Plaza del Obradoiro – Santiago de Compostela

Em Santiago de Compostela, todos os caminhos levam à Plaza del Obradoiro, a praça mais importante, monumental e movimentada da cidade. Milhares de peregrinos, depois de muitos dias caminhando, finalmente se aproximam à praça para visitar a Catedral de Santiago de Compostela, cuja fachada principal dá para a praça, e finalizar o caminho abraçando a imagem do apóstolo que se encontra no interior do templo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO nome da praça está relacionada com o grêmios de obreiros que trabalharam na construção da catedral. No centro da praça encontra-se o “Km 0” do Caminho de Santiago e uma placa com a declaração do caminho de peregrinação como o “Primeiro Itinerário Cultural Europeu“. Abaixo, vemos uma panorâmica da praça.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA fachada principal da Catedral preside este lugar maravilhoso da cidade. O templo foi construído a partir do século XI no estilo românico, mas a fachada foi alvo de várias reformas a partir do século XVI, com a intenção de proteger uma de suas partes mais famosas, o incrível Pórtico da Glória, além de suas duas torres. No século XVIII decidiu-se pela construção de uma nova fachada no estilo barroco, que acabou se transformando numa obra prima do estilo na Espanha e um símbolo da cidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO projeto da fachada barroca da Catedral de Santiago de Compostela se deve ao arquiteto nascido e falecido na cidade Fernando de Casas Novoa. Destaca-se por sua riqueza decorativa, verticalidade e seu formato relativamente côncavo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEntre ambas torres, foram colocadas janelas acristalados que permitem a iluminaçao interna do interior. Toda a iconografia escultórica da fachada relaciona-se com o Apóstolo Santiago, cuja imagem vemos na parte superior do templo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAInfelizmente, o arquiteto responsável não pôde ver finalizada a obra, terminada em 1750, um ano depois de seu falecimento. A escada de acesso foi construída no século XVII, no estilo renascentista.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAtualmente, a fachada está sendo objeto de uma intensa restauração, com a finalidade de limpeza de sua estrutura. Em algumas fotos da presente matéria, vocês podem observar a fachada limpa e quase terminada, enquanto nas demais fotos, tiradas em 2012, podemos ver a sujeira acumulada.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm frente à Catedral encontra-se o Palácio de Raxoi (Rajoy, em espanhol), atual sede da Presidência da Junta de Galícia e do Centro de Cultura da Galícia, além de albergar a Prefeitura de Santiago de Compostela.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAInspirado nos palácios franceses do século XVIII, o edifício foi projetado pelo engenheiro francês Charles Lemau no estilo neoclássico, e realizado na segunda metade do século XVIII. Inicialmente, foi construído como residência dos meninos que integravam o coro da catedral e também como seminário. Depois funcionou como prisao civil e eclesiástica.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa parte superior do palácio vemos um rico conjunto escultórico que representa a Batalha de Clavijo, a primeira em que o Apóstolo Santiago aparece como guerreiro para auxiliar o exército cristão na luta contra os árabes, ocorrida em 844 e considerada uma das mais célebres da denominada Reconquista. O próprio santo, representado como Padroeiro da Reconquista, remata a estrutura do palácio. A construção do palácio permitu o fechamento da Plaza del Obradoiro, antigamente denominada Plaza del Hospital, graças ao antigo hospital fundado pelos Reis Católicos que vemos em uma de suas laterais.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEste local será o tema da próxima matéria, onde vocês poderão conhecer com mais profundidade sua história e beleza. Do outro lado da praça localiza-se o  Colégio de San Jerónimo (em galhego, San Xerome), atual sede da Reitoria da Universidade de Santiago de Compostela. Sobre a Universidade também publicarei posts especiais.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAo lado da catedral situa-se o Palácio de Xemírez, que foi a residência do primeiro arcebispo da cidade, Diego Xemírez. Ele ordenou a construção, a partir de 1120, de um novo palácio de estilo românico que substituiu o anterior, destruído durante uma revolta popular. O palácio é visitável, pois atualmente se realizam exposições no interior, mas as fotos não estão permitidas…

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s