P.N. Hoces del Río Duratón

Finalizando nossa viagem pela Província de Segóvia na Semana Santa, fomos conhecer um lugar de natureza excepcional, o Parque Natural Hoces del Río Duratón, situado próximo à cidade de Sepúlveda (post publicado em 18/5/2012), no norte da província.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Rio Duratón discorre sobre um canyon formado pela ação erosiva do rio na rocha calcária, que em alguns locais alcança os 100m de desnível, num traçado sinuoso de cerca de 27 km.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO acesso ao parque é um pouco complicado, mas vale a pena enfrentar os 5 km de uma estrada de areia para poder contemplar este belíssimo lugar. As águas do rio abriram uma garganta facilmente erosionável no curso médio do Duratón, formando uma sinuosidade em seu curso denominada meandros, que em terras castelhanas recebe a denominação de Hoces.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Rio Duratón nasce na fronteira entre a Província de Segóvia e a Comunidade de Madrid, em plena Serra de Guadarrama. Sua origem serrana lhe proporciona um grande aumento no volume de água nos meses de março a junho, devido ao degelo, e uma acusada estiagem nos meses de calor. Se prolonga cerca de 106 km até desembocar no Rio Duero.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO Parque Natural possui 5 mil hectares de superfície e foi declarado reserva em 1989, além de ostentar o título de Zona Especial de Proteção para as Aves (ZEPA). De fato, apresenta uma grande riqueza faunística, especialmente relacionada às aves de rapina, que constroem seus ninhos no alto dos penhascos. O parque possui uma considerável população de Águias Reais, Falcões Peregrinos e Buitres Leonados. No que se refere aos mamíferos, podemos encontrar morcegos, lebres, coelhos, raposas e lontras.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANessa região, os invernos longos e muito frios fazem com que as temperaturas possam baixar dos 10 graus negativos com relativa frequência. As atividades que podem ser realizadas no parque incluem o senderismo e a canoagem, existindo várias agências que realizam excursões pelo curso do rio.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAlém de sua beleza, dentro dos limites do parque situa-se o Monastério de San Frutos, que será o tema do próximo post e que vemos na imagem acima, na beira do precipício.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s