Ávila – Comunidade de Castilla y León

A partir de hoje, iniciarei uma extensa série de matérias sobre uma das mais monumentais cidades da Espanha, a castelhana Ávila. Ela já foi tema de alguns posts em 2012, e tenho ido diversas vezes à cidade como parte de meu trabalho de guia de turismo (realizo tours turísticos também por Toledo, Segóvia e Madrid). Por este motivo, gostaria de compartilhar com vocês um pouco da história desta belíssima cidade, seus monumentos e palácios, conhecer o itinerário relacionado com a vida de Santa Teresa, percorrer sua maravilhosa muralha, etc.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAÁvila é outra das capitais de província da Comunidade de Castilla y León, e uma das menos populosas de todo o país, com cerca de 60 mil habitantes. Situada a 1131 metros sobre o nível do mar, é considerada a capital de província localizada a maior altitude da Espanha, fato que condiciona de forma determinante seu clima. No inverno, as nevadas sao comuns, e faz muito frio. Em 1985, por exemplo, a temperatura chegou aos 16 graus negativos. O setor terciário é o motor de sua economia, e o turismo uma das principais fontes de renda, graças a riqueza histórica, artística e cultural que possui. O título de Patrimônio da Humanidade outorgado pela Unesco comprova esta afirmação.

OLYMPUS DIGITAL CAMERASuas origens remontam a época pré-romana, quando já era ocupada pelos Vettones, um povo celtíbero. Da importância do período romano são testemunhos a grande quantidade de restos arqueológicos que foram reutilizados na construção da muralha. Durante o período visigodo, a cidade ostenta o título de sede episcopal, mas as notícias são escassas. Com a chegada dos árabes, Ávila ficou desabitada, algo que ocorreu com outras cidades da comunidade, como Segóvia, por exemplo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERACom a reconquista de Toledo em 1085 pelo monarca Alfonso VI, Ávila foi repovoada por seu genro , Raimundo de Borgoña, que estimulou a vinda de novos habitantes provenientes do norte da Espanha. Na Idade Média, sua população continuou incrementando, e muitos de seus principais edifícios foram construídos. No século XI, por disposição real, se estabeleceu dois mercados semanais. O chamado Mercado Grande passou a ser realizado em frente à Igreja de San Pedro, situada fora das muralhas. Abaixo, vemos duas fotos do local, uma em que vemos a praça vazia, e outra com uma grande concentração de pessoas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO denominado Mercado Chico (pequeno) se realizava no local onde posteriormente se construiu a Plaza Mayor de Ávila, que acabou se tornando um dos pontos de encontro principais de seus habitantes.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA mediados do século XVIII, o estado da praça é ruinoso, obrigando o conselho da cidade iniciar um projeto para melhorar seu aspecto, conformando uma nova praça retangular composta por arcos em todo o seu perímetro. O projeto original da nova praça foi realizado pelo célebre arquiteto Ventura Rodríguez, mas sua construçao acabou sendo realizada somente a mediados do século seguinte, pelo arquiteto Juan Antonio Cuervo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA nova praça foi aberta junto a Igreja de San Juan Bautista, como vemos acima. No andar térreo dos edifícios que conformam a praça existem muitos estabelecimentos comercias,como bares, restaurantes e lojas de souvenir, reafirmando o contexto original do local como um centro de mercado. A praça está presidida pelo Edifício do Ayuntamiento, a Prefeitura de Ávila.

dsc00204O edifício foi construído na mesma época de construçao da praça, pelo arquiteto Vázquez de Zúñiga, sendo finalizado em 1868. De estilo isabelino, sua fachada está composta por 3 corpos horizontais, como podemos ver acima.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA partir dos séculos XV e XVI, a cidade alcançou um período de grande prosperidade econômica, contando com um grande número de famílias nobres, que levantaram belos palácios pelo centro antigo. Acolheu diversas vezes a corte, fato que contribuiu para seu crescimento.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAQuando a capital foi levada definitivamente a Madrid em 1561, Ávila perdeu protagonismo, algo que sucedeu com muitas outras cidades no país.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAÁvila possui três títulos concedidos pelos reis espanhóis, “Ávila del Rey“, outorgado por Alfonso VI, “Ávila de los leales“, por Alfonso VIII, e “Ávila de los Caballeros“, concedido por Alfonso X. Os três foram incluídos no escudo da cidade…

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo entanto, o mais importante título que foi concedido à cidade é o de Patrimônio da Humanidade, outorgado pela Unesco em 1985, que voltou a reativar sua economia. No próximo post, vocês poderão admirar a magnífica muralha que circunda a cidade, única na Espanha e em todo o continente europeu…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s