Museu Arqueológico Nacional: Os Iberos (Parte 2)

Algumas das principais obras primas pertencentes ao acervo do Museu Arqueológico Nacional estão vinculadas à cultura ibérica. Em sua maioria, são esculturas de grande qualidade artística que representam figuras femininas. Em seu contexto geral se conhecem como Damas. No Santuário del Cerro de los Santos, situado na Província de Albacete, foram encontradas algumas destas figuras, como a Grande Dama Oferente que vemos abaixo (pedra calcária, séc. III aC).

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEsta escultura feminina, em tamanho quase natural e numa atitude de oferenda, foi associada, por sua vestimenta e ornamentação, a uma mulher jovem apresentando-se diante de uma divindade, como parte de um rito de passagem. Estas outras imagens que vemos a seguir, no entanto, correspondem a mulheres de idade madura e classe social elevada. Podem estar relacionadas também a certas divindades, a semelhança de deusas orientais entronizadas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAEsta outra peça, feita de argila, e datada entre os séculos IV e III aC, é conhecida como a Dama de Ibiza, por ter sido encontrada nesta ilha. Aparece com os braços levantados em atitude de oração e exibe uma rica decoração com motivos vegetais. Não se sabe ao certo se representam um personagem feminino realizando oferendas ou se trata de uma divindade, neste caso a Deusa Púnica da fertilidade e renascimento, Tanit.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAs necrópoles ibéricas encontradas constituem uma prova indiscutível na crença da vida após a morte. Objetos colocados junto ao defunto se relacionam a personagens destacados da comunidade. O costume de incinerar o cadáver se generaliza neste período. Depois de sua cremação, seus restos são introduzidos numa urna que eram colocadas dentro da tumba. Em alguns casos, a própria escultura guardava os restos cremados, como no caso da excepcional Dama de Baza.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEsta escultura de pedra estava em sua origem completamente policromada. Encontrada numa tumba em Baza, Província de Granada, representa uma divindade feminina.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA famosa Dama de Elche se considera uma das grandes atrações do museu, e se transformou num verdadeiro ícone da cultura ibérica.

OLYMPUS DIGITAL CAMERASua identidade é um mistério, mas lhe foram atribuídas características humanas e divinas. Atualmente, sua representação é interpretada como o retrato de uma dama da aristocracia ibérica, cujos descendentes lhe haviam divinizado. Apresenta o rosto idealizado e ricamente vestida com joias. Originalmente também estava policromada  e com os olhos revestidos com um material feito de vidro. Seu achado foi ocasional, sendo encontrada na província arqueológica de La Alcúdia de Elche, Comunidade Valenciana. Rapidamente foi adquirida pelo Museu do Louvre de Paris, onde esteve exposta até 1941. Um acordo realizado entre os governos francês e espanhol propiciou sua devolução, regressando ao Museu do Prado até sua instalação definitiva no Museu Arqueológico Nacional em 1971. Feita de pedra calcária, foi datada entre os séculos IV e III aC.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOutras esculturas famosas foram relacionadas com a função protetora de tumbas, como a Bicha de Balazote, encontrada na Província de Albacete.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEsta escultura híbrida, um touro com cabeça humana, foi realizada em pedra calcária e com datação aproximada entre o final do séc. VI e princípio do séc. V aC, e sua influência grega é destacada. A partir do próximo post, conheceremos um pouco sobre a desintegração da cultura ibérica promovida através da conquista do território pelo Império Romano. Foi então quando as terras da Península Ibérica passaram a ser conhecidas como Hispania

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s