A Muralha de Ávila – Parte 2

As dimensões da Muralha de Ávila são realmente incríveis. Seus muros possuem 3 m de grossura e alguns de seus cubos têm cerca de 20m de altura. No post de hoje veremos as 9 portas de acesso que  permitem a entrada ao recinto intramuros da cidade. Uma das principais é a Puerta do Alcázar, também chamada do Mercado Grande, por estar situada em frente à praça onde se realiza.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAPossui um aspecto imponente e um forte caráter defensivo, com suas imensas torres que se comunicam por uma ponte. Junto a ela se situava o antigo e desaparecido Alcázar. Seu aspecto atual se deve às reformas realizadas durante o reinado de Felipe II no século XVI.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERASemelhante a ela é a Puerta de San Vicente, cujo nome se deve à Basílica de San Vicente, situada quase em frente. Esta impressionante igreja românica foi tema do post publicado em 22/7/2012.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAEntre estas duas portas monumentais situa-se a denominada Puerta del Peso de la Harina (peso da farinha, em português). Seu aspecto atual também se deve às reformas realizadas no século XVI. Adossada à muralha, seu objetivo inicial era servir de depósito de vinho, grãos e farinha que entravam pela cidade, função que cumpriu até o século XIX. Ao lado, vemos a antiga carnicería (uma espécie de açougue), atualmente ocupada pelas modernas dependências da Oficina de Turismo de Ávila,  um dos acessos à parte superior da muralha.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA Puerta del Mariscal recebeu seu nome em homenagem a D.Álvaro Dávila, mariscal do Reino de Castilla durante o reinado de Juan II, que custeou sua construção.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA Puerta del Carmen permitia o acesso ao desaparecido Convento Carmelita de Ávila. A única lembrança do mesmo é a Espaldaña que vemos atualmente. Esta porta foi muito reformada ao longo dos anos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA Puerta del Puente (da ponte, em português), reformada em 1500 e no século XVII, recebia os visitantes que chegavam à cidade desde o oeste.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA Puerta de la Malaventura permitia o acesso à antiga juderia, ou seja, ao bairro onde vivia a comunidade judaica da cidade. É a única das portas do recinto amurralhado exclusiva para pedestres.

P6200095.JPGOLYMPUS DIGITAL CAMERAA Puerta de la Santa, reformada totalmente no século XVI, é o principal acesso da muralha ao Convento de Santa Teresa, fundado no mesmo local da casa de nascimento da santa (que em breve veremos no blog).

OLYMPUS DIGITAL CAMERAFinalmente, a Puerta del Rastro, em cujos muros foram colocados  restos reaproveitados de época romana.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Anúncios

Uma resposta em “A Muralha de Ávila – Parte 2

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s