemplar também sepulcros de comerciantes destacados de Burgos na Idade Média, como o pertencente a Sancho Sánchez de Rojas, da segunda metade do séc. XIV.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUm dos tesouros do museu é esta Pia Batismal Românica, da segunda metade do séc. XII.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa pintura, o destaque fica por conta deste quadro da Última Ceia, uma obra anônima de final do XVI e princípio do XVII.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAlgumas peças escultóricas são de grande valor e beleza, como este Cristo Crucificado pertencente ao séc. XIV.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOu então o maravilhoso trabalho realizado neste crucifixo de final do séc. XII, feito de cobre dourado com esmaltes.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Museu do Retábulo possui ainda uma grande coleção de objetos litúrgicos de várias épocas e materiais.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s