Românico na Prov. Segóvia: Parte 2

Depois de visitar o povoado de La Cuesta, fomos conhecer outro pueblo próximo que também possui uma igreja paroquial construída no estilo românico. Chama-se Caballar, e conta com menos de 100 habitantes.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA igreja deste povoado está dedicado à N.Sra de la Asunción, e foi levantada no século XIII.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAApesar das reformas que se realizaram ao longo do tempo, o templo conserva alguns interessantes elementos de sua construção original românica, como a torre campanário, por exemplo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAbaixo, vemos alguns detalhes  de seus muros laterais.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUma de suas portas de acesso ao templo conserva os arcos originais de meio ponto, típicos da arquitetura românica.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA riqueza escultórica presente no românico pode ser observada nos capitéis existentes, tanto no exterior, quanto do interior da igreja.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA estrutura desta igreja guarda certa semelhança com a igreja do povoado de La Cuesta, que vimos na matéria anterior. Também acolhe um cemitério situado ao lado, como vemos abaixo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO interior do templo é sóbrio, com poucos elementos decorativos. A seguir, vemos uma imagem geral…

P4020130.JPGNo interior desta igreja se guardam relíquias de grande importância religiosa, as cabeças dos Santos Mártires Santa Engrácia e San Valentín, que foram colocados dentro de uma urna. Possui alguns retábulos interessantes, como este barroco do século XVIII.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADurante o período românico, o Batismo era considerado um dos principais sacramentos da igreja, o primeiro rito iniciático que possibilitava a entrada na comunidade religiosa católica. As Piais Batismais, onde eram realizados, tiveram um grande desenvolvimento no Românico. Ainda hoje podemos contemplar muitas delas nas pequenas igrejas rurais espalhadas pelo território espanhol, como a que vemos abaixo, situada na Igreja de Caballar.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo próximo post, iremos a outro povoado da Província de Segóvia, chamado Sotosalbos, onde vocês conhecerão um dos templos românicos mais belos da Comunidade de Castilla y León.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s