O novo Estádio do Atlético de Madrid

O velho Estádio Vicente Calderón, casa dos atleticanos durante décadas, têm seus dias contados, e será demolido em 2018, segundo as previsões. Ainda funciona no estádio o museu do clube, com sua importante sala de troféus conquistados ao longo de sua trajetória esportiva. Na temporada atual da Liga Espanhola de Futebol, o clube inaugurou seu novo estádio, chamado Wanda Metropolitano.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERACom capacidade para acolher 68 mil espectadores, o Wanda Metropolitano foi inaugurado em 16/9/2017, no jogo disputado entre o Atlético de Madrid e o Málaga, com vitória do time madrilenho por 1×0. O primeiro gol marcado no novo estádio foi feito pelo atacante Griezmann.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERANa realidade este estádio existe desde 1994, e foi construído inicialmente como um campo de atletismo, pertencente à Comunidade de Madrid, com vistas a um possível escolha da cidade como sede olímpica. Com o fracasso da várias iniciativas realizadas (lembramos que Madrid saiu derrotada quando o Rio de Janeiro foi escolhida sede dos jogos e também para as Olimpíadas de 2020), em 2002 o estádio passou a ser uma propriedade da Prefeitura de Madrid, que cedeu o estádio para que o Atlético de Madrid o reformasse a partir de 2008.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADurante um período de 10 anos, o Estádio se denominará Wanda Metropolitano, uma referência ao grupo empresarial chinês responsável pelas reformas (Wanda Group) e também ao primeiro estádio do clube, sede do Atlético desde 1923 até 1966, quando foi substituído pelo Vicente Calderón.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAAinda não se podem realizar visitas ao interior do estádio, e  as obras de infraestrutura ao redor do mesmo tampouco foram concluídas. No entanto, a loja oficial do clube já está aberta para a torcida atleticana e todos os simpatizantes pelo time.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa frente do estádio foi colocada uma estrutura circular com o nome de todos os jogadores do atual elenco do clube.

OLYMPUS DIGITAL CAMERATambém uma escultura formada por dois adjetivos que definem bem a essência do Atlético de Madrid e de sua apaixonada torcida…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA arquibancada do estádio está dividida em 3 níveis, formando três anéis contínuos. Consegui tirar algumas fotos desde um dos portões laterais do estádio, como vemos nas imagens acima. Mal começou sua trajetória, o Wanda Metropolitano já está fazendo história, pois foi escolhido como a sede final da Copa dos Campeões de Europa do ano que vem.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA linha de metrô Estádio Metropolitano possibilita um acesso extremamente rápido ao estádio, situada ao lado da nova construção. Nas duas plataformas da estação se colocaram todos os escudos da camisa oficial do time, e os estádios que fizeram parte da história do Atlético de Madrid.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAEspero que o novo estádio seja um palco de grandes conquistas para o time, e certamente assistirei algum jogo do Atlético, apesar de torcer para o Real Zaragoza….

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A Despedida do Vicente Calderón

Recentemente, o mundo do futebol espanhol ficou mais triste, e Madrid em especial, pois a cidade perdeu um dos templos sagrados do esporte nacional em prol da evolução arquitetônica e da modernidade. No dia 21 de maio deste ano o Atlético de Madrid, um dos times mais queridos da capital, disputou seu último jogo no Estádio Vicente Calderón, contra o Atlético de Bilbao, no qual saiu vencedor por 3×1.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEste mítico estádio foi a casa dos atleticanos durante os últimos 51 anos, sendo inaugurado no dia 2 de outubro de 1966, num jogo do Atlético de Madrid contra o Valencia, cujo resultado final foi 1×1. Por estar situado às margens do rio que corta a capital, foi inicialmente chamado de Estádio Manzanares, com uma capacidade para acolher a 62 mil espectadores.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm 1971 passou a denominar-se Estádio Vicente Calderón, em homenagem ao empresário espanhol que tornou-se presidente do clube durante 21 anos, e em cujo mandato se construiu o estádio. Durante esta etapa, o time alcançou um período de glória, com a conquista de vários títulos nacionais e internacionais.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Estádio Vicente Calderón substituiu o antigo Estádio Metropolitano. Inaugurado em 1923, permaneceu como estádio do clube até 1966, quando foi demolido. Abaixo, vemos uma foto antiga do velho estádio atleticano, feita durante um treinamento…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Atlético de Madrid disputou 1226 jogos oficiais no Vicente Calderón, com 773 vitórias no total. Foi considerado o primeiro estádio europeu em contar com assentos para todos os espectadores.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANele se disputaram alguns jogos durante a Copa do Mundo de 1982. Em 2017 foi a sede da final da Copa do Rei, vencida pelo Barcelona, que derrotou o Deportivo Alavés por 3×1. No dia 28 de maio deste ano, se realizou um último jogo entre as grandes estrelas da história atleticana e do futebol mundial.

OLYMPUS DIGITAL CAMERATive a oportunidade de presenciar a semifinal da Copa do Rei deste ano no estádio, e ver o jogo que o Atlético disputou contra o Barcelona, e fiquei admirado pelo comportamento exemplar de sua apaixonada torcida.

20170201_205704O Vicente Calderón será demolido em 2018. Em seu lugar, será construído um conjunto residencial, segundo as últimas notícias. Desde já, deixo aqui minha homenagem sincera a este que foi um dos grandes templos do futebol mundial.

20170201_205537

 

Rio Manzanares – Madrid

As cidades cortadas por cursos fluviais sempre exerceram um certo fascínio para mim, pois acredito que propiciam uma paisagem urbana diferente das demais cidades, que não possuem o privilégio de ter um rio que atravesse seu perímetro. Madrid é uma destas cidades “abençoadas”pela natureza, e o Rio Manzanares é o grande protagonista desta dádiva natural.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA partir de hoje iniciaremos uma matéria sobre o Manzanares, sua importância histórica e também sobre o curioso sistema de abastecimento de água de Madrid ao longo dos séculos. O Rio Manzanares está intrínsecamente relacionado com a história da cidade. Nasce da neve derretida no alto da Serra de Guadarrama, o maciço montanhoso que atravessa o norte da Comunidade de Madrid, a 2265m de altitude.

dsc04631Inicialmente um pequeno arroio, o Manzanares desce a serra por um território que foi declarado Reserva Natural, o Parque Nacional da Serra de Guadarrama.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO local denominado “La Pedriza” é um dos mais belos recantos do parque. O pequeno rio é alimentado por outros arroios até chegar à cidade de Manzanares El Real, povoado que na Idade Média foi um senhorio feudal, e que inspirou o nome atual do rio. Abaixo, vemos o Castelo de Manzanares El Real, uma impressionante fortaleza gótica construída no século XIV.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADentro do limite urbano desta cidade, o Rio Manzanares desemboca na Represa de Santillana, que vemos abaixo, junto com uma parte da fortaleza.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADepois, o Rio Manzanares aumenta o seu volume de água proveniente de outros cursos fluviais. Ao entrar em Madrid, o rio está canalizado e termina o seu percurso no sul da Comunidade de Madrid, “entregando” suas águas no Rio Jarama, um afluente do Rio Tajo, o mais extenso do país. Ao atravessar a fronteira portuguesa, o Rio Tajo muda de nome, e passa a ser chamado de Tejo, desembocando no Oceano Atlântico, em Lisboa.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAntigamente o Rio Manzanares era conhecido pelo nome de Guadarrama, que no idioma árabe significa “Rio de Arreial”. O seu fundo arenoso e o baixo fluxo de água do rio (principalmente no verão) foram fatores que limitaram sua utilização para a navegação, exceção feita às pequenas embarcações.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAProjetos para torná-lo navegável foram realizados, principalmente depois de 1580, quando Portugal foi incorporado à Monarquia Espanhola, durante o reinado de Felipe II. O faraônico projeto tinha como objetivo a construção de um canal que chegasse à Toledo e, depois pelo rio Tajo, até Lisboa. No entanto, problemas técnicos derivados do escasso nível de água e de seu elevadíssimo custo tornaram o projeto inviável, e não foi construído.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA escassa importância geográfica do Rio Manzanares, cujo percurso atravessa de forma exclusiva a Comunidade de Madrid, e seu pequeno fluxo de água, fez com que fosse ridicularizado por poetas e escritores espanhóis, principalmente os do denominado Siglo de Oro (Século de Ouro da Cultura Espanhola, referente aos séculos XVI e XVII). Um dos mais conhecidos literatos da época, Francisco de Quevedo, referiu-se ao Manzanares como “Aprendiz de Rio”. Pobre Manzanares…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAPor outro lado, foi também inspiração para pintores, como Goya, por exemplo, que realizou vários quadros em que aparece retratado, principalmente associado às festas que se realizam em suas margens, como as Romerias dedicadas ao Santo Padroeiro de Madrid, San Isidro. Do ponto de vista arqueológico, o Rio Manzanares possui uma importância fundamental, pois em suas margens foram encontrados restos da presença do homem pré-histórico desde o Paleolítico. Nos depósitos do Museu das Origens de Madrid (normalmente uma parte dos museus não aberta à visitação pública) podemos admirar muitos dos achados arqueológicos descobertos na beira do rio.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAInúmeros restos encontrados permitem conhecer os animais que antigamente habitavam suas margens, como esta mandíbula de Mastodonte.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA ribeira do Rio Manzanares foi habitada, antes da presença romana na região, pelos povos denominados Carpetanos, e sao abundantes atualmente as zonas arqueológicas e cavernas onde se desenvolvem trabalhos de investigação. Estes povos foram conquistados pelos romanos, assimilando sua cultura. Hoje em dia, é uma maravilha passear pela beira do Rio Manzanares em seu trajeto por Madrid, pois foi transformada numa zona de ócio onde podemos contemplar os inúmeros monumentos, construções e pontes que o atravessam. Uma de suas construções mais emblemáticas é o Estádio Vicente Calderón, pertencente ao Atlético de Madrid.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAConstruído entre 1961 e 1966, seu nome é uma homenagem a um antigo presidente do clube, mas é também conhecido como “Estádio del Manzanares“. O estádio foi vítima de uma “enfermidade” construtiva, denominada “Aluminosis“, ocasionada pela utilizaçao de materiais de baixa qualidade, apesar da avançada tecnologia assegurada pelo fabricante. Como consequência, foram realizadas várias e intermináveis reformas em sua estrutura. Na realidade, seus dias estão contados, e esta é a última temporada em que o Atlético de Madrid disputará seus jogos neste lendário estádio, pois a partir do próximo ano se procederá à inauguração de seu novo campo de futebol. Finalizamos este post, com uma foto do Vicente Calderón em construção…

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

As Fontes de Netuno e Apolo – Madrid

Estas duas fontes que vamos ver no post de hoje estao consideradas das mais belas e importantes de Madrid. Ambas foram projetadas por Ventura Rodríguez no final do séc. XVIII, como parte do processo de reurbanizaçao do Paseo do Prado. Desenhada em 1782 pelo referido arquiteto, a Fonte de Netuno foi executada por Juan Pascual de Mena em mármore branco.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA fonte em seu início localizava-se no Paseo de Recoletos, e em 1897 foi levada ao local atual, em frente ao Hotel Palace, na denominada Praça de Cánovas del Castillo. O Deus Netuno corresponde a transcriçao do grego Poseidon, Deus dos Mares. Seu atributo mais conhecido é o tridente, e seu poder causava as tempestades e também as acalmava.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANetuno aparece com uma cobra enroscada na mao direita e o tridente na esquerda, sobre um carro formado por uma grande concha e guiado por cavalos marinhos. Ao redor, vemos focas e golfinhos que jorram água a uma grande altura. A Praça de Cánovas del Castillo se torna um popular ponto de encontro dos torcedores do Atlético de Madrid, quando o clube conquista títulos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA Fonte de Apolo foi projetada em 1777 e concluída em 1802 e popularmente é conhecida pelo nome  de Fonte das Quatro Estaçoes, pelas alegorias presentes em seu conjunto. A fonte possui uma conotaçao política, pois Apolo como Deus Solar é uma representaçao do rei francês Luis XIV, o Rei-Sol. Carlos III, também pertencente à dinastia burbônica exprime, através da fonte, o desejo de continuidade no poder de sua própria dinastia.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA fonte foi realizada inicialmente pelo artista Manuel Álvarez e finalizada por Alfonso Giraldo Bergaz, e transformou-se num dos expoentes máximos da Escultura Clássica Espanhola. Na Mitologia Grega, Apolo e sua irma gêmea Ártemis foram gerados por Zeus e Leto.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAApolo aparece na escultura segurando a lira, pois é considerado o Deus das Artes, da música e da poesia. A seus pés, vemos a serpente Pitón, em forma de dragao, enviada pela ciumenta esposa de Zeus, Hera, para matar a Leto. Logo depois de nascer, Apolo derrota o monstro, e para tal utiliza as flechas, fabricadas pelo Deus Hefesto.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANa parte inferior, vemos a representaçao antropomórfica das estaçoes do ano e, no centro, o Escudo de Madrid. A base do conjunto está composta por conchas, por onde cai a água da fonte.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo próximo post, veremos um dos símbolos indiscutíveis de Madrid, a Fonte de Cibeles.

Estádios de Madrid

Para os amantes do futebol, aqui vai um post dedicado aos estádios das duas equipes da capital. Ambos receberam da UEFA a qualificação de estádios 5 estrelas, pois preenchem todos os requisitos nescessários quanto à segurança, comodidade, serviços, estrutura para os jogadores, público, imprensa, etc.
Começamos pelo Estádio Vicente Calderón, do Atlético de Madrid.
Imagem

Localizado às margens do rio Manzanares, foi inaugurado em 1966.
Na época, tinha o mesmo nome do rio, mas em 1971, adotou o atual nome, em homenagem ao presidente da época e responsável por sua construção.
Foi o primeiro estádio europeu a ter todos os seus lugares marcados com asentos, qualificando-o para diversos jogos importantes, inclusive do Mundial de 1982.
Imagem

Imagem

Possui atualmente capacidade para 55.000 espectadores e o campo mede 105 x 70m. Abaixo, uma foto do museu do clube, onde sempre se aprende coisas novas sobre o esporte, e da sala de imprensa.

Imagem

Imagem

Na sala de troféus, a Supercopa ganha pelo clube é um destaque.

Imagem

Imagem

Vocês podem achar realmente extranho o que uma estátua de índio está fazendo no post. Mas a explicaçao é simples: índios é o apelido dos torcedores do Atlético. Curioso por saber o motivo, perguntei a uma torcedora a origem do nome. A resposta foi: – É que nos comportamos como tal…

A resposta nao me satisfez plenamente e, durante a visita ao clube, me disseram que na década de 70, havia no plantel do Atlético muitos jogadores de origem sul-americana.É mole?

Outro apelido da torcida: Colchoneros, que significa colchão, em português. A explicação. antigamente os colchões de dormir, no Brasil também, eram listrados, como a camisa do clube…

Enaquanto ao estádio Santiago Bernabéu, foi inaugurado em 1947 e, na época chamava-se estádio Chamartín, nome do bairro onde se localiza.
Situado em pleno Paseo de la Castellana, em 1955, como aconteceu com o clube rival, decidiu mudar o nome em homenagem ao presidente  responsável por sua construção.
Imagem

Imagem

Em 1957, inaugurou-se a iluminação elétrica, num jogo entre o Real Madrid e o Sport Recife, do Brasil.
Também acolheu partidas do mundial de 82, inclusive a final.

Imagem

Imagem

Abaixo, o novo contratado da equipe…

Imagem

No vestiário da equipe adversária também se nota a mordomia…

Imagem

As últimas fotos sao da sala de imprensa e as 9 copas de clubes campeoes ganhas pelo clube.

Imagem

Imagem

Ambos estádios se podem visitar, num trajeto que inclue o gramado, a sala de troféus, museu, vestiário, sala de imprensa e a loja, que vendem todos artigos inimajináveis com a estampa do clube.

Ah esqueçi de comentar que o estádio do Real Madrid possui capacidade para 85.000 espectadores e a dimensão do gramado é de 105 x 68m.

Um abraço!