Hostal dos Reis Católicos – S.Compostela

No post de hoje, comentarei sobre um dos edifícios emblemáticos da Plaza del Obradoiro, a mais famosa de Santiago de Compostela, conhecido como Hostal dos Reis Católicos. Esta formidável construção originou-se quando os Reis Católicos Fernando e Isabel visitaram a cidade em 1486 e constataram a deficiência no atendimento e cuidado de doentes e também dos peregrinos que chegavam à cidade. A instituição recebeu o nome de Hospital dos Reis Católicos, sendo que o projeto da obra foi realizado por Enrique Egas, iniciando-se a construçao em 1501 e finalizando-se dez anos depois.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEnrique Egas projetou o edifício na fase final do estilo gótico, num momento de transição para a arquitetura renascentista. Realizou uma fachada como se fosse um retábulo, com uma rica ornamentação que inclui escudos reais, do antigo Reino de Castilla, e personagens religiosos como Cristo, a Virgem Maria, santos e apóstolos. Esta corrente artística, que caracteriza-se por uma profunda decoração, é conhecida como Estilo Plateresco e desenvolveu-se na Espanha a partir do final do século XV, sobretudo na arquitetura. Abaixo, vemos os medalhões dos Reis Católicos, que enaltecem o poder monárquico e contrastam com o poder religioso da catedral e o palácio arcebispal, ambos situados na praça.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO virtuosismo escultórico do projeto de Enrique Egas obrigou a utilização de uma pedra mais blanda, em vez do usual granito, que não suportou o clima instável da cidade, sendo novamente refeito no século XVI. Abaixo, vemos alguns detalhes da bela fachada do edifício.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO interior possui uma planta retangular com 4 pátios construídos a modo de claustros, sendo dois deles realizados no século XVI e os demais no XVII.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOs pátios receberam nomes relativos aos 4 apóstolos evangelistas (Marcos, João, Lucas e Mateus). Como elemento comum, a presença de fontes no centro de cada pátio.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm um dos pátios vemos pequenas, mas curiosas esculturas, que representam de forma simbólica os vícios e pecados que os internos deveriam evitar, quando o hospital converteu-se numa hospedaria. Constituíam um verdadeiro código de conduta, cujo cumprimento era vigilado com grande severidade. Algumas delas representam o pecado da luxúria, como vemos abaixo…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAUm homem atado a um grande tonel simboliza o perigo da embriaguez….

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAlém dos pátios, é possível visitar a Capela do antigo Hospital, construída no estilo gótico

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAbaixo, vemos o portão que separa a capela (reja, em espanhol), uma belíssima obra do século XVI.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA seguir, um detalhe do teto da capela….

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm 1954, o lugar converteu-se num dos estabelecimentos que integram a Rede de Paradores Nacionais da Espanha, uma rede hoteleira que se caracteriza por sua presença em edifícios históricos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAComo lembrança dos séculos de hospitalidade, ainda hoje se mantêm o costume de fornecer café da manhã, comida e jantar aos primeiros peregrinos que chegam ao local diariamente…

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Anúncios

Plaza del Obradoiro – Santiago de Compostela

Em Santiago de Compostela, todos os caminhos levam à Plaza del Obradoiro, a praça mais importante, monumental e movimentada da cidade. Milhares de peregrinos, depois de muitos dias caminhando, finalmente se aproximam à praça para visitar a Catedral de Santiago de Compostela, cuja fachada principal dá para a praça, e finalizar o caminho abraçando a imagem do apóstolo que se encontra no interior do templo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO nome da praça está relacionada com o grêmios de obreiros que trabalharam na construção da catedral. No centro da praça encontra-se o “Km 0” do Caminho de Santiago e uma placa com a declaração do caminho de peregrinação como o “Primeiro Itinerário Cultural Europeu“. Abaixo, vemos uma panorâmica da praça.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA fachada principal da Catedral preside este lugar maravilhoso da cidade. O templo foi construído a partir do século XI no estilo românico, mas a fachada foi alvo de várias reformas a partir do século XVI, com a intenção de proteger uma de suas partes mais famosas, o incrível Pórtico da Glória, além de suas duas torres. No século XVIII decidiu-se pela construção de uma nova fachada no estilo barroco, que acabou se transformando numa obra prima do estilo na Espanha e um símbolo da cidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO projeto da fachada barroca da Catedral de Santiago de Compostela se deve ao arquiteto nascido e falecido na cidade Fernando de Casas Novoa. Destaca-se por sua riqueza decorativa, verticalidade e seu formato relativamente côncavo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEntre ambas torres, foram colocadas janelas acristalados que permitem a iluminaçao interna do interior. Toda a iconografia escultórica da fachada relaciona-se com o Apóstolo Santiago, cuja imagem vemos na parte superior do templo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAInfelizmente, o arquiteto responsável não pôde ver finalizada a obra, terminada em 1750, um ano depois de seu falecimento. A escada de acesso foi construída no século XVII, no estilo renascentista.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAtualmente, a fachada está sendo objeto de uma intensa restauração, com a finalidade de limpeza de sua estrutura. Em algumas fotos da presente matéria, vocês podem observar a fachada limpa e quase terminada, enquanto nas demais fotos, tiradas em 2012, podemos ver a sujeira acumulada.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm frente à Catedral encontra-se o Palácio de Raxoi (Rajoy, em espanhol), atual sede da Presidência da Junta de Galícia e do Centro de Cultura da Galícia, além de albergar a Prefeitura de Santiago de Compostela.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAInspirado nos palácios franceses do século XVIII, o edifício foi projetado pelo engenheiro francês Charles Lemau no estilo neoclássico, e realizado na segunda metade do século XVIII. Inicialmente, foi construído como residência dos meninos que integravam o coro da catedral e também como seminário. Depois funcionou como prisao civil e eclesiástica.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa parte superior do palácio vemos um rico conjunto escultórico que representa a Batalha de Clavijo, a primeira em que o Apóstolo Santiago aparece como guerreiro para auxiliar o exército cristão na luta contra os árabes, ocorrida em 844 e considerada uma das mais célebres da denominada Reconquista. O próprio santo, representado como Padroeiro da Reconquista, remata a estrutura do palácio. A construção do palácio permitu o fechamento da Plaza del Obradoiro, antigamente denominada Plaza del Hospital, graças ao antigo hospital fundado pelos Reis Católicos que vemos em uma de suas laterais.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEste local será o tema da próxima matéria, onde vocês poderão conhecer com mais profundidade sua história e beleza. Do outro lado da praça localiza-se o  Colégio de San Jerónimo (em galhego, San Xerome), atual sede da Reitoria da Universidade de Santiago de Compostela. Sobre a Universidade também publicarei posts especiais.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAo lado da catedral situa-se o Palácio de Xemírez, que foi a residência do primeiro arcebispo da cidade, Diego Xemírez. Ele ordenou a construção, a partir de 1120, de um novo palácio de estilo românico que substituiu o anterior, destruído durante uma revolta popular. O palácio é visitável, pois atualmente se realizam exposições no interior, mas as fotos não estão permitidas…

 

Parque de la Alameda – Santiago de Compostela

Bem próximo ao hotel onde me hospedei em Santiago de Compostela situa-se a maior área verde da cidade, o Parque de la Alameda. Por esta razón, e por tratar-se de um parque histórico, no final da tarde aproveitava para passear no parque e conhecer este belo lugar, além de contemplar as incríveis vistas que o local oferece, principalmente de sua famosa catedral.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO parque possui três caminhos principais, que foram realizados para as distintas classes sociais do século XIX, quando o parque foi criado.O caminho da direita estava reservado para as classes menos favorecidas, o do centro para a nobreza e o caminho esquerdo para professores, clérigos e pessoas instruídas…Abaixo, vemos o denominado Paseo de los Leones, atualmente um dos mais populares pelas vistas do centro histórico que proporciona.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADentro dos limites do parque podemos conhecer monumentos religiosos que integram o vasto patrimônio histórico de Santiago de Compostela, como a Igreja do Pilar, um templo barroco construído no século XVIII em homenagem à Virgem do Pilar, Padroeira da Espanha.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOu a Capela de Santa Susana, que foi originalmente erguida no século XII no estilo românico, mas reformada nos séculos XVII e XVIII. Construída para receber as relíquias de Santa Susana trazidas de Portugal, conserva sua porta original.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAComo todo parque que se preze, possui um belo coreto…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Parque de la Alameda caracteriza-se por sua rica flora, com uma grande quantidade de espécies de árvores e flores…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA construção do parque iniciou-se em 1835 e foi finalizada em 1894….

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAMuitas estátuas e monumentos homenageiam as personalidades do mundo literário, como a escritora e poetisa Rosalía de Castro, que nasceu na cidade em 1837 e faleceu em Madrid no ano de 1885. Um dos grandes nomes da Literatura Espanhola do século XIX, escreveu tanto em castelhano quanto no galhego, numa época em que este idioma era desprezado pela classe governante. Por este motivo e pela excelência de suas obras, Rosalía de Castro é considerada um expoente da alma e do povo da Galícia. Abaixo, vemos o monumento dedicada a escritora, que inclui personagens populares por ela criado em suas obras.

OLYMPUS DIGITAL CAMERATambém podemos sentar ao lado de outro grande nome da Literatura Espanhola de final do século XIX e primeira metade do XX, o dramaturgo e escritor D. Ramón del Valle Inclán, nascido em 1866 e falecido em Santiago de Compostela em 1936.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa hora do cafézinho ou de uma refrescante bebida, o ideal é relaxar neste bar, que proporciona um toque de modernidade graças à sua inovadora arquitetura…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAVárias outras interessantes construções de estilos diversos complementam a paisagem que rodeia o parque…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAFinalizo o post com outras fotos do Parque de la Alameda….

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

Um Passeio por Santiago de Compostela

Iniciei minhas andanças por Santiago de Compostela mais animado que nunca, pois ao meu lado tinha dois grandes amigos, o Marcelo e a Cristina, que além da inestimável companhia, foram meus guias pela cidade, pois conhecem o centro histórico compostelano como ninguém. Me instalei num hotel situado numa das praças mais conhecidas da cidade, a Plaza do Toural, localizada estrategicamente e bem próxima dos principais pontos turísticos de Santiago de Compostela .

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO edifício mais destacado da praça é o chamado Paço de Bendaña, antiga propriedade dos marqueses de mesmo nome. Do século XVIII, atualmente é a sede do Museu Eugenio Granell, que possui uma ampla coleção de obras deste artista galhego nascido em La Coruña em 1912. Pintor, escritor e poeta, Eugenio Granell abraçou a corrente surrealista e veio a falecer em Madrid em 2001.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo centro da praça situa-se uma bela fonte que possui uma história curiosa. A fonte demorou quase trezentos anos em ser construída, pois não existia canalização de água que chegasse à praça. Isso porque o Tribunal da Inquisição da cidade era a proprietária de terrenos próximos à praça e recolhia a água existente. Somente depois da abolição do tribunal e a destruição dos edifícios pertencentes à instituiçao que finalmente a água pôde chegar à praça e alimentar a fonte, que construiu-se em 1820. Ainda hoje se escuta a história que a água da fonte é a mesma que bebiam os condenados pelo Tribunal do Santo Ofício da Inquisição

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA praça adquiriu seu aspecto atual em 1750 e um pouco mais de duzentos anos depois, em 1955, nela nasceu, num dos edifícios que a integram, o ex Presidente da Espanha,  que deixou o cargo recentemente, Mariano Rajoy. Num dos seus costados vemos uma farmácia histórica da cidade, fundada em 1843.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo terraço do hotel onde me hospedei tirei algumas fotos das casas próxima à praça e alguns detalhes de sua arquitetura.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERADa Plaza do Toural, uma tranquila caminhada de cerca de 10 minutos nos leva à Plaza del Obradoiro, a mais importante da cidade, que veremos detalhadamente em matérias posteriores. Um pouco antes de chegar a este lugar emblemático da cidade, dava uma paradinha em outra praça famosa, a Plaza de Fonseca, cercada de bares, restaurantes e também com uma bela fonte circular no centro.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERADepois meus caros amigos me levaram ao Centro Internacional de Acolhida aos Peregrinos, situado num edifício de finais do século XVIII que abrigou um asilo. Devidamente adaptado às novas funções, no local os peregrinos que chegam à cidade são recebidos, onde funciona um serviço de informação relacionado ao Caminho de Santiago.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANeste local, o peregrino recebe a denominada Compostelana, um documento emitido pelas autoridades eclesiásticas que comprova que o peregrino percorreu, ao menos, 100 km andando por um dos caminhos que levam à Santiago de Compostela. No caso do peregrino ter realizado o caminho em bicicleta, o mínimo exigido para se obter a Compostelana é de 200 km. No interior, uma singela mas bonita capela é utilizada para atos religiosos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANas proximidades do centro, localiza-se o Convento de San Francisco, uma das inúmeras instituições religiosas da cidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERASegundo a tradição, o convento foi fundado pelo próprio São Francisco de Assis em 1215, quando realizou a peregrinação à Santiago de Compostela. No começo do século XVIII, o convento estava em ruínas, de forma que teve que ser reconstruído. A  reconstrução da igreja iniciou-se em 1742 e foi finalizada somente no final do século XVIII. Por este motivo, a parte inferior da fachada apresenta elementos relacionados à estética barroca, enquanto sua parte superior foi construída dentro do estilo neoclássico. O projeto da igreja se deve ao arquiteto Simón Rodríguez.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADeclarado Monumento Histórico-Artístico desde 1896, parte do convento se transformou num hotel, enquanto outros espaços do conjunto ainda acolhem frades. Na frente da fachada da igreja foi colocado um  monumento em homenagem a São Francisco de Assis, realizado entre 1926 e 1930.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

Santiago de Compostela

Minha viagem com o Marcelo e a Cristina pela Galícia finalizou de forma maravilhosa em Santiago de Compostela, cidade monumental cujos adjetivos escasseiam para definir sua beleza e importância histórica. Capital da Comunidade da Galícia, sede do governo e do parlamento galhego, meta última dos milhares de peregrinos que realizam o Caminho de Santiago, pois acolhe o sepulcro do Apóstolo Santiago, padroeiro da Espanha, e Patrimônio da Humanidade desde 1985, Santiago de Compostela é uma destas cidades que merecem ser visitadas ao menos uma vez na vida.

OLYMPUS DIGITAL CAMERASuas origens estão intimamente relacionadas ao culto do apóstolo que lhe dá nome, pois até o descobrimento de seus restos no início do século IX, se pode dizer que a cidade não existia. O crescimento e importância desta cidade se deve à enorme quantidade de peregrinos que desde a Idade Média visitam a tumba do apóstolo, situado em sua impressionante Catedral Românica, que recebiam o apelativo genérico de “francos“, independente de seu local de origem.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO nome “Compostela” deriva da expressao latina “Campus Stellae“, que significa “Campo de Estrela“. Segundo a tradição medieval, no ano de 813 um eremita chamado Pelayo, alertado pelas estrelas que iluminavam o céu noturno num bosque denominado Libredón, encontrou os restos do Apóstolo Santiago e avisou ao Bispo Teodomiro de Iria Flávia sobre as relíquias do santo. A descoberta propiciou que o Rei Alfonso II de Asturias (760/842) realizasse a primeira peregrinação a este novo local sagrado para o Cristianismo, pois as outras rotas de peregrinação, como Roma, encontravam-se, naquele momento, num período de decadente, e Jerusalém estava sob o poder dos árabes. Abaixo, vemos a imagem do apóstolo que preside a incrível fachada barroca da Catedral de Santiago de Compostela.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAPouco a pouco a cidade começou a desenvolver-se devido a este protagonismo religioso, mas foi destruída pelo General Almanzor em 997, numa batalha situada dentro do processo de reconquista cristã das terras ocupadas pelos mouros. Almanzor, respeitou, no entanto, a tumba do apóstolo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOutra explicação para o nome da cidade vem da expressao “Composita Tella“, que significa “Tierras Hermosas“. A cidade foi reconstruída e fortificada a partir do século XI, momento em que se construiu uma nova muralha, além de transformar-se numa sede apostólica pelo Bispo Cresconio. Em 1075, o Bispo Diego Pelaéz ordenou a construção da Catedral Românica, que atualmente contemplamos apesar das reformas realizadas, principalmente em sua fachada principal.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADo ponto de vista político, destaca-se a coroação do Rei Alfonso VI (1040/1109) na catedral compostelana. Este monarca foi Rei de León, Castilla e da Galícia. Em 1181, o Papa Alexandro III concedeu o privilégio do Ano Santo Jacobeu. Nesta época foi redatado o famoso Códice Calixtino, um conjunto de textos que tornou-se uma fonte primordial para os peregrinos que realizavam o caminho, e que atualmente encontra-se protegido dentro da catedral, depois que foi roubado há poucos anos atrás e posteriormente reencontrado.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOutra data fundamental para a cidade foi 1643, quando o Rei Felipe IV estabeleceu o Apóstolo Santiago como o Padroeiro da Espanha. A prosperidade alcançada fez com que se tornasse um grande centro artístico a partir da época barroca.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAAbaixo vemos a Plaza del Obradoiro, a principal da cidade, onde situa-se a fachada principal da Catedral, a Prefeitura, um maravilhoso Parador de Turismo e um dos edifícios de sua famosa Universidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA Atualmente, Santiago de Compostela é uma cidade de serviços em virtude do intenso turismo religioso e cultural que possui. Sua economia destaca-se também pela indústria de telecomunicações e do setor madeireiro, além de centro universitário e sede administrativa do Governo Autônomo da Galícia.

OLYMPUS DIGITAL CAMERATive o privilégio de ficar 4 dias na cidade, e conhecer boa parte de seus monumentos, igrejas, praças, ruas e pontos de interesse turístico. A partir de hoje, inicio uma extensa série de matérias, onde os leitores (as) do blog poderão conhecê-la com mais profundidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

Parque do Passatempo – Betanzos

Antes de deixar Betanzos, ainda tive tempo de visitar outra das atrações da cidade, o Parque do Passatempo (Parque del Pasatiempo, em espanhol). Este parque único foi patrocinado pelos Irmãos García Naveira, cuja importância na transformação da cidade no início do século XX vimos na matéria anterior.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERASeu processo construtivo iniciou-se em 1893, prolongando-se até 1914, mas continuou sendo ampliado com a incorporação de novos elementos posteriormente. Considerado uma iniciativa inédita em sua época, foi o precursor dos atuais parques temáticos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAExemplo do que se conhece como Parque Enciclopédico, no local os Irmãos García Naveira construíram estátuas e construções relacionadas a lugares por eles visitados em suas inúmeras viagens ao redor do mundo, assim como fatos marcantes da história universal.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERADentro de seus limites situava-se a estátua em homenagem aos Irmãos García Naveira, que atualmente embeleza a praça a eles dedicada, que foi o tema do último post. Depois do falecimento dos irmãos, o parque entrou num período decadente, contribuindo para que hoje em dia se conserve apenas 10% de seu tamanho original.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERALamentavelmente, no período posterior à Segunda Guerra Mundial, o parque foi objeto de roubos e vandalismo devido ao abandono verificado. Foi transformado, inclusive, em depósito de escombros.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAEm 1986, a Prefeitura de Betanzos adquiriu o Parque do Passatempo, iniciando um processo de recuperação que ainda está longe de terminar. Outro dia mesmo vi pela televisão espanhola uma matéria sobre o parque, que vale a pena ser conhecido por suas características e aspectos curiosos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAQuando o poder público deixa de realizar seu papel de fornecedor de infraestrutura social, de vez em quando aparecem personalidades como os Irmãos García Naveira, que construíram escolas, hospitais e um parque para o ócio, divertimento e a aquisição de conhecimento, numa época em que a taxa de analfabetismo era elevada na Espanha e a cultura não representava uma das prioridades principais dos governantes. Finalizamos com uma das várias grutas existentes no parque…

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Praça Hermanos García Naveira – Betanzos

Se em tempos passados Betanzos deve a Fernán Pérez de Andrade o patrocínio da construção de suas igrejas góticas, que a converteram na capital do gótico na Galícia, no início do século XX o labor construtivo que ocorreu na cidade  foi obra dos irmãos Juan María e Jesús García Naveira, empresários espanhóis que imigraram à Argentina e lá fizeram fortuna. Quando regressaram à sua terra natal, realizaram um importante trabalho filantrópico, patrocinando a construção de escolas, hospitais e outras instituições assistenciais. A eles foram dedicado o nome de uma das principais praças da cidade, conhecida como Praça dos Hermanos García Naveira.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo centro da praça ergueu-se um monumento aos irmãos e ao fundamental papel que desempenharam na transformação do espaço urbano de Betanzos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa praça estão situados outros monumentos emblemáticos, como a Fonte da Diana Caçadora, uma fiel reprodução realizada em 1867 da estátua existente no Museu do Louvre de Paris.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO Edifício do Liceu foi construído no século XVIII como Arquivo Histórico, e atualmente acolhe dependências públicas da Prefeitura de Betanzos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERANuma das laterais da praça vemos a Igreja do Convento de Santo Domingo, edificada no século XVI. O local alberga uma biblioteca, o arquivo municipal e o Museu das Mariñas, com uma interessante coleção de arte galega e traje tradicional.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADurante as festas realizadas em homenagem a São Roque, santo padroeiro de Betanzos, que ocorrem na noite do dia 16 de agosto, um espetáculo é visto por milhares de pessoas que se concentram na praça. Trata-se do lançamento de um enorme balão, denominado Globo de Betanzos, que tornou-se famoso por ser considerado o maior do mundo feito com materiais tradicionais, especialmente o papel. Antes do lançamento, o balão permanece preso por uma corda colocada no alto da torre da igreja. No Youtube existem vários vídeos onde podemos visualizar o espetáculo:

Depois de visitar a Praça dos Hermanos García Naveira, continuei meu passeio pela cidade e fotografei alguns belos edifícios que encontrei pelo caminho, representativos do tipo de arquitetura civil existente na cidade, desde construções ecléticas a outras decoradas com toques modernistas e arquitetura tradicional.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA