Tarragona Romana: Teatro e Anfiteatro

No mundo romano, os espetáculos populares constituíam uma parte fundamental da vida cotidiana. O dito latino “Panis et Circenses” refere-se justamente ao controle popular exercido pelos Imperadores Romanos através da organização destes espetáculos. Em Tarraco, nome romano de fundação da cidade de Tarragona, não era diferente. Atualmente se conservam os três edifícios públicos construídos para esta finalidade, o Circo, o Teatro e o Anfiteatro. Neste post, veremos os dois últimos. O Teatro Romano de Tarraco foi o primeiro em ser construído, no final do século I aC, em época de Augusto.

OLYMPUS DIGITAL CAMERASituado próximo ao Fórum da Colônia, nele eram realizadas representações teatrais e foi construído aproveitando-se o desnível natural do terreno.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO Teatro Romano de Tarragona deixou de ser utilizado no século III dC, e posteriormente novos edifícios foram construídos com seus materiais. Ao contrário dos outros dois espaços, o Teatro encontra-se abandonado e não está aberto à visitação pública, pois carece de infraestrutura para tal.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAJá com o Anfiteatro, a situação é completamente distinta, pois representa uma das principais atrativos do Conjunto Arqueológico de Tarragona, estando aberto aos visitantes. O primeiro que chama a atenção do Anfiteatro Romano de Tarragona é sua excepcional localização, junto ao Mar Mediterrâneo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAEste tipo de edifício era usado para os espetáculos com animais ferozes, lutas de gladiadores e também como local de execução pública. Nele, no ano de 259 dC, foram martirizados o Bispo Fructuoso e dois de seus diáconos, como foi dito anteriormente, dentro do contexto da perseguição religiosa contra a comunidade cristiana, ordenada pelo Imperador Diocleciano.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAConstruído no século II dC, num local que havia sido uma área funerária, foi reformado em 221 dC. O Anfiteatro foi construído junto ao mar com a finalidade de facilitar o acesso público e também para o desembarque de animais. Tinha capacidade para 15 mil espectadores.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo século V dC perdeu sua função original e no seu recinto foi edificada uma Basílica Visigoda de 3 naves no final do século seguinte, para celebrar o martírio do bispo e dos diáconos. Ao seu redor, se construiu um cemitério com tumbas escavadas na arena e mausoléus funerários adossados à igreja.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo século XII se ergueu, sobre os cimentos da antiga Basílica Visigoda, um novo templo sob a titularidade de Santa María del Milagro. Esta igreja de estilo românico manteve-se de pé até 1915. No entanto, conservam-se os restos de ambas igrejas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s