Reus Modernista – Pere Caselles

A Rota Modernista de Reus está formada por dezenas de edifícios de grande interesse artístico. A maior parte deles foram projetados pelo arquiteto nascido na cidade Pere Caselles i Tarrats (1864/1936). Este arquiteto municipal recebeu uma grande influência de Lluís Domènech i Montaner, com quem colaborou no Instituto Pere Mata, aprendendo com ele as técnicas modernistas. Numa série de três posts veremos os principais edifícios da cidade que foram projetados por Pere Caselles. Em 1893 realizou o projeto da Casa Homedéu, que corresponde à arquitetura neogótica.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA utilização de elementos medievais neste edifício constituiu uma ruptura com a arquitetura até então estabelecida. Possui uma ampla decoração com destaque para sua tribuna.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADe 1896, a Casa Sardà foi construída para o escritor Romano Sardà. Além dos elementos neogóticos, Pere Caselles inclui também neste edifício características da arquitetura mudéjar. Vemos nos balcões do edifício o habitual trabalho de ferro forjado com formas típicas do Modernismo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAEm 1900, Pere Caselles projetou a Casa Punyed. Da mesma forma que os edifícios anteriores, o arquiteto recorreu aos elementos medievais próprios do início de sua carreira, graças a influência exercida por Lluís Domènech i Montaner.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEste belíssimo edifício conta com uma excepcional decoração feita de pedra. Na planta superior aparece o Escudo da Catalunha, o que demonstra uma vez mais a relação do modernismo com o sentimento nacionalista desta comunidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAElementos vegetais, rostos humanos e animais fantásticos completam sua decoração. Durante anos funcionou no andar térreo uma farmácia chamada Punyed, que acabou dando o nome ao edifício.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADe 1901 é a Casa Querol, situada numa das vias comerciais mais importantes de reus, a Carrer de Llovera. Sua decoração inclui motivos esgrafiados com a representação do Escudo de Reus, uma rosa, e o do proprietário, Fernan de Querol, um escritor que ocupou cargos políticos na Catalunha, como de Prefeito de Tarragona.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEsta construção impulsionou uma importante renovação arquitetônica desta rua, uma das principais da cidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOutra contribuição relevante de Pere Caselles para a arquitetura modernista de Reus é a Casa Munné, de 1904. O eixo principal do edifício está marcado por uma bela tribuna em sua esquina, de formato octogonal, e realizada com ferro e vidro.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAComo nos demais edifícios da Rota Modernista de Reus, foi colocada na frente do edifício uma placa de bronze com seu nome, ano em que foi construído e o arquiteto responsável, para sua devida identificação.

OLYMPUS DIGITAL CAMERATambém de 1904, a Casa Laguna situa-se em outra rua importante, a Carrer de Monterols. Nela destaca o papel da cerâmica como elemento decorativo, combinando diferentes técnicas como o Trencadís, que se tornaria famoso através da obra de Gaudí. O resultado é um rico conjunto cromático e de textura em sua fachada.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s