Museu da Construção Naval – Ferrol

A tradição marítima de Ferrol pode ser melhor conhecida nos dois museus da cidade, situados um do lado do outro, o Museu Naval e o Museu da Construção Naval, sediados em edifícios pertencentes ao Arsenal de Ferrol.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Museu Naval foi inaugurado em 1986 com a finalidade de proteger, conservar e exibir o patrimônio naval da cidade. A exposição permanente abarca dois andares do edifício, abrangendo todas as facetas da história naval: mapas, maquetes, modelos de barcos, instrumentos de navegação, artilharia e mergulho, objetos relacionados às guerras marítimas, entre outros aspectos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAs duas instituições são consideradas museus de referência na temática naval. Conheci de forma mais abrangente o Museu da Construção Naval, situado no antigo Edifício de Herrerías do Arsenal de Ferrol, destinado ao trabalho com o ferro.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAEste edifício data de 1760 e por si só constitui uma grande atração para o visitante. Possui uma planta em forma de U, com três grandes naves separadas por arcos semicirculares sustentados por pilares.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAInaugurado em 2008, é considerado o mais importante museu da Espanha dedicado à construção naval. Possui uma grande variedade de maquetes de barcos e navios de todas as épocas, tanto relacionado à Marinha de Guerra, quanto comerciais. Algumas delas possuem um corte longitudinal que possibilita a observação de sua estrutura interior.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAUm aspecto que me impressionou é a grande quantidade de faróis exibidos, dos mais variados tamanhos…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAPodemos conhecer a fundo as antigas máquinas de construção naval, os diferentes tipos de barcos, motores antigos e modernos, etc.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA criação de um Arsenal e um centro de construção naval em Ferrol foi uma decisão política que buscava organizar a Marinha de Guerra Espanhola, praticamente inexistente no começo do século XVIII. Nela estiveram implicados os reis Felipe V, Fernando VI e Carlos III, além do Marquês de la Ensenada. O arsenal propriamente dito foi construído entre 1750 e 1771, sob a supervisao geral do engenheiro naval e cientista espanhol Jorge Juan y Santacilia (1713/1773), que causou grande admiração no continente europeu.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO primeiro barco construído foi o “El Fernando“, em 1751. Em 1881, se fabricou a primeira embarcação com casco metálico e, em 1912, o primeiro encouraçado. Em 1988, se construiu o porta-avioes “Príncipe de Asturias“.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO recinto continua sendo utilizado como Base Naval da Armada Espanhola, estando vigiado por militares. Por sua importância histórica, foi declarado Bem de Interesse Cultural.

Anúncios

Ferrol – Galícia

Depois de passar uns dias em Lugo, fomos à cidade de Ferrol, situada ao norte da Província de La Coruña. Com aproximadamente 70 mil habitantes, esta cidade esteve tradicionalmente ligada às atividades marítimas e militares, tanto por seu porto pesqueiro, como por sua base naval e os edifícios relacionados ao seu importante Arsenal.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOs habitantes locais dizem que seu nome provém da palavra Farol, que faz parte do escudo da cidade desde 1778.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa chamada Fonte de San Roque vemos o escudo mais antigo que se conserva em Ferrol, de 1784.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADurante séculos a cidade foi um pequeno porto pesqueiro, sendo que sua economia se completava com a agricultura. No início do século XIII, recebeu privilégios reais que a converteram numa vila de senhorio. Em 1371, o Rei Enrique II entregou a vila à Fernán Pérez de Andrade e poucos anos depois foi incendiada pelos portugueses. Na segunda metade do século XVI, com a organização da Armada Invencível em 1588, Ferrol se converte numa importante base naval.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAPara proteger a base foram construídos três fortes, o de San Martín, de La Palma, e o de San Felipe, que vemos abaixo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAConstruído durante o reinado de Felipe II, na segunda metade do século XVI, o Castelo de San Felipe (apesar do nome, trata-se de um forte…) foi reformado no século XVIII, sendo considerado uma das melhores fortificações da Espanha deste período.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm 1726 foi criado o Departamento Marítimo de Ferrol e sete anos depois passa a ter jurisdiçao real. Em 1743, o Marqués de la Encenada, ministro do Rei Fernando VI, encarrega a construção de um novo Arsenal na cidade. Devido a esta condição  de base naval, a população da cidade alcança os 25 mil habitantes na metade do século XVIII. A chegada massiva de imigrantes para trabalhar na construção naval deu origem ao primeiro bairro obreiro do país. Abaixo, vemos a Porta do Dique, uma das principais portas do Arsenal, de 1765.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEntre 1769 e 1774, sob a ameaça de um ataque inglês, que realmente se produziria em 1800, se rodeia a cidade com uma muralha formada por baluartes, como o de San Juan (San Xoán, no idioma galhego).

OLYMPUS DIGITAL CAMERACom o motivo da visita da Rainha Isabel II em 1858, Ferrol recebeu o título de cidade. Abaixo, vemos o elegante edifício da Prefeitura de Ferrol, inaugurado em 1953 e situado na Plaza de la Constitución.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAUma das variantes do Caminho de Santiago, o denominado Caminho Inglês se inicia em  La Coruña ou em Ferrol. Antigo caminho secundário, foi assim batizado porque de seu porto chegam os peregrinos procedentes do norte da Europa. Para chegar à Santiago de Compostela, devem percorrer 118 Km.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAbaixo, vemos outras imagens da cidade relacionadas à sua tradição naval e militar.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERA