Monastério de San Martín Pinario

Depois da Catedral, o Monastério de San Martín Pinario é considerada a instituiçao religiosa mais importante de Santiago de Compostela e um de seus edifícios históricos mais relevantes. Situado na Plaza de la Inmaculada e bem próximo à Catedral, este monastério é um dos maiores de toda a Espanha.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA Foi fundado no ano 900 pelo Bispo Sisnando, ao estabelecer uma pequena comunidade de monges beneditinos para que pudessem atender o culto relacionado ao Apóstolo Santiago. Escolheram uma zona denominada Pinario, assim chamada devido a grande quantidade de pinos no local. Desta época inicial, nada se conserva. No final do século XV, tornou-se o monastério mais rico de toda a Galícia, motivo pelo qual foi reedificado quase que completamente a partir do século XVI, sendo finalizado na segunda metade do século XVIII. Combina, devido ao tempo de construção, elementos renascentistas, barrocos e neoclássicos. Acima e abaixo, vemos a fachada principal do monastério, com destaque para as colunas gigantes de sua parte central. Na parte inferior, vemos uma imagem de San Benito (São Bento, em português). Na parte superior, o Escudo de Espanha e na parte mais alta uma imagem do santo titular, San Martín

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO monastério possui dois grandes claustros, e somente pude conhecer um deles, o chamado Claustro das Oficinas, que vemos a seguir, que se caracteriza por sua simplicidade decorativa, sendo construído em 1660. No alto, vemos um singular campanário barroco.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA igreja do Monastério de San Martín Pinario foi construída a partir de 1590, cujo projeto se deve ao arquiteto português Mateo López, que desenhou uma grande fachada a modo de um retábulo feito de pedra. Finalizou-se em 1652.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEntre decoradas colunas, vemos uma grande quantidade de personalidades, como os monarcas Carlos I e Felipe II, imagens de santos e profetas, a Virgem Maria, etc. Na parte superior, um frontón, como são conhecidas estas estruturas triangulares, acolhe uma imagem de San Martín a cavalo, oferecendo sua capa ao pobre, a representação mais difundida deste santo na história da arte.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA igreja possui uma planta de cruz latina, com uma cúpula semiesférica projetada por Bartolomé Fernández Lechuga e construída a partir de 1626.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA austeridade que até então predominava na arquitetura do monastério se transformou radicalmente quando Fernando de Casas y Novoa, em 1730, é encarregado para o projeto do impressionante retábulo maior barroco que contemplamos atualmente. Considerado uma das obras primas do Barroco Espanhol, sua exuberância decorativa inclui figuras de anjos, santos, estando coroado por outra imagem de San Martín.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm 1742, os monges também encarregaram a Fernando de Casas y Novoa os retábulos situados no cruzeiro, dedicados à Virgem Maria e a San Benito.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADetrás do retábulo maior, situa-se o Coro Baixo, realizado por Mateo de Prado em 1639.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Coro Alto, como o próprio nome indica, está localizado na parte superior da igreja, e foi trazido da Catedral de Santiago de Compostela, pertencente ao século XVII.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAbaixo, vemos uma foto com os dois órgãos barrocos da igreja do monastério e, depois, uma imagem de um deles (século XVIII).

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERACom o processo de Desamortização de 1835, o monastério passou a exercer funções variadas, entre as quais de Seminário Maior, desde 1868. Uma parte foi habilitada como Museu de Arte Sacra. Abaixo, vemos uma série de anjos portando os instrumentos da Paixão de Cristo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAParte do conjunto monacal está dedicado à residência universitária e também como sede do Instituto Teológico Compostelano. Abaixo, vemos fotos do interior da igreja, ressaltando sua bela arquitetura.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO monastério possui uma grande quantidade de obras históricas, entre quadros, livros, etc, além de realizar interessantes exposições. Finalizamos com um livro sobre Anatomia, datado de 1745…

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

1 comentário Adicione o seu

  1. Carmen Gutierrez disse:

    Parabéns ,beleza de texto e desses lugares com riquíssima história .Carmen

Deixe uma resposta para Carmen Gutierrez Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s