Santa Teresa de Ávila

Esta série sobre Ávila estaria incompleta se não mencionássemos uma de suas filhas prediletas e, certamente, a mais conhecida de todas. Nascida como Teresa de Cepeda y Ahumada (1515/1582), passou à posteridade com o nome de Santa Teresa de Ávila ou Santa Teresa de Jesus, uma das personagens mais relevantes de sua época, tanto por seu papel reformador dentro da Ordem das Carmelitas, quanto por sua obra literária. Em 2015, se celebrou em toda a Espanha o quinto centenário de seu nascimento. Foi santificada poucos anos depois de sua morte, em 1622. Junto com Santa Catarina de Siena, foi a única mulher que recebeu o título de Doutora da Igreja, que lhe foi concedido pelo Papa Paulo VI em 1970.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUma das grandes atrações de Ávila é justamente o turismo religioso relacionado com os lugares onde viveu a santa. Existe, inclusive, um itinerário que pode ser percorrido que nos mostra os locais fundamentais onde deixou seu legado religioso, associados aos fatos marcantes de sua vida, todos eles reconhecidos pelo símbolo abaixo, denominado “Huellas de Santa Teresa“. Traduzido literalmente, significa “Nos passos de Santa Teresa”.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAÀ diferença da maioria dos santos católicos, cujo conhecimento de suas vidas foram transmitidos por historiadores e relatos de outras pessoas, no caso de Santa Teresa contamos com uma fonte escrita realizado por seu próprio punho, o “Livro de la Vida“, sua autobiografia. Considerada a escritora mística mais importante de sua época, sua importância ultrapassa, no entanto, seu papel literário e reformador.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANasceu em Ávila no dia 28 de março de 1515 e viveu 67 anos, dos quais 57 deles na cidade castelhana. Seu pai, Alonso Sánchez de Cepeda, casou-se duas vezes, sendo que com sua primeira esposa teve dois filhos. Depois de seu falecimento, se casou com Beatriz de Ahumada, com quem teve 10 filhos, entre os quais a santa. A maior parte de seus irmãos se aventuraram no continente americano, em busca de uma vida melhor.

OLYMPUS DIGITAL CAMERATeresa de Cepeda y Ahumada foi batizada na Igreja de San Juan Bautista em 4 de abril. De estilo gótico, foi erguida sobre um anterior templo românico no século XVI. Situada intramuros, na fachada da igreja foi colocada uma placa em que se menciona este fato fundamental de sua vida.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERANo interior podemos contemplar a Pia Batismal onde recebeu o sacramento. A maioria das capelas existentes em seu interior foram patrocinadas por famílias nobres de Ávila, que as utilizaram como capelas funerárias.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADesde pequena, caracterizou-se por seu espírito inquieto e reformista. Nesta época, era costume que os pais com recursos deixassem suas filhas nas mãos de criadas, mas os pais de Teresa se empenharam em sua educação, aprendendo a ler e escrever, algo incomum naqueles tempos, sobretudo por ser mulher. Sua casa possuía uma abundante biblioteca, com muitos livros dedicados à vida dos santos e as obra de cavalaria, os temas principais de seu gosto pessoal. Teresa cresceu como uma menina alegre e extrovertida, com uma grande capacidade de liderança.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEstas obras influenciaram de tal maneira seu primeiro período de vida, que decidiu, junto com seu irmão Rodrigo, a vivenciar suas próprias aventuras, como a que protagonizou quando tinha entre 8 e 9 anos, tentando fugir da cidade para ser martirizada nas terras ocupadas pelos mouros. Quando se encontravam no denominado 4 Postes, já fora da cidade, foi convencida por seu tio a que regressassem a sua casa.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAInstalado numa posição privilegiada sobre a cidade, o Humilhadero de San Sebastián foi levantado no século XVI, muito embora lendas locais atribuem sua construção na época da reconquista. Outros afirmam que sua origem é romana, um templo pagão que foi posteriormente cristianizado. Composto por 4 colunas, em seu centro se ergue uma cruz. Deste ponto, podemos admirar uma das mais belas vistas de Ávila e de sua impressionante muralha.

20160612_124733Devido a diferença de idade com suas irmãs, seus companheiros de infância foram seus irmãos, especialmente o mencionado Rodrigo. Com ele, brincava de ser freira e de construir monastérios. Este momento de sua vida foi retratado numa escultura que pode ser vista no Convento da Santa, fundado sobre sua casa natal, que em breve veremos no blog.

dsc00196Um dos momentos mais dolorosos de sua vida ocorreu quando tinha apenas 12 anos, com a perda de sua mae. Logo depois, fez um pedido à Virgem Maria para que a substituísse como figura materna, não só no céu, como também na terra. A santa não especificou ante qual imagem realizou o pedido, mas a tradição diz que foi diante da Virgem da Caridade, situada atualmente numa das capelas da Catedral de Ávila.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADepois do falecimento da mãe, Teresa começou a distrair-se com “banalidades”, passando a ter uma intensa vida social, e rodeando-se de “más companhias”. Foi quando seu pai considerou oportuno ingressá-la no Convento de N.Sra de Gracia, que vemos a seguir.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEste monastério feminino da Ordem de Santo Agostinho foi fundado no início do século XVI, sofrendo um incêndio em 1622 que lhe afetou seriamente. Atualmente, pouco mudou da época em que a santa o habitou quando tinha 16 anos, estando nele durante um ano e meio. Permanece como convento de clausura até hoje…

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa época da santa, este convento era uma espécie de internato, onde se formavam os (as) filhos (as) das principais famílias de Ávila. Nele, Teresa contou com o apoio da freira María de Briceño, amiga de sua família, que foi fundamental para que a santa desenvolvesse sua vocação religiosa. Apesar do pouco tempo que nele permaneceu, este convento exerceu uma grande importância em sua vida, tendo que abandoná-lo por um grave problema, sua precária saúde.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo próximo post, continuaremos conhecendo os passos de Santa Teresa em Ávila e sua vida…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s