Último dia em Murcia

Durante os passeios que realizei por Murcia, alguns interessantes edifícios me chamaram a atenção, por sua curiosa decoração vanguardista. Abaixo, vemos uns exemplos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERANo meu último dia na cidade, conheci o Museu Arqueológico de Murcia, local essencial para descobrir seu passado.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAInaugurado em 1864, possui um amplo acervo de peças arqueológicas, que compreendem a pré-história, as culturas ibérica, romana e visigoda, entre outras.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAs salas do museu estão dispostas ao redor de um grande pátio interior, onde foram colocados diversos escudos nobiliários em pedra.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADepois de visitar o Museu Arqueológico, dei uma bela relaxada no Jardim de Floridablanca, situado no Bairro do Carmem. Inaugurado em 1848, é considerado o primeiro jardim público de toda a Espanha. Seu nome é uma homenagem a José Moñino Redondo (Murcia-1728/Sevilha-1808), mais conhecido como Conde de Floridablanca. Político, economista e jurista, ocupou o cargo de ministro do monarca Carlos III e foi o responsável pela urbanização do bairro. Uma estátua do Conde de Floridablanca de 1849 pode ser vista no parque.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOutras estátuas, representativas de personagens importantes da vida cultural da cidade foram colocadas, como o Monumento ao Nazareno Colorao, esculpida por Antonio Campillo. Representa a um dos personagens mais importantes das festividades da Semana Santa de Murcia.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa entrada do jardim vemos a antiga portada do Matadouro da cidade, de 1748.

OLYMPUS DIGITAL CAMERABem próximo ao jardim, uma outra escultura homenageia o Sardineiro, figura central de uma das festas mais populares da cidade, o chamado Enterro da Sardinha, de caráter carnavalesco. Esta festa foi declarada de Interesse Turístico Internacional.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAComo foi dito na primeira matéria sobre Murcia, a cidade ostenta o título de A Horta da Espanha, pela excelência de seus legumes, verduras, etc. Tive o privilégio de conhecer o Restaurante Acuario, localizado no centro da cidade, bem perto da catedral. As palavras não são suficientes para expressar a delícia de sua gastronomia, o cuidado com que os pratos são preparados, e a atenção e simpatia de seus funcionários.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Chef Marcos, responsável pela cozinha do restaurante, realizou diversas obras de arte espalhadas pelo estabelecimento. Sua singularidade reside em que foram realizadas utilizando como material vários tipos de açúcar, e retratam monumentos emblemáticos de Murcia, como suas igrejas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADurante dois anos, esteve trabalhando em seu projeto mais ambicioso, a construção da Catedral de Murcia, toda ela feita do mesmo e doce material. Uma pena que não se pode, através da foto, contemplar devidamente o resultado, pois foi colocada numa estrutura de vidro. Mesmo assim, publicarei a foto, pois vale a pena…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO  Chef Marcos, artista na cozinha e também como escultor, realizou também outros monumentos famosos da Espanha, como o Aqueduto de Segóvia.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAMinha despedida de Murcia não poderia ter sido melhor, ao admirar estas verdadeiras obras de arte, e saborear os maravilhosos pratos oferecidos. No entanto, minha viagem pela Comunidade Murciana não havia ainda finalizada, pois da capital fui conhecer outro destino turístico fundamental da região, a cidade de Cartagena, que em breve vocês verão no blog…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s