Dalí no Museu Reina Sofia – Parte 2

A etapa surrealista de Salvador Dalí, a mais famosa do pintor, está muito bem representada no Museu Reina Sofia. Fazer comentários sobre seus quadros surrealistas é muito complicado, tal a complexidade simbólica dos mesmos. Por este motivo, veremos algumas das obras de este estilo, com algumas “pinceladas” que me parecem mais pertinentes. De 1928 é o quadro Los Esfuerzos Estériles, fruto da relação intelectual entre Dalí e Garcia Lorca, cuja cabeça é um dos motivos centrais da composição. Dalí busca na psicanálise freudiana uma explicação para suas obsessões. O emprego do método psicanalítico, unida às suas imagens simbólicas e oníricas, fizeram com que fosse aceito no grupo surrealista, comandado pelo pintor francês André Bretón.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUm ano depois, Salvador Dalí realiza uma de suas obras mais conhecidas, El Gran Masturbador, um tema pouco habitual na história da pintura e símbolo por excelência de suas obsessões sexuais. Obra eminentemente autobiográfica, a cabeça do masturbador personifica o próprio artista, que aparece protagonizando várias cenas simultâneas, reflexo da transformação erótica e anímica que Dalí experimenta com a chegada da musa de sua vida, Gala.

OLYMPUS DIGITAL CAMERATambém de 1929, no quadro La Memória de la Mujer-Niña, Dalí nos apresenta uma sucessão de seres e coisas descompostas, que se confundem. O pintor mostra uma fascinação pelo putrefato, símbolo da morte moral dos valores sociais da época para o artista.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo final da década de 20, Salvador Dalí descobre o método paranoico-crítico, sistema definido pelo próprio autor como um “método espontâneo de conhecimento irracional baseado na observação crítica e sistemática das associações e interpretações delirantes”. Uma obra emblemática deste método, El Hombre Invisible, pintado entre 1929 e 1932, ficou inacabada, e nela o pintor retrata imagens de duplo sentido.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADe 1933, Ángelus Arquitectónico de Millet é uma interpretação  que Dalí realizou do quadro El  Ángelus de Millet, pelo qual estava fascinado. As conotações eróticas da obra são quase explícitas…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO método paranoico-crítico manipula as imagens convencionais através da decomposição e pela utilização da putrefação, criando cenas paranoicas e ambíguas, que foram definidas pelo autor como a “representação de um objeto, que sem a menor modificação figurativa ou anatômica, se torna a representação simultânea de outro absolutamente diferente”. O artista deixa ao espectador a possibilidade de estabelecer diversas interpretações possíveis à cena. Abaixo, vemos El Enigma Sin Fin, de 1938…

OLYMPUS DIGITAL CAMERADesde o princípio, o grupo surrealista sentia um certo receio ante o descaso com que Dalí exibia publicamente suas obsessões sexuais. No quadro El Enigma de Hitler (1939), a representação simbólica do líder nazista ultrapassou o limite do aceitável, e o pintor catalão acabou sendo expulso do grupo liderado por Bretón. Dalí abandona a Europa e se instala nos Estados Unidos, onde começa a pintar quadros de temática místico-religiosa. O quadro acima mencionado é uma alusão alegórica à Conferência de Munique, realizada em 1937, na qual tanto a Inglaterra quanto a França permitem a Hitler invadir e incorporar a Checoslováquia ao Império Alemão. O telefone destruído no quadro simboliza o fracasso das negociações. A paisagem com o céu ameaçante é um presságio dos tempos que virão, constituindo uma obra premonitória do terror que assolaria o continente com a Segunda Guerra Mundial. O prato vazio anuncia a fome a a miséria decorrentes do conflito.

OLYMPUS DIGITAL CAMERACom esta matéria, finalizo a série das Obras Primas do Museu Reina Sofia, um museu de visita obrigatória em Madrid, como um referente da Arte Contemporânea e da história e evolução da arte nos dois últimos séculos. A partir do próximo post, viajaremos á Comunidade de Extremadura, para que vocês possam conhecer um pouco da cidade de Badajoz e sua província.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s