Castelos da Espanha – Paradores Nacionais (Parte 2)

Neste último post sobre a extensa série de matérias sobre os Castelos e Fortalezas da Espanha veremos outros exemplos de fortificações que foram adaptados como hotéis da rede de Paradores Nacionais de Turismo. Um dos principais Castelos da Comunidade da Catalunha encontra-se na cidade de Cardona, situado na Província de Barcelona.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA construção desta impressionante fortaleza medieval se remonta ao século IX, quando no ano 870 o Conde de Urgel, Wilfredo Veloso, ordenou sua edificaçao. Um pouco depois, recebeu os condados de Barcelona, Girona e Besalú.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAPosteriormente, passou a ser propriedade dos Duques de Cardona, que a partir do século XV tornaram-se uma das famílias mais importantes do Reino de Aragón. De grande interesse histórico e arquitetônico é a Igreja de San Vicente de Cardona, que integra o conjunto da fortaleza, e considerada uma dos primeiros templos do Românico Espanhol.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAbaixo, vemos imagens do interior da igreja, destacando sua cripta….

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAParte da construção alberga o Parador Nacional “Duques de Cardona”, que foi eleito pelos usuários do Tripadvisor como um dos 10 melhores castelos da Europa para hospedagem.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA cidade de Benavente, que pertence à Província de Zamora (Comunidade de Castilla y León), conserva parte do imenso castelo que ostentou, e que também acolhe um Parador Nacional.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA fortaleza foi construída no início do século XII, embora tenha sido reformada nos séculos posteriores. Foi propriedade do senhorio dos Pimentel, que recebeu o título de Conde de Benavente. Durante a Guerra da Independência contra os franceses (começo do século XIX), o castelo foi destroçado. Apesar disso, conservou a denominada Torre de los Caracoles, do século XVI. Possui uma planta retangular, com cubos nas esquinas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA seguir, vemos fotos do interior do Parador Nacional de Benavente

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAAlgumas dependências preservaram seu maravilhoso teto decorado com artesanato de madeira…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA seguir, vemos a entrada ao Parador…

OLYMPUS DIGITAL CAMERACom o progresso da tecnologia militar e os armamentos, os castelos tornaram-se construções inseguras, e deixaram de ser construídos a partir do século XVI. No final do século XIX, dentro do contexto da corrente romântica, voltaram a fazer parte da paisagem espanhola, inspirados nos antigos castelos medievais, como o que vemos abaixo, situado na Província de Burgos (Comunidade de Castilla y León).

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAEspero que vocês tenham gostado deste conjunto de matérias sobre os Castelos e Fortalezas da Espanha, e a incrível variedade existente no país deste tipo de construções defensivas e residenciais, próprias de uma época fundamental na história do continente europeu e um dos seus símbolos mais reconhecíveis, a Idade Média.

Anúncios

Castelos da Espanha – Paradores Nacionais

Uma experiência altamente recomendável para todos (as) aqueles (as) que visitam a Espanha é hospedar-se na rede de hotéis dos Paradores Nacionais. Esta cadeia hoteleira caracteriza-se por aproveitar construções históricas como sede de seus estabelecimentos. Sempre que visito alguma cidade do país, aproveito para conhecer um Parador Nacional e contemplar suas dependências, nem que seja apenas para tomar um cafézinho em seus restaurantes. Palácios, Conventos e Monastérios antigos foram adaptados para a instalação de hotéis da rede, como também os inumeráveis Castelos existentes por todo o território espanhol. Nesta última parte sobre os Castelos da Espanha, dividida em duas matérias, conheceremos alguns exemplos de fortalezas que acolhem Paradores Nacionais. O Castelo de Oropesa, situado na Província de Toledo (Comunidade de Castilla La Mancha) é um dos mais antigos em sediar um Parador Nacional, inaugurado em 1930.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAEste castelo, construído entre os séculos XII e XIII, foi a residência de Álvarez de Toledo, Conde de Oropesa. Foi reformado nos séculos XV e XVIII e seu aspecto de fortaleza é realmente maravilhoso. Abaixo, vemos a Torre del Homenaje, entre as casas da cidade…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAPossui um belo Pátio de Armas, local onde se desenvolvem atividades culturais e que constitui a parte central do castelo, servindo de eixo para a distribuição das várias dependências da fortaleza.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA Abaixo, vemos uma de suas torres, com a paisagem castelhana ao fundo…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAConforto, bom gosto decorativo (com objetos relacionados a vida e história dos antigos castelos), charme e uma oferta gastronômica de primeiro nível são algumas das características dos Paradores Nacionais. Um dos hotéis mais exclusivos da rede situa-se na belíssima cidade de Sigüenza (Província de Guadalajara, Comunidade de Castilla La Mancha), que preserva boa parte de sua estrutura medieval.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO hotel foi instalado num antigo palácio fortificado construído no século XII sobre uma anterior fortaleza muçulmana, que pertenceu aos bispos da cidade até o século XIX.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAEste Parador Nacional foi inaugurado em 1972,  e vale a pena conhecê-lo para admirar a história do edifício e usufruir de suas comodidades.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOutro castelo pertencente à Comunidade de Castilla La Mancha que acolhe um Parador Nacional é o Castelo de Alarcón, considerado um dos conjuntos fortificados mais importantes da Província de Cuenca.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEsta fortaleza encontra-se localizada sobre o alto de uma formação rochosa rodeada pelo Rio Júcar, que atua como um fosso natural. Parece que sua origem está relacionado com uma antiga fortaleza muçulmana, e foi propriedade do Marquês de Villena, dono destas terras em séculos passados. Por este motivo, o hotel recebeu seu nome…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERACiudad Rodrigo é uma cidade da Província de Salamanca (Comunidade de Castilla y León) que conserva um importante patrimônio histórico. O chamado Castelo de Enrique II de Trastámara constitui uma de suas principais atrações.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAConstruído no século XIV, em 1929 passou a integrar a Rede de Paradores Nacionais da Espanha, o que o converte num dos mais antigos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA rede administra 95 hotéis espalhados pelo país, e desde 2015 possui também uma franquia em Portugal. Abaixo, vemos algumas imagens do Parador Nacional de Ciudad Rodrigo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

Outros Castelos da Espanha

Nesta matéria veremos outros Castelos da Espanha de grande importância histórica. Um dos melhores castelos do norte da Espanha encontramos na cidade de Castro Urdiales, situada na Comunidade de Cantabria.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEsta vila costeira possui um encanto especial, pois sua parte velha encontra-se junto ao mar, estando formada pelo Castelo de Santa Ana, a Igreja de N.Sra de la Asunción e uma ponte, de estilo gótico.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Castelo de Santa Ana foi construído a partir do século XII, sendo considerado um dos mais conservados da comunidade. Possui uma planta pentagonal com torres cilíndricas. Curiosamente, em seu interior foi colocado um farol, inaugurado em 1853.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERADesde o castelo, as vistas da cidade são espetaculares…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAlguns Castelos e Fortalezas da Espanha foram propriedades eclesiásticas, como o Castelo de Torija, situado na Província de Guadalajara, Comunidade de Castilla La Mancha.

DSC07841Construído no século XIV, seu primeiro proprietário e provavelmente construtor foi Alonso Fernández Coronel, que ocupou importantes cargos durante o reinado de Alfonso XI. Depois, passou a ser propriedade do Arcebispo de Toledo Pedro González de Mendoza no século XV.

DSC07846O castelo está localizado no centro da cidade, em excelente estado de conservação. Possui uma planta quadrada com 3 torres circulares, além da Torre del Homenaje, também de formato quadrado. No Pátio de Armas do castelo funciona um Centro de Interpretação relacionado aos atrativos turísticos da Província de Guadalajara.

DSC07852Em sua Torre del Homenaje podemos visitar um museu dedicado a um livro escrito por Camilo José Cela (1916/2002), congratulado com o Prêmio Nobel de Literatura em 1989. O livro se intitula “Viaje a la Alcarria“, e nele o escritor narra suas andanças pela Comarca de La Alcarria, onde se encontra a cidade de Torija. Provavelmente, trata-se de o único museu do mundo dedicado apenas a um só livro…Abaixo, vemos uma parte do interior do castelo, e a obra de adaptação do mesmo para sediar os vários centros culturais existentes no interior.

DSC07830Finalizamos a matéria com uma das Fortalezas mais incríveis da Espanha, o Castelo de Coca, situado nesta cidade da Província de Segóvia (Comunidade de Castilla y León).

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEste castelo é considerado uma das melhores amostras do estilo gótico-mudéjar de todo o país. Foi edificado principalmente com tijolos por mão de obra mourisca, que utilizaram o material também como elemento decorativo, característica do estilo mudéjar.

OLYMPUS DIGITAL CAMERASeu sistema defensivo consta de duas partes cercadas por muralhas, compostas por pequenas torres e um fosso.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Castelo de Coca foi construído pelo Bispo de Ávila e Arcebispo de Sevilha Don Alonso de Fonseca a partir de 1453, depois da permissão dada pelo Rei Juan II para sua construção.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO castelo conserva excelentes amostras de pintura mudéjar, que podemos observar em seu interior…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA seguir, a Torre del Homenaje

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA última parte da matéria sobre os Castelos e Fortalezas da Espanha estará dedicada aos castelos que foram adaptados como hotéis da rede dos Paradores Nacionais, e que veremos no próximo post…

Castelos Reais da Espanha – Parte 3

Neste último post sobre os Castelos Reais da Espanha, veremos duas fortalezas de grande importância histórica e arquitetônica, ambas denominadas Alcázares Reais.  Integram o excepcional patrimônio histórico-artístico das cidades onde de encontram, Toledo e Segóvia, declaradas Patrimônio da Humanidade pela importância e conservação de seu centro histórico. O Alcázar de Toledo (Comunidade de Castilla La Mancha) está situado na parte mais elevada da cidade castelhana.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAVestígios arqueológicos encontrados confirmam que o local esteve fortificado desde a época romana, quando a cidade foi fundada com o nome de Toletum, palavra que significa colina elevada, uma referência à própria geografia de Toledo. No período muçulmano, uma outra fortaleza se levantou no mesmo local, que foi ampliada pelos reis cristãos após a cidade ter sido reconquistada pelo Rei Alfonso VI no final do século XI.

20160425_165434O atual Alcázar de Toledo foi construído no século XVI durante o reinado de Carlos I como residência real, quando o monarca trouxe a capital do reino a Toledo. O projeto construtivo se deve aos arquitetos Alonso de Covarrubias e Juan de Herrera, ambos referências do Renascimento Espanhol.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA fortaleza foi utilizada como prisão real, quartel militar e sede de uma Academia de Infantaria. Sofreu, ao longo dos séculos, vários incêndios, como os ocorridos durante a Guerra de Sucessão Espanhola (1710), na Guerra da Independência contra os franceses, no início do século XIX, e outro em 1887.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADurante a Guerra Civil do século XX (1936/1939), o Alcázar de Toledo foi praticamente destruído pelas tropas republicanas. A resistência dos nacionalistas, que se encontravam no interior do edifício, foi usada como propaganda política pelos integrantes do grupo comandado pelo General Franco. O Alcázar foi reconstruído a partir dos anos 40. Atualmente é a sede da Biblioteca de Castilla La Mancha e também do Museu do Exército. Vemos abaixo o grande pátio interior do Alcázar de Toledo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Alcázar de Segóvia (Comunidade de Castilla y León) é, indiscutivelmente, uma das mais belas fortalezas da Espanha. Ergue-se soberano no alto de um grande rochedo, e sua vista é espetacular de qualquer ângulo, como o que vemos abaixo, junto com a românica Igreja de Vera Cruz.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Alcázar de Segóvia é um típico castelo de contos de fada, daqueles que imaginamos quando lemos um livro sobre as histórias de reis e princesas da Idade Média

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOs primeiros documentos que comprovam sua existência datam do século XII, embora se acredita que haviam edifícios de períodos anteriores. Durante a Idade Média converteu-se na residência favorita de muitos monarcas castelhanos, e foi remodelado várias vezes.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADele partiu Isabel la Católica para ser coroada Rainha de Castilla (1474) na Igreja de San Miguel, situada no Centro Histórico de Segóvia, como vemos na pintura abaixo, que podemos contemplar no interior do Alcázar.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAbaixo, vemos a Torre del Homenaje do castelo, construída durante a época do Rei Juan II no século XV e as coberturas de pizarra (ardósia) que foram colocadas durante o reinado de Felipe II no século XVI.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADurante o reinado de Carlos III, o Alcázar de Segóvia tornou-se a sede do Real Colégio de Artilharia, em 1762. Cem anos depois, um terrível incêndio destruiu o interior da fortaleza, que pôde ser reconstruída da mesma forma graças às gravuras existentes. A visita ao interior do Alcázar nos permite admirar suas várias dependências, com destaque para suas inúmeras e magníficas coberturas…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO Alcázar de Segóvia possui também uma excelente coleção de armas e armaduras…

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa próxima matéria sobre os Castelos e Fortalezas da Espanha, veremos alguns exemplos de edifícios construídos que pertenceram ao clero.

Castelos Reais da Espanha – Parte 2

Seguindo com esta extensa matéria sobre os Castelos e Fortalezas da Espanha, no post de hoje veremos outros exemplos de fortificações que foram propriedades reais. Um dos principais castelos do país, o Castelo de la Mota situa-se na cidade de Medina del Campo (Província de Valladolid, Comunidade de Castilla y León).

OLYMPUS DIGITAL CAMERASeu nome se deve a que foi edificado sobre um cerro ou mota. Foi inicialmente construído pela família dos Fonseca no século XV, sob mandato do Rei Juan II de Castilla, sobre os restos de uma fortaleza muçulmana anterior do século XII.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa época dos Reis Católicos, o Castelo de la Mota transformou-se num dos melhores castelos europeus, com um complexo sistema defensivo, formado por fosso, baluartes, torres e muralha. Sua Torre de Homenaje é a mais alta da comunidade, com 40 m de altura.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa fortaleza viveu durante vários anos Juana La Loca (1479/1555), filha dos Reis Católicos e mãe do Imperador Carlos I. Foi apelidada de louca por sua suposta doença mental, alegada tanto pelo pai quanto pelo filho, com a intenção de afastá-la do trono, sendo encerrada num palácio de Tordesilhas, onde faleceu depois de 46 anos de reclusão forçada.  Abaixo, vemos o aparato defensivo do castelo…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAUma foto do pátio interior do castelo…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEntre os Castelos e Fortalezas da Espanha, destacam os denominados Alcázares, palavra de origem árabe que significa “Palácio Fortificado“. Como o próprio nome indica, o Real Alcázar de Córdoba (Comunidade de Andalucía) pertenceu aos monarcas desde sua construção no século XIV, também sobre uma anterior fortaleza muçulmana, durante o reinado de Alfonso XI.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEste maravilhoso edifício encontra-se em pleno Centro Histórico de Córdoba, declarado Patrimônio da Humanidade pela Unesco, e sua visita interior é obrigatória, por possuir esplêndidos jardins.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERADesde este palácio, os Reis Católicos organizaram a investida que culminaria com a Conquista de Granada, o último reduto muçulmano da Península Ibérica, em 1492. Neste mesmo ano, o navegante genovês Cristóvão Colombo descobre o continente americano, cujo projeto e expedições haviam sido financiados pelos Reis Católicos. A seguir, vemos uma estátua na qual aparecem o casal real Fernando e Isabel e o explorador.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAReal Alcázar de Córdoba converteu-se também na sede do Tribunal da Inquisição. Na visita que se realiza pelo interior, podemos conhecer as diferentes partes do palácio e admirar mosaicos romanos originais, como vemos em uma de suas salas…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAFinalizo a matéria com outras fotos de seus magníficos jardins…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA

Castelos Reais da Espanha

A partir deste post veremos alguns exemplos de Castelos que pertenceram aos monarcas dos diversos reinos que formavam a Espanha de épocas passadas. Na Ilha de Mallorca, uma das quatro que compõem a Comunidade Marítima das Ilhas Baleares, um de seus principais destaques é o Castelo de Bellver, situado em sua capital e maior cidade, Palma de Mallorca. Possui um inusual formato circular, único na Espanha.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEsta fortaleza foi construída pelo Rei Jaime II de Mallorca no século XIV, combinando as funções defensivas e residenciais, e utilizando-o como sede da corte durante seu reinado. Foi também utilizado como refúgio por Pedro IV de Aragón no mesmo século, durante uma epidemia de peste que assolou o continente.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUm de seus principais elementos é a Torre de Homenaje, de forma circular, como vemos nas imagens acima. O Castelo de Bellver foi usado também como prisão…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERANa Comunidade de Aragón, o Castelo de Loarre constitui uma de suas principais fortalezas. Localizado na Província de Huesca, foi construído por ordem do Rei Sancho III El Mayor no século XI.

DSC05328Este magnífico castelo foi edificado na rocha onde se assenta, e conserva toda sua estrutura original.

DSC05317De fato, o Castelo de Loarre é considerado um dos castelos de estilo românico melhor conservado de toda a Europa, e foi cenário de várias produções cinematográficas, como o filme “Reino dos Céus“, dirigido por Ridley Scott em 2005. No final do século XIII se construiu sua muralha defensiva.

DSC05288Na Comunidade de Castilla y León, Província de Ávila, o Castelo de Arévalos é um exemplo de castelo nobre que passou com o tempo a ser propriedade real. Sua construção foi ordenada pelo Duque de Béjar, Don Álvaro de Zuñiga, no século XV.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADepois o Castelo de Arévalos tornou-se uma propriedade dos Reis Católicos, sendo que Isabel la Católica passou sua infância nesta fortaleza. No século XVI transformou-se em penitenciária, e nele esteve detido o Príncipe de Nassau, Guilherme de Orange. Posteriormente foi utilizado como cemitério…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Castelo de Peñafiel é um dos mais impressionantes da Província de Valladolid (Comunidade de Castilla y León) e considerado uma das maiores fortalezas medievais da Espanha.

OLYMPUS DIGITAL CAMERASua forma estreita e alongada lhe confere um aspecto semelhante à proa de um grande barco. Foi edificado a partir do século X, ainda que seu aspecto atual se deve às reformas realizadas no século XV por Don Pedro Girón, mestre da Ordem de Calatrava.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANele nasceu o Príncipe de Viana, filho do Rei Juan II de Aragón e da Rainha Blanca de Navarra.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAAtualmente, o Castelo de Peñafiel é a sede do Museu Provincial do Vinho

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOutra fortaleza cuja construção foi ordenada por um nobre e que transformou-se em Castelo Real podemos ver na Comunidade de Madrid, o Castelo de Villaviciosa de Odón.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAConstruído no século XV pelos Condes de Chinchón, no século XVIII foi adquirido pelo Rei Felipe V, que o entregou a seu filho, o Infante Luís. Depois foi a residência do Rei Fernando VI, que habitou o castelo após a morte de sua esposa Bárbara de Bragança, e nele veio a falecer em 1759. Hoje em dia, o Castelo de Villaviciosa de Odón é a sede de uma arquivo histórico.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Castelos da Espanha – Ordens Militares

Na Espanha existem vários Castelos e Fortalezas que, no passado, pertenceram às Ordens Militares que surgiram no decorrer da Idade Média. Muitas destas instituições religiosas e militares originaram-se durante a Reconquista Espanhola, com a finalidade de recuperar as terras ocupadas pelos muçulmanos e fortalecer a fé cristã. Boa parte delas foram fundadas no século XII no antigo Reino de Castilla e algumas tiveram um papel preponderante nas batalhas travadas contra os exércitos mouros, alcançando um grande poder político e econômico que as converteram em proprietárias de enormes extensões de terra. As denominadas Cruzadas, as guerras santas disputadas contra os infiéis muçulmanos, propiciaram o surgimento das Ordens Militares, além da necessidade de desenvolver a economia dos reinos europeus e da política de renovação e fortalecimento apoiadas pelos papas da época. Seus membros eram soldados e religiosos, de forma simultânea, denominados soldados de Cristo.

DSC03528Na Espanha Medieval conviveram várias ordens distintas, algumas autóctonas do país,  outras oriundas do estrangeiro. As principais Ordens Militares do país foram as Ordens de Calatrava, a de Santiago, a de Alcântara e a de Montesa. A Ordem de Santiago, por exemplo, foi fundada em Cáceres (atual Comunidade de Extremadura) no ano 1170, com a finalidade de proteger os peregrinos que se dirigiam à Santiago de Compostela para venerar o sepulcro do Apóstolo Santiago. Seus membros seguiam as normas de conduta da Regra de Santo Agostinho, que estabelecia os votos de castidade, pobreza e obediência. Sua participação mais celebrada ocorreu na decisiva Batalha de Navas de Tolosa ocorrida em 1212, que possibilitou o avance cristão contra as terras ocupadas pelos muçulmanos no sul da Espanha. Algumas das fortalezas que hoje em dia vemos pelo país pertenceram à Ordem de Santiago, como o Castelo de Fuentidueña del Tajo, situado na Comunidade de Madrid.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAFoi erguido sobre uma fortaleza de origem muçulmana e no século XV foi cedido à Ordem de Santiago. Uma pena que atualmente se encontra em ruínas…

OLYMPUS DIGITAL CAMERABem próximo ao povoado de Fuentidueña del Tajo, outro município acolhe outra fortaleza que pertenceu à Ordem de Santiago, o Castelo de Villarejo de Salvanés. Se conserva apenas sua Torre de Homenaje, um caso único deste tipo de construçao defensiva pela disposição em apresentar três cubos em suas laterais. Foi a residência dos comendadores da Ordem de Santiago e sede do Tribunal Especial das Ordens Militares.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA chamada Ordem dos Templários, a mais universal de todas, foi fundada em 1118 ou 1119 por nove cavaleiros franceses liderados por Hugo de Payns, logo após o término da primeira cruzada. Foi considerada a ordem mais rica e poderosa da Idade Média, e inúmeras lendas surgiram a respeito de suas riquezas e o destino das mesmas. Surgiu com o objetivo de proteger os peregrinos que visitavam os lugares santos de Jerusalém e se converteu na responsável pelo modelo de conduta que passou a reger as demais Ordens Militares. Da mesma forma que ocorreu em outros países europeus, na Espanha a Ordem dos Templários teve uma enorme importância. Um dos castelos que se tornaram propriedades da ordem foi o Castelo de Peníscola, belíssima cidade costeira situada na Província de Castellón, Comunidade Valenciana.

DSC00705De origem muçulmano, em 1233, durante o reinado de Jaime I, passou a pertencer aos monarcas cristãos e foi cedido à Ordem dos Templários em 1294. Em 1319 tornou-se propriedade da Ordem de Montesa e em 1411 foi entregue ao Papa Luna, Benedito XIII, época em que Peníscola transformou-se em sede pontifícia.

DSC00709DSC00715Localizado na cidade de Toledo, o Castelo de San Servando foi fundado inicialmente como um monastério no século XI pelo Rei Alfonso VI, quem o cedeu à Ordem dos Templários, sendo transformado num Alcázar para deter a ameaça muçulmana.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA fortaleza espanhola mais vinculada à Ordem dos Templários é o Castelo de Ponferrada, situado na Província de León, Comunidade de Castilla y León.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAConsiderado um dos maiores Castelos da Espanha , encontra-se situado em pleno Caminho de Santiago.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEste imponente e belo castelo pertenceu à Ordem dos Templários desde 1178 até sua dissolução no início do século XIV.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA