Basílica de Santa Maria e o “Mistério de Elche”

Prosseguindo nosso passeio pelo Centro Histórico de Elche, na matéria de hoje veremos a Basílica de Santa Maria e a festa denominada de “O Mistério de Elche“, declarada Patrimônio Imaterial Da Humanidade, título outorgado pela Unesco em 2001. Antes, porém, vale a pena mencionar o Ayuntamiento da cidade, ou se preferirem, a Casa da Vila, como se conhece o edifício da Prefeitura de Elche.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEsta é uma das Casas Consistoriais mais antigas da Comunidade Valenciana, já que o conselho nela se reúne desde 1445. A torre que vemos na foto foi erguida em 1458. No século XVIII, reformas foram realizadas, conferindo-lhe um aspecto barroco ao edifício. Antigamente, se encontrava adossada à muralha. Abaixo, vemos outro edifício pertencente à Prefeitura de Elche, completamente diferente em quanto a época de construção e sua arquitetura.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAApesar dos escassos restos de sua origem árabe, em meu passeio pela cidade pude observar alguns edifícios inspirados em sua arquitetura, como o que vemos a seguir.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA Oficina de Turismo da cidade foi igualmente construída e inspirada nos elementos arquitetônicos árabes…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAPrincipal templo religioso da cidade, a Basílica de Santa Maria foi edificada no mesmo local onde antigamente se erguia a Mesquita Árabe, derrubada depois da reconquista de Elche em 1265.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA igreja atual começou a ser construída em 1672 e as obras finalizaram em 1784. Sua portada, que vemos no destaque acima, é considerada uma das mais belas do Barroco Valenciano, e foi realizada por Nicolás de Bussi entre 1680 e 1682.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAApesar de ostentar o título de Basílica Menor, os habitantes da cidade a chamam de “A Catedral de Elche“.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA seguir vemos uma foto da cúpula, tirada da Torre de Calahora, que vimos num post recente…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAElche é uma cidade muito devota à Virgem Maria, e no interior da basílica se realiza entre os dias 14 e 15 de agosto uma representação teatral conhecida como “O Mistério de Elche“.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEsta festividade em honra à Virgem Maria é considerada a única representação conhecida no ocidente realizada no interior de uma igreja, depois que o Concílio de Trento (1545/1563) proibiu este tipo de manifestação nos templos religiosos. Também conhecido como um Autosacramental, este drama litúrgico representa a morte, assunção e coroação da Virgem Maria através de cenas teatrais.

OLYMPUS DIGITAL CAMERASua história se remonta ao século XII, e um grande contingente de atores profissionais ensaiam durante todo o ano para a ocasião. O trabalho para sua realização é elevado, com especial cuidado para a indumentária que os atores utilizam, minuciosamente confeccionadas segundo uma tradição secular.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA cerimônia dura 8 horas, dividida em dois atos, cada qual celebrado num dia. Cantos medievais complementam o drama, e seguem uma partitura que data de 1639, embora exista a crença de que se trata de uma cópia de uma mais antiga.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo exterior da Basílica de Santa Maria foi colocada uma escultura de bronze que representa uma das cenas da festa.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO momento principal do drama ocorre quando uma imagem da Virgem é elevada à cúpula da igreja, representando  sua ascensão ao céu.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO “Mistério de Elche” recria os últimos momentos da Virgem, que ao aproximar da hora de sua morte, pede a Deus para que possa ver por última vez os apóstolos e despedir-se. Pouco a pouco, os apóstolos chegam de terras distantes e a Virgem morre em paz. Todos juntos assistem sua elevação e sua coroação como Rainha do Céu. Apesar de não me encontrar nas datas em que a festa é celebrada, pude ver vídeos da mesma no chamado Museu da Festa, dedicado ao “Mistério de Elche”. Uma pena que as fotos não estão permitidas. Abaixo, vemos o exterior do museu…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO “Mistério de Elche” recebeu vários títulos importantes, como Monumento Artístico Nacional em 1931 e o de Patrimônio Imaterial da Humanidade em 2001. No youtube existem vários vídeos disponíveis, dando uma ideia desta festa de origem medieval, e da emoção que sentem todos (as) que nela participam.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s