Catedral de Zamora

A catedral de Zamora, cidade situada na comunidade de Castilla y León,
está dedicada ao Salvador, e é uma  das poucas catedrais espanholas que podem ser incluídas como de estilo românico.
Foi construída num local privilegiado, ao lado do castelo, e foi financiada por Alfonso VII “el emperador”.
O templo foi levantado tão somente em 23 anos, algo inusual nas construções religiosas medievais. A rapidez com que foi feita se traduz numa unidade estilística pouco freqüente, bem como em sua extrema austeridade decorativa.
O maestro de obra, que projetou e dirigiu a construçao é anônimo, como habitual, e, provavelmente, era francês.
Imagem

De seus elementos constituintes, o de maior destaque, sem dúvida, é o cimborio, de clara influência bizantina. Serviu de inspiração para outros similares, como ocorre na catedral velha de Salamanca e na colegiata de Toro. Realizado no séc.XII.

Imagem

A porta do Bispo é a única que se manteve originalmente intacta, das 3 que haviam.
Se podem observar as figuras de São Paulo e São João à esquerda e, na direita, se representa à Virgem com o menino Jesus sentado no joelho.
Imagem

A torre do Salvador, também românica, se construiu no séc.XIII.

Imagem

A igreja é de planta latina, com 3 naves.

Abaixo, vemos o cimbório desde o interior e o órgao.Imagem

Imagem

O trascoro se caracteriza pelas elegantes linhas e proporçoes.

Imagem

A catedral foi declarada monumento Nacional em 1889.

.