Um Passeio por Barcelona

Na matéria de hoje veremos alguns dos locais mais significativos de Barcelona, que podem ser conhecidos num agradável passeio pelo centro da cidade. Nossa primeira parada será a Plaza de Cataluña (Plaça de Catalunya, em catalão), considerada uma das maiores praças da Espanha, com cerca de 30 mil metros quadrados de superfície.

20160908_201755Esta enorme praça, repleta de estabelecimentos comerciais, bares e restaurantes, representa um ponto de união entre o centro antigo da cidade com o denominado Ensanche (em catalão, Eixample). A partir dela, aparecem algumas das vias mais conhecidas e famosas de Barcelona, como Las Ramblas, o Paseo de Grácia, etc. Antes que as muralhas fossem derrubadas na metade do século XIX, seu espaço estava ocupado por uma explanada situada fora da cidade, justo em frente a uma das portas principais de seu recinto defensivo, a Puerta del Ángel.

20160908_202246O Ensanche de Barcelona foi um projeto urbanístico de ampliação da cidade além do perímetro de suas muralhas, uma reforma que sucedeu em muitas das cidades europeias antigas. A permissão para a construção da Plaza Cataluña se deu a partir da Exposição Universal de 1889, mas a primeira etapa de sua urbanização ocorreu somente a partir de 1902. A praça está decorada com várias e belas esculturas e uma fonte, que durante a noite fica toda iluminada.

20160908_202030 O Eixample ocupa a parte central da cidade, sendo o distrito mais povoado de Barcelona. Representa uma zona de grande interesse turístico, graças a grande quantidade de monumentos que acolhe em seu perímetro, como a Sagrada Família, a Casa Milà, somente para citar alguns poucos exemplos. Foi projetado por Ildefonso Cerdà (1815/1876), como consequência da destruição de suas muralhas. O Plan Cerdà, como ficou conhecido esta grande reforma urbana, foi realizado em 1859. Possuía um caráter geométrico e preocupado pelos aspectos higiênicos. Sua estrutura urbana aproveitou o máximo possível a direção dos ventos para facilitar a limpeza da atmosfera e a ventilação natural. Outro aspecto importante do novo plano urbano era a mobilidade, ao criar avenidas largas e pensadas para a circulação de veículos, muitos anos antes da invenção do automóvel. Abaixo, vemos uma imagem panorâmica do Paseo de Grácia, uma de suas ruas mais conhecidas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOutro local emblemático de Barcelona é a Plaza de San Jaime (Sant Jaume, em catalao), centro político e administrativo desde sua época romana, quando a cidade denominava-se Barcino. Situa-se no local onde há cerca de 2 mil anos atrás se erguia o Forum Romano (para conhecer melhor a Barcelona Romana, ver post publicado em 5/2/2013). O aspecto atual da praça data de 1823, quando foi reurbanizada e batizada com o nome de Plaza de la Constituición. A Plaza de San Jaime acolhe os dois edifícios mais importantes da administração catalana. O primeiro é o chamado Palau de la Generalitat (Palácio de la Generalidad, em espanhol).

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEste edifício constitui a sede da presidência da Generalitat da Catalunya, o mesmo que dizer o Governo da Comunidade. É considerado um dos poucos edifícios de origem medieval que se mantêm como sede de governo. A construção atual é de 1596, realizada no estilo renascentista pelo arquiteto Pere Blai. Uma escultura de São Jorge realizada em 1860 por Andreu Bleu preside a fachada.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm frente ao Palau de la Generalitat situa-se a Prefeitura de Barcelona, também chamada de Casa da Cidade. Sua origem se remonta ao ano 1249, durante o reinado de Jaime I. O atual edifício é do século XIX, construído pelo arquiteto Josep Mas i Vila.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEstes dois edifícios constituem um dos 4 órgãos administrativos com responsabilidade política da cidade. Os demais são a Administração Geral do Estado Espanhol e o Congresso de Deputados (Diputación de Barcelona).

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa Idade Média, o abastecimento de água para a população se realizava através de suas inúmeras fontes públicas. Uma destas fontes históricas é a de Santa Ana, construída em 1356 e localizada em pleno Bairro Gótico (posts publicados em 18/2 e 19/2/2013), bem próxima à Plaza de San Jaime e a Catedral.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA Fonte de Santa Ana recebeu sua esbelta decoração de cerâmica somente em 1918, depois de ter sido reformada um século antes.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s