Edifício da Prefeitura de Valencia: Parte 2

O Edifício da Prefeitura de Valencia é  a sede do Museu Histórico Municipal, um interessante espaço cultural que expõe diversos objetos de relevância histórica relacionados com a cidade. O museu foi criado em 1927, ainda que sua configuração atual data de 1935, quando foram realizadas reformas pelo arquiteto Javier Goerlich no local onde originalmente se situava a Capela da Real Casa de la Enseñanza.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAAlém de conhecer as várias salas que compõem o Edifício da Prefeitura, o visitante poderá contemplar alguns objetos que se converteram em verdadeiras relíquias, como o Pendón capturado dos árabes durante a reconquista da cidade pelo monarca Jaime I.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA Quadros de temática religiosa também englobam a coleção do museu…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAbaixo, vemos um quadro que representa o Arcanjo Miguel como pesador das almas, disputando com o demônio o destino de cada indivíduo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA denominada Sala Floral recebe este nome porque nela se exibe os Foros de Valencia, conjunto de leis outorgadas por Jaime I em 1261, que regeram a história do Reino de Valencia. O espaço foi decorado com pinturas murais realizadas por José Vergara.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA sala foi decorada com um teto de inspiração mudéjar e adornado com motivos heráldicos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOutro aspecto interessante constituem os mapas históricos da cidade, como o de abaixo, de 1704.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA seguir, vemos o Escudo de Valencia, formado por um dos símbolos mais queridos pelos valencianos, o morcego, colocado em sua parte superior.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO emprego de animais é muito comum nos brasões de todo o mundo, sendo os mais frequentes os animais ferozes como o urso, leão, águia, etc, e também os de caráter mitológico, como os dragões. O morcego é uma figura heráldica presente em vários escudos relacionados com a Coroa de Aragón, e sua incorporação ao escudo da cidade está relacionado com uma tradição que remonta à reconquista de Jaime I. Uma lenda diz que os exércitos muçulmanos prepararam um ataque surpresa contra as tropas do monarca Jaime I. Uma noite, quando os soldados dormiam num acampamento, foram despertados por um barulho estranho, posteriormente associado a um morcego. O exército do rei conseguiu repelir o ataque inesperado e poucos dias depois, Jaime I entrou vitorioso na cidade. Outra explicação diz que um morcego pousou no casco do rei, sendo interpretado para que estivesse sempre vigilante. No centro do escudo vemos também duas letras L, relacionadas ao título de “Duas vezes leal”, concedido à cidade durante a guerra castelhano-aragonesa, travada entre os reis Pedro IV de Aragón e Pedro I de Castilla, na chamada “Guerra dos dois Pedros”. Finalizamos a matéria com imagens de alguns detalhes decorativos presentes no Edifício da Prefeitura de Valencia.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s