O Caminho do Norte: Parte 2

Depois de visitar Laredo, continuamos nosso trajeto pelo Caminho do Norte em direção a Santoña, que possui uma tradicional indústria pesqueira, além de ser um importante centro de turismo. Na medida em que íamos caminhando, tirei algumas fotos da cidade…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAPassamos pela Prefeitura de Santoña

OLYMPUS DIGITAL CAMERAVi alguns belos grafites decorando os muros dos edifícios…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAE descobri que a cidade possui um time de futebol centenário, o Santoña Club de Fútebol

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAo sair da cidade, estivemos percorrendo durante um bom tempo o perímetro do Centro Penitenciário de El Dueso, construído em 1907 e que teve um papel destacado durante a Guerra Civil e a época franquista, chegando a acolher 3 mil presos, entre os quais personalidades políticas e públicos. Atualmente possui cerca de 400 internos…

OLYMPUS DIGITAL CAMERASubimos um morro, que num princípio parecia complicado de percorrer, com o objetivo de chegar à praia de Noja, nosso próximo destino e local onde passaríamos a noite numa confortável pousada.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO município está formado em 75 % de sua área por reservas naturais protegidas, como o Parque das Marismas de Victoria e Joyel, um dos principais locais do norte da Espanha para o avistamento de aves, além de ser uma referência em áreas alagadas, no país denominado Humedales.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAtravessamos a Ponte Romana, que apesar do nome, possui uma origem medieval. Está formada por 5 arcos, embora somente seja possível ver 3, pois os dois arcos menores dos extremos  se encontra debaixo do nível das águas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo centro de Noja se levanta a Igreja de San Pedro, uma construção de origem muito antiga, embora seu aspecto atual seja do século XVI e a torre, do século XVII. O altar maior é barroco, presidido pela imagem de São Pedro.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAAinda tivemos tempo de visitar o Palácio de Albaicín, que atualmente funciona como um Centro Cultural.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA origem do palácio data do século XVI, mas foi reformado entre 1914 e 1916 pelo arquiteto Leonardo Rucabado, precursor do denominado Estilo Regionalista. Uma pequena escultura me chamou a atenção, homenageando canteiros da cidade que participaram na construção do famoso claustro do Monastério dos Jerônimos de Lisboa, todos eles chamados de Juan…

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo dia seguinte saímos cedo com destino a Somo, onde pegamos um barco para chegar à Santander, capital da Comunidade da Cantábria, que será o tema de uma série de matérias a partir do próximo post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s