Cidade Universitária – Madrid

A Cidade Universitária de Madrid localiza-se na parte noroeste da cidade, no Distrito de Moncloa. Por este motivo, é também conhecido como Campus de Moncloa, e alberga a maior parte dos edifícios das Faculdades da Universidade Complutense e da Universidade Politécnica de Madrid, além de cerca de 30 colégios maiores. Ultimamente, estive várias vezes no campus fotografando suas principais faculdades, e decidi realizar uma matéria sobre a Cidade Universitária, por sua grande importância histórica, educacional e arquitetônica.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAInicialmente, a instituição de Ensino Superior de Madrid denominava-se Universidade Central e estava situada na Calle de San Bernardo, ocupando o antigo edifício do Noviciado de Jesuítas, fundado em 1602 e cuja finalidade principal era fornecer uma formação espiritual aos aspirantes a entrar na Companhia de Jesus. Abaixo, vemos o edifício…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAJá a Universidade Complutense, uma das instituições educacionais mais relevantes da história da Espanha, foi fundada pelo Cardeal Cisneros em 1499, na cidade de Alcalá de Henares, terra natal de Cervantes, declarada Patrimônio da Humanidade e localizada a cerca de 20 km de Madrid (ver matérias publicadas entre 23/8 e 27/8/2016). Por incrível que pareça, mesmo sendo capital do país, Madrid nao teve universidade própria, até que em 1822, durante o período conhecido como Triênio Liberal, se decidiu trazer a Universidade Complutense a Madrid.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAPor não existir locais adequados para a instalação da universidade, vários edifícios foram utilizados para suas funções educativas, até que em 1842 foi trazida para o edifício de Noviciado. Foi então que o edifício foi reconstruído pelo arquiteto Narciso Pascual y Colomer e adaptado para sediar a universidade. As classes universitárias iniciaram suas atividades durante o curso de 1844/1845, com a abertura das Faculdades de Direito e Filosofia e Letras. A Universidade Central continuou desempenhando seus serviços até o momento em que foi levado à Cidade Universitária.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAApesar de ter sido construída e reconstruída no século XX (no próximo post falaremos um pouco de sua conturbada história), na Cidade Universitária podemos contemplar monumentos históricos, como a Portada que pertenceu ao Hospital de La Latina,que atualmente se encontra em frente à fachada da Faculdade de Arquitetura.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEste hospital também foi fundado no ano de 1499, por Beatriz Galindo e seu marido Francisco Ramírez. Ambos pertenceram ao círculo familiar dos Reis Católicos, Beatriz como responsável da educação dos filhos de Isabel La Católica e o marido como um tenente do exército de Fernando El Católico. Por seu domínio total do latim, Beatriz Galindo ficou conhecida como “La Latina” e realizou diversas obras assistenciais em Madrid naquela época. Este apelido passou a denominar o bairro onde foram criadas as principais instituições por ela fundada. O centro assistencial denominava-se Hospital de la Concepción de Nuestra Señora, mas sempre foi conhecido como Hospital de La Latina.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA portada foi edificada no estilo gótico-mudéjar pelo mestre Hazan, e consta de um arco gótico com três esculturas em sua parte superior e o escudo dos fundadores. O hospital esteve em funcionamento até 1899, e foi demolido em 1904 por reformas urbanas na Calle de Toledo, onde se localizava. Abaixo, vemos uma foto antiga do hospital e da portada em sua localização original.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA portada se encontra na Cidade Universitária desde os anos 60 e a estrutura de tijolo que a sustenta foi projetada pelo arquiteto Fernando Chueca Goitia.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUm dos aspectos mais importantes do projeto construtivo da Cidade Universitária foi que os edifícios deveriam situar-se dentro de um entorno natural com amplos espaços abertos dotados de vegetaçao. Esta idéia de um campus-parque se inspirou nos modelos das universidades americanas, adaptados às características espanholas. Abaixo, vemos o Real Jardim Botânico de Alfonso XIII, monarca que viabilizou o projeto da Cidade Universitária, formando parte do projeto original realizado em 1927 por encargo do rei.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAPor uma série de razões históricas, que abordaremos na próxima matéria, o jardim botânico somente foi inaugurado em 2001 como um espaço propício para a investigação e divulgação de mais de 800 espécies botânicas. Atualmente também se realizam concertos nos limites do jardim.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s