Belas Igrejas de Madrid

Hoje vocês conhecerão duas belas igrejas de Madrid. Se existe alguma semelhança entre ambas, é que sao desconhecidas mesmo para os madrilenhos. A Igreja de Nossa Senhora de los Angeles situa-se na comprida Calle  Bravo Murillo, em pleno Distrito de Chamberí.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAInaugurada em 1892, a Igreja de N.Sra de los Angeles foi projetada pelo arquiteto Enrique María Repullés y Vargas no estilo neogótico. O arquiteto inspirou-se no gótico francês para realizar este belo templo, que pode ser observado na verticalidade da fachada e no interior da igreja.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAAbaixo, vemos um dos vitrais que decoram o interior.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA igreja foi construída com donativos dos próprios fiéis, e um dos grandes destaques que alberga é o restaurado órgão de 1761, declarado Bem de Interesse Cultural.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERANo Bairro de Arguelles encontramos a Igreja de Santa Rita, construída nos anos 50 do século XX.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAPertence à Ordem dos Agostinhos Recoletos, que encarregaram aos arquitetos Ramón R. de Dampierre e Antonio Vallejo a construção do templo. Em sua fachada, que combinam o tijolo vermelho e a pedra, foram representadas 16 cenas correspondentes à vida de Santa Rita.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO interior surpreendeu-me por seu formato circular, com seus muros todos decorados por pinturas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA maior parte dos fiéis deste templo pertencem a comunidade oriental da cidade, como podemos observar nos elementos decorativos da entrada.

OLYMPUS DIGITAL CAMERARita de Cássia foi uma santa italiana pertencente à Ordem de Santo Agostinho, falecida em 1456. Segundo a tradição, foi concebida milagrosamente por seus pais estéreis em idade avançada. Se considera um modelo de mulher católica, pois passou por todos os estados possíveis: donzela, esposa, viúva e religiosa, demonstrando sempre uma inusual paciência e humildade. Uma vez livre de todo vínculo terrenal, depois do assassinato de seu marido, quis ingressar no Convento de Santa Maria Madalena de Cássia, mas sua petição foi negada três vezes. No entanto, uma noite lhe apareceram São João Batista, Santo Agostinho e Santo Nicolás, e foi introduzida no monastério. Santa Rita era devota da Paixão de Cristo, e meditando um dia sobre o crucifixo e a dor que Cristo sentiu depois que lhe colocaram a coroa de espinhos, lhe suplicou para que participasse também da pena. Cedendo a seu desejo, Jesus colocou em sua testa um espinho que provocou uma profunda e incurável ferida, isolando-se no convento até sua morte. Pouco antes de falecer, pediu a uma amiga que lhe trouxesse uma rosa, apesar dos dias frios de inverno. Sua amiga obedeceu e efetivamente encontrou a flor no local onde a santa havia dito que encontraria. Por este motivo, a Santa Rita se suplica as causas impossíveis. Na arte, normalmente é representada em êxtase, contemplando fixamente o crucifixo e o espinho cravado na testa.

Anúncios

Uma resposta em “Belas Igrejas de Madrid

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s