Românico Espanhol – Arquitetura

No post de hoje veremos o Estilo Românico na Espanha em relação a arquitetura e seus principais elementos construtivos. Como já comentei, a arquitetura românica é fundamentalmente religiosa, com as igrejas e monastérios (mosteiros, em português) como construções predominantes. Quando entramos num templo românico, observamos que encontram-se cobertos por uma cúpula abovedada, feita de pedra,…

Igreja de Santa María de Melque

No século V dC, ocorre a queda do Império Romano, cujo desenlace final foi provocado pela invasao dos chamados povos bárbaros. Na Espanha, vários deles se assentaram no território da antiga Hispania, como os Suevos, Vândalos, etc. No entanto, os povos que acabaram conquistando os demais e estabeleceram um reino cuja capital foi Toledo eram…

Igreja de San Francisco de Borja – Madrid

Situada na Calle Serrano, a Igreja de San Francisco de Borja, apesar de não fazer parte das tradicionais rotas turísticas da cidade, possui seu encanto e importância histórica. Este templo foi levantado para a Companhia dos Jesuítas e projetado pelo arquiteto Francisco de Assis Fort entre 1946 e 1950. De estilo neobarroco, apresenta em sua…

Claustro Românico do Monastério de Silos

Estamos diante de uma obra prima do Românico Espanhol. O Claustro do Monastério de Silos é considerado um dos conjuntos mais belos de toda a Arte Românica, tanto por sua esbelta arquitetura, quanto pelo notável conjunto escultórico que possui. Composto por dois níveis de galerias, o Claustro de Silos é um quadrilátero irregular, pois seus…

Colegiata de Santa Maria – Úbeda

Nao bastasse seus magníficos edifícios públicos e a Sacra Capela do Salvador do Mundo, na Plaza de Vázquez de Molina situa-se também o templo mais importante de Úbeda, a Colegiata de Santa María de los Alcázares. A igreja ocupa o mesmo local da antiga mesquita da cidade. Depois de reconquistada em 1234 por Fernando III,…

Mudéjar Toledano

Em 1085, Toledo, conhecida como a Cidade das 3 Culturas graças à presença de cristaos, árabes e judeus e centro eclesiástico da Espanha, foi reconquistada pelo rei de Castilla y León Alfonso VI. Séculos de dominaçao árabe haviam terminado e, a partir de entao, muitas mesquitas e sinagogas se converteram em templos católicos, como a…

A Muralha de Segóvia – Parte 2

A Muralha de Segóvia foi construída mediante técnicas tradicionais, principalmente com alvenaria, e aproveitando-se a cal e a areia como argamassa. Para preencher os espaços entre as pedras, foram usados barro e restos de cerâmica. Os tipos principais de pedras utilizadas foram a calcárea e o granito, além do tijolo como material decorativo. A muralha…

Jardin del Príncipe – Segunda Parte

No  extremo oriental do Jardin del Príncipe de Aranjuez localiza-se a Casa do Labrador, um palacete neoclássico construído a finais do séc. XVIII durante o reinado de Carlos IV. A construçao foi realizada segundo o projeto do arquiteto real Juan de Villanueva. No entanto, seu aspecto final se deve a Isidro González Velázquez, que dotou…

Mesquita de Bab Al-Mardum – Toledo

Das 10 mesquitas que haviam em Toledo no período islâmico, a Mesquita de Bab Al-Mardum é a mais importante conservada atualmente. Na época de sua construçao, era um pequeno oratório orientado à Meca, para uso daqueles que chegavam ou saiam da cidade. Trata-se de um dos monumentos mais complexos de toda Espanha, possuindo evidências que…

Arévalo – Cidade Mudéjar (Segunda Parte)

Apesar da existência de elementos comuns, o estilo Mudéjar não é unitário, apresentando peculiaridades em cada região onde se desenvolveu. Por isso, existem diferenças entre o Mudéjar Toledano, o Aragonês, o Castelhano, etc. No antigo Reino de Castilla, o êxito e a difusão desta corrente artística, num território dominado pelo estilo Românico (séc. XI ao…