Palácios de Antequera

A partir do séc. XVI, além da grande quantidade de instituições religiosas que se assentaram em Antequera, começaram a ser construídos também inúmeros palácios para a nobreza local. Neste post, veremos alguns deles. O Palácio dos Marqueses de la Peña de los Enamorados foi erguido a partir de 1574.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAModelo de fortaleza urbana, caracteriza-se pela austeridade de sua fachada exterior, com duas torres que servem de mirante nas esquinas do palácio. Apresenta um certo aspecto de construção mudéjar. Durante sua visita à cidade em 1862, a rainha Isabel II e o então Príncipe de Astúrias Alfonso XII se hospedaram neste palácio. No séc. XX, passou por uma grande reforma e ampliação para tornar-se a sede de um colégio interno dos padres carmelitas. No interior, vemos um belo pátio formado por colunas toscanas, reformado durante as últimas obras de restauração, e uma fonte central.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO séc. XVIII foi um período de grande atividade construtiva para as classes elitistas de Antequera, e muitos palácios foram sendo levantados. A Casa de Don Trinidad de Rojas, historiador e poeta da cidade, foi erguida nos primeiros anos do século. Possui três andares, cada qual com suas respectivas janelas. Os vãos do térreo e do andar principal foram adornados com frontoes triangulares característicos da arquitetura civil da cidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUm dos mais importantes Palácios de Antequera pertenceu ao Marquês de Villadarías. Construído entre 1711 e 1716, destaca-se pela monumentalidade e tamanho de sua fachada.

OLYMPUS DIGITAL CAMERASua construção foi ordenada por D.Francisco del Castillo y Fajardo, capitão geral do exército de Andalucía e Valencia durante o reinado de Felipe V, e condecorado com o título de Marquês de Villadarías. Em suas dependências foram acolhidos diversos personagens reais, como o próprio Felipe V, Fernando VI e o francês José Bonaparte.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANuma das vezes que passei diante do edifício, encontrei a porta aberta e pude olhar rapidamente pelo grande pátio de colunas do interior e tirar algumas fotos…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERADe 1715 é o Palácio do Marquês de Villanueva del Castillo. Apesar do nome, foi construído pelo Marquês de Santisteban, cujo escudo vemos na fachada.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAPosteriormente, foi adquirido pelo Marquês de Villanueva. A fachada se caracteriza pelo emprego do tijolo e da pedra calcária, que decora a porta e o andar principal do palácio. Cada andar da estrutura possui menor altura que o imediatamente inferior.

OLYMPUS DIGITAL CAMERATambém feito de tijolo e pedra calcária, a Casa do Barão de Sabasona foi levantada entre 1722 e 1724. Com 5 eixos e três andares, foi projetado pelo arquiteto Alejandro José de Vegas. Como elemento decorativo principal vemos os frontoes, que ao invés de serem triangulares como de costume, adotou o Arco Conopial, típico da arquitetura gótica. Depois que a família proprietária abandonou o palácio, foi utilizado com várias finalidades e atualmente está ocupado por um colégio público.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAFinalizamos a matéria com um palácio que, provavelmente, foi completamente reformado, adquirindo um aspecto moderno. Mas esta afirmação é mera suposição, pois não consegui encontrar nenhum dado sobre o imóvel….

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Anúncios

Colegiata de Santa Maria – Úbeda

Nao bastasse seus magníficos edifícios públicos e a Sacra Capela do Salvador do Mundo, na Plaza de Vázquez de Molina situa-se também o templo mais importante de Úbeda, a Colegiata de Santa María de los Alcázares. A igreja ocupa o mesmo local da antiga mesquita da cidade. Depois de reconquistada em 1234 por Fernando III, transformou-se em templo católico, como tantas vezes ocorreu na história espanhola.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADesde o séc. XIV, a igreja sofreu inúmeras reformas, motivo pelo qual carece de unidade arquitetônica. Seu aspecto original possuía um caráter de fortaleza, estando adossada aos muros do antigo Alcázar, derrubado pelos Reis Católicos no séc. XV. No século seguinte, foram realizadas as reformas mais importantes do templo, que lhe conferiram a forma que vemos atualmente. A fachada principal, que vemos acima, possui duas colunas de estilo coríntio de cada lado. Em sua parte central, vemos as estátuas de Isaías e Moisés e o grande relevo representando a Adoraçao dos Pastores.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm 1888, foram construídas as duas espaldanas (estrutura superior da fachada principal, que vemos na primeira foto acima), que substituiram a primitiva torre campanário. A outra porta da Colegiata de Santa Maria chama-se Portada de la Consolada, com destaque para uma imagem da Virgem Maria e o Menino Jesus, acompanhada pelo escudo do bispo Sancho De Ávila, promotor das reformas do templo no séc. XVI.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO interior está composto por 5 naves separadas por Arcos Ojivais.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO Coro desapareceu na Guerra Civil e das 32 capelas existentes, se conservam 16. A mais importante é a Capela Maior, local em que, segundo a tradiçao, foi realizada a primeira missa na cidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA capela está presidida pelo Cristo dos 4 Cravos, uma imagem do séc. XV realizada numa postura retorcida.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa cúpula, de estilo barroco, vemos representados os 4 Evangelistas em cada uma de suas esquinas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA denominada Capela de Yedra é a segunda em importância, depois da Capela Maior. O seu destaque fica por conta da excepcional reja policromada. Nela, observamos cenas como o abraço entre Sao Joaquim e Santa Ana, acompanhados por anjos e pastores. Na parte superior, vemos a Árvore de Jessé, que nos mostra a Genealogia de Cristo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa Capela Batismal, podemos contemplar uma Pia Batismal gótico-mudéjar do séc. XV.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOutra capela interessante é a do Cristo da Caída, com uma escultura de um dos grandes artistas do séc. XX na Espanha, Mariano Benlliure.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA porta de acesso à Sacristia fazia parte da antiga Capela de la Merced. Esta belíssima porta possui duas partes. A superior é gótica, com um grande Arco Conopial e as imagens de Sao Joao, Sao Paulo e a Virgem. A Inferior é barroca, com uma Arco de Meio Ponto e um tímpano decorado com um relevo do Escudo da Colegiata.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa sequência, uma foto da Sacristia

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOutro elemento destacável é o Claustro Gótico. De finais do séc. XV., possui um curioso formato de trapézio irregular. Ao seu redor, se abrem várias capelas funerárias e um pátio, parte integrante da antiga mesquita.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERACom esta matéria, finalizo a “viagem” às cidades irmas de Baeza e Úbeda, mas a Província de Jaén ainda nos reserva muitas surpresas, como sua capital provincial, que em breve veremos no blog. Como dizem os espanhóis, un saludo a todos (as) que visitam o blog, até a próxima !!!!!.

Catedral de Ciudad Rodrigo

Um dos monumentos mais destacáveis da cidade, a Catedral de Ciudad Rodrigo está dedicada a Santa Maria. Já no séc. XIX, precisamente em 1899, foi declarada Monumento Nacional, por sua importância histórica e pelas obras de arte que guarda em seu interior.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA Catedral de Santa Maria de Ciudad Rodrigo foi construída a partir do séc. XII, durante o reinado de Fernando II de León, inserindo-se dentro do contexto estético do denominado estilo românico, em sua fase final (Românico tardio). No entanto, o aspecto que vemos atualmente é fruto de diversas reformas e ampliaçoes realizadas ao longo dos séculos. A parte externa do templo conserva, em grande medida, sua construçao original, com exceçao de uma de suas fachadas, levantada no séc. XVI, que vemos abaixo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAAs outras duas portas de acesso ao templo foram levantadas durante a fase inicial da construçao da igreja. A Porta de Amayuelas, por exemplo, foi construída no séc. XIII. No século seguinte foi colocado o rosetón que vemos acima da porta, sobre um tipo de arco chamado Conopial.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA Porta das Cadenas é a mais importante sob o ponto de vista artístico, graças a uma série de esculturas que a adornam.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa parte superior da porta, vemos 5 esculturas construídas em torno ao ano 1200. No centro, o Salvador, franqueado por Sao Joao, Sao Pedro, Sao Paulo e Santiago.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa foto acima, vemos a Sao Pedro no lado esquerdo (com um de seus principais atributos, as chaves) e Sao Paulo na direita ( com a Bíblia que o identifica com um dos principais evangelizadores do cristianismo). No centro, Cristo Salvador. Um pouco mais acima, vemos um conjunto escultórico gótico, esculpido aproximadamente em 1230, representando a 12 personagens do Antigo Testamento.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa lateral da Porta das Cadenas foi talhada uma escultura da Virgem Maria, segurando o Menino Jesus.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA torre foi erguida séculos depois do início da construçao (séc. XVIII), pelo arquiteto Juan de Sagarbinaga.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERANa sequência, uma foto geral da catedral, a partir do ábside.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANos próximos posts, veremos o interior desta belíssima catedral….

Casas de Segóvia – Parte 2

Muitos mirantes da cidade nos proporcionam belas vistas das Casas de Segóvia.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa Idade Média, as construçpoes típicas da nobreza estavam formadas por um palácio e uma imponente torre a ele adossado, como mostra de seu poder e influência. Um exemplo é a Torre de Arias DÁvila (mediados do séc. XV), cujo proprietário foi o contador e escrivao do rei Enrique IV. Dessa forma, os palácios se converteram em autênticas fortalezas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA Torre de Lozoya é outro exemplo de palácio fortificado medieval. Seu nome se originou do proprietário Marquês de Lozoya, que adquiriu o imóvel formado pelo palácio e torre no séc. XVIII.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAlgumas casas possuem um nome curioso, como esta, cuja denominaçao é uma referência ao século em que foi construída.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEsta casa tornou-se conhecida pelos belos elementos góticos que apresenta, como os chamados Arcos Conopiais, que vemos em sua parte superior. Sua funçao prática principal era de local de secagem dos panos de la, numa época em que a industria textil começou a tornar-se o motor do desenvolvimento de Segóvia.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADe finais do mesmo século é o Palácio do Conde de Alpuente, uma excepcional amostra da arquitetura civil de finais do séc. XV. As janelas possuem ricos detalhes góticos, que vemos na sequência.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERABelas também sao as casas construídas no estilo eclético, abundantes pela cidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOutras construçoes caracterizam-se pelos curiosos elementos de sustentaçao.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAAlgumas residências se destacam pelos adornos florais, ou entao por pinturas que embelezam sua fachada.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAMuitos imóveis foram residências de personagens ilustres da cultura espanhola e foram transformados em museu. Este é o caso da Casa-Museu Antônio Machado, poeta espanhol de grande importância na primeira metade do séc. XX. Machado viveu em Segóvia de 1919 a 1932, e desevolveu um amplo trabalho como dinamizador cultural da cidade, além de incrementar sua própria carrera literária nos anos passados nela.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANos próximos posts conheceremos as denominadas Casas Esgrafiadas, uma das grandes atraçoes da cidade, e um símbolo representativo da decoraçao mural da Província de Segóvia.