Monastério de San Frutos de Duratón

Dentro dos limites do Parque Natural das Hoces del Río Duratón situa-se o Monastério de San Frutos, cuja localização ao borde do precipício formado pela ação erosiva do rio é verdadeiramente magnífica.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAPara se chegar ao monastério, os carros devem ser deixados num estacionamento, e logo percorrer uma trilha inclinada de 800m, com vistas incríveis do canyon e do próprio monastério.

OLYMPUS DIGITAL CAMERASua história é muito antiga e está relacionada a San Frutos, San Valentín e Santa Engrácia, que viveram como eremitas no local. O primeiro faleceu no ano de 715 e seus irmãos foram decapitados pelos árabes um pouco depois. O lugar tornou-se um centro de peregrinação ao se construir um monastério depois da morte dos santos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm 1076, depois da reconquista destas terras pelo Rei Alfonso VI, o Priorato de San Frutos passou a depender do Monastério de Silos, um dos mais importantes da Espanha no período medieval, ao qual pertenceu até a Desamortização dos bens eclesiásticos de 1835 (ver matérias publicadas sobre Silos em 8/8 e 9/8/2015).

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO antigo monastério foi reconstruído em torno ao ano 1100 no estilo românico, um dos exemplos desta corrente artística mais antigos existentes na Província de Segóvia.

OLYMPUS DIGITAL CAMERASegundo uma inscrição, as obras foram realizadas pelo arquiteto Michel, e sua construção ordenada pelo Abade Fortunio, pertencente ao Monastério de Silos. Este dado transforma o monastério num raro exemplo da Arte Românica, pois na maioria dos casos o nome do arquiteto construtor é desconhecido.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAbaixo, vemos o ábside românico

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Monastério de San Frutos atingiu seu auge no século XIII. Em torno ao ábside foi descoberto uma necrópole, com tumbas escavadas na rocha em formato antropomórfico, e a cabeça orientada ao oeste, onde o sol nasce.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo século XII se construíram também duas capelas, das quais se conserva apenas uma delas. Abaixo, vemos outras imagens do monastério.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOs corpos dos três santos foram colocadas em tumbas situadas dentro de uma singela construção. No entanto, seus restos foram levados a outro local, para serem venerados como relíquias.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAAtravés de um dos vãos da construção do monastério, podemos contemplar a beleza das águas do Rio Duratón

OLYMPUS DIGITAL CAMERAMe despedi do Monastério de San Frutos e da Província de Segóvia, meu último destino no passeio que realizei com minha esposa no feriado da Semana Santa. Felizes regressamos a Madrid, depois de termos conhecido povoados encantadores e as belas paisagens da Comunidade de Castilla y León.

Anúncios

2 respostas em “Monastério de San Frutos de Duratón

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s