Românico Espanhol – Cenas Eróticas ?!

Homens e mulheres exibicionistas. Relações Sexuais, entre seres humanos e animais. Falos eretos…isso mais parece o roteiro de uma produção pornográfia atual, mas a realidade é muito mais surpreendente, pois foram temas abordados pelos artistas anônimos românicos nas igrejas da Espanha e de outros países do continente europeu.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAHomem exibicionista – Colegiata de Santa Juliana (Santillana del Mar – Cantábria).

Na realidade, cenas de caráter sexuais são abundantes na história da arte. No mundo ocidental, são frequentes nos vasos gregos e nas pinturas murais do antigo Império Romano. Na civilização oriental, aparecem no Egito faraônico, China e sobretudo na Índia, onde alguns templos hinduístas foram totalmente esculpidos com cenas eróticas nas mais variadas posições do Kama Sutra. O que mais intriga nestas representações do período românico são os lugares onde se encontram, igrejas medievais. A maior parte destas cenas eróticas se encontram na Cantábria e nas Províncias de Palencia e Burgos (Castilla y león), mas também aparecem em Navarra, Aragón, Rioja e Galícia. O epicentro destes conjuntos escultóricos é a Colegiata de San Pedro de Cervatos, situada na Cantábria, com um conjunto de esculturas realmente incrível.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAMulher exibicionista – Colegiata de San Pedro de Cervatos – Cantábria.

Que significado possuem estas curiosas e impactantes esculturas ? Não sabemos realmente qual sentido poderia ter na mente do homem medieval. Os estudiosos da arte  enumeraram algumas hipóteses que podem auxiliar em sua compreensão. Em primeiro lugar, o estilo românico está associado à etapa histórica da Espanha conhecida como a Reconquista. Quando os reinos cristãos conquistavam as terras ocupadas pelos muçulmanos, para que este domínio fosse plenamente consolidado era fundamental seu repovoamento. Desta forma, as esculturas representariam um estímulo à procriação e seu consequente aumento populacional.

OLYMPUS DIGITAL CAMERACasal exibicionista – Colegiata de San Pedro de Cervatos – Cantábria.

Esta necessidade reprodutora se relaciona também com a alta taxa de mortalidade infantil da época, e uma expectativa de vida bastante baixa, em virtude das guerras, epidemias que constantemente assolavam o continente, falta de estrutura sanitária e uma medicina com poucos recursos ante às doenças e enfermedades. A interpretação tradicional diz que estas esculturas representariam avisos contra o pecado da luxúria  e do adultério, castigados pelo fogo do inferno.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAMulher exibicionista – Igreja de la Asunción (Villabermudo – Província de Palencia).

Outra teoria, cada dia mais aceitada pelos estudiosos e que contradiz o estereótipo que temos atualmente da Idade Média, sustenta que a repressão sexual era menor que nos dias de hoje, principalmente no âmbito rural. A atividade sexual era algo natural e cotidiano e menos “ocultável” que agora, de forma que os artistas românicos estariam representando cenas eróticas como parte dos costumes da sociedade medieval, da mesma forma que esculpiam trabalhos e ofícios, cenas de caça, festividades, etc.

OLYMPUS DIGITAL CAMERARelações Sexuais – Ochánduri – Rioja.

OLYMPUS DIGITAL CAMERARelações Sexuais – Igreja de Santa María de Yermo – Cantábria.

Outros temas que aparecem dentro destes conjuntos escultóricos são as mulheres grávidas, cenas de partos e de sexo entre animais. Uma última teoria relacionada com as esculturas se referem aos Cátaros, cuja doutrina foi considerada herética pelo Catolicismo, fato que provocou sua perseguição e desaparecimento. O catarismo se propagou pela Europa nos séculos XI e XII a partir da região do Languedoc, situada no sul da França. Influenciada pelo maniqueísmo, os cátaros pregavam a dualidade entre o bem e o mal e a salvação mediante o acetismo e o desprezo à matéria. O lado espiritual era considerado bom e desejável, em contradição ao material, associado ao mal e ao demoníaco. Portanto, as esculturas representariam uma reação contra a doutrina cátara. A igreja, contando com o apoio da monarquia, e através da Cruzada Albigense, conseguiu debilitar a doutrina cátara (a maior parte de seus principais defensores foram queimados na fogueira), que entrou na clandestinidade e se estinguiu pouco a pouco.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAFalo – Colegiata de San Pedro de Cervatos – Cantábria.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAFalo – Ermida de San Miguel – Campos (Província de Palencia).

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s