Igrejas Variadas do Românico Espanhol

O Estilo Românico na Espanha é rico e variado em suas manifestações artísticas, como vocês têm tido ocasião de comprovar pelos inúmeros posts que estou publicando sobre o tema. Nesta nova publicação, veremos alguns tipos de igrejas curiosas espalhadas pelo território espanhol. Felizmente, se conservaram no país milhares de exemplos de igrejas românicas, sobretudo na metade norte do país. A grande maioria delas segue o padrão de planta de cruz latina. No entanto, existem também as denominadas igrejas de planta centralizada, com um inusual formato circular, caso da Igreja de Santa María de Eunate, situada em Navarra, em pleno Caminho de Santiago.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAIgreja de Santa María de Eunate – Navarra.

Este templo de planta octogonal foi construído no final do século XI e início do XII. A construção deste tipo de igrejas está associada às Ordens Militares, principalmente à Ordem dos Templários, com uma função funerária. Outro exemplo é a magnífica Igreja de Vera Cruz, situada na cidade de Segóvia.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAIgreja de Vera Cruz – Segóvia.

Esta igreja possui 3 ábsides e 12 lados, algo extremamente raro (dodecagonal). Existe uma controvérsia a respeito da ordem militar responsável por sua construção, se foi a Ordem Templária ou então, a Ordem do Santo Sepulcro, por sus semelhança com a Igreja de Santo Sepulcro de Jerusalém. Foi edificada no princípio do século XIII fora das muralhas medievais da cidade, no meio do campo. Atualmente, pertence à Ordem de Malta. Abaixo, vemos uma imagem na qual aparece a igreja e, ao fundo, o impressionante Alcázar de Segóvia, um dos castelos mais belos de toda a Espanha. Na sequência, vemos uma foto do interior da igreja.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAVista da Igreja de Vera Cruz com o Alcázar de Segóvia.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAInterior da Igreja de Vera Cruz de Segóvia.

O Românico Espanhol incorporou as características do estilo, como também contribuiu para seu enriquecimento ao inovar com novas soluções construtivas, caso das denominadas galerias porticadas. Estes espaços multifuncionais foram construídos junto ao muro principal do templo, e comunicado com o exterior mediante um conjunto de arcos apoiados por colunas ou pilares, como podemos ver abaixo na Igreja de San Esteban de Segóvia.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEstas galerias ou átrios se assemelham a um claustro reduzido, e sua incorporação ao edifício não provocou nenhuma alteração em sua estrutura principal. Estas galerias foram utilizadas para todo tipo de eventos cívicos, sociais, políticos e judiciários, bem como local de refúgio diante das inclemências climáticas e inclusive como cemitério. Tiveram uma grande difusão a partir do final do século XII e começo do XIII.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAIgreja de galeria porticada de San Martín – Segóvia.

São abundantes na Comunidade de Castilla y León, principalmente nas Províncias de Segóvia e Sória. O modelo construtivo começou no povoado de San Esteban de Gormaz (Província de Sória), como vemos na igreja abaixo.

San Estaban4Igreja de San Esteban de Gormaz.

Atualmente se realizam escavações arqueológicas na galeria desta igreja, onde foram encontradas tumbas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEscavações Arqueológicas en San Esteban de Gormaz.

Abaixo, vemos outro exemplo de galeria porticada, na Igreja de San Miguel Arcángel, situada no povoado de Sotosalbos, Província de Segóvia.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAIgreja de San Miguel Arcángel – Sotosalbos.

O Caminho de Santiago constituiu uma das principais vias de entrada do Românico na Espanha, como vimos em matérias anteriores. Por este motivo, ao longo do trajeto vemos uma grande quantidade de templos românicos. No final do caminho, já em Galícia, situa-se a Igreja de San Nicolás, localizada no povoado de Portomarín. O curioso desta construção românica é que ela foi desmontada quando em 1962 se construiu uma represa no Rio Miño, exatamente no local ocupado pela igreja originalmente. Para que a igreja fosse salva das águas, suas pedras foram enumeradas para que ocupassem o local preciso em sua nova localização e atualmente se ergue no meio do povoado.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAIgreja de San Nicolás – Portomarín (Galícia).

OLYMPUS DIGITAL CAMERARepresa sobre o Rio Miño – Portomarín.

O Estilo Gótico substituiu o Românico como nova corrente artística a partir do final do século XII. Porém, na Espanha o Estilo Românico continuou sendo empregado nas construções religiosas, principalmente porque as igrejas góticas eram muito caras em seu processo construtivo. Especialmente no âmbito rural, as formas românicas continuaram a ser utilizadas até as primeiras décadas do século XIII, embora as grandes catedrais começavam a ser edificadas no novo estilo. Estas igrejas fazem parte do denominado Românico Rural, e são abundantes no país. Geralmente, se trata de templos modestos, construídos com materiais humildes e populares. Abaixo, vemos um exemplo situado em plena Cordilheira dos Pirineus

OLYMPUS DIGITAL CAMERARomânico Rural no Vale de PinetaPirineus Aragoneses.

Alguns templos, porém, caracterizam-se por criativas incorporações construtivas, como a Ermida de San Pantaleón de Losa, situada num lugar belíssimo da Província de Burgos, uma região conhecida como Las Merindades, que foi matéria de vários posts.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa fachada principal da igreja, vemos a curiosa figura de um atlante e uma coluna decorada com formas em zig-zag. Em uma de suas arquivoltas, o artista anônimo românico inclui um corpo humano dentro de uma espécie de tubo, cujo significado é realmente um mistério…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s