Belos Edifícios de Badajoz

Nesta última matéria sobre a cidade de Badajoz, selecionei alguns belos edifícios que me chamaram a atenção por sua beleza, estilo, singularidade e importância histórica. Representam boa parte das tendências arquitetônicas de finais do século XIX e primeira metade do XX. Iniciamos com o belo edifício da Capitania Geral, utilizado para fins militares.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO estilo eclético está presente de forma abundante em muitas das construções de Badajoz, como no Conservatório de Música, sediado num palácio do século XIX e que atualmente pertence à Deputação Provincial. Nele destacam a fachada, com referências clássicas, o pátio interior e a cúpula.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAEste outro edifício também pertence à Deputação Provincial, e nele algumas salas foram dedicadas a exposições culturais.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAAlguns edifícios de base eclética foram decorados em seu exterior com formas modernistas, como a Casa Ramalho.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm relação ao Modernismo, numerosos são os exemplos de residências construídas ou decoradas no estilo em todo o país, como vimos acima. Mais raras são as construções de caráter industrial. Em Badajoz, podemos apreciar uma delas, a chamada Garage Pla, construída em 1931 como um lugar para reparar automóveis, numa época em que os veículos começaram a inundar as cidades de todo o mundo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAPor sua vez, a cafeteria abaixo me impressionou por sua decoração, que me recordou a Art Noveau

OLYMPUS DIGITAL CAMERADe grande interesse arquitetônico é o antigo Mercado de Santa Ana, edificado em 1937 no estilo Arte Decô pelo arquiteto Rodolfo Matínez. Atualmente funciona como uma biblioteca pública.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAFoi muito bom ter passado alguns dias em Badajoz, e conhecer sua história e a hospitalidade de sua gente. Porém, a Comunidade de Extremadura me reservava  outra  grata surpresa, a cidade de Jerez de los Caballeros, que veremos a partir do próximo post.

La Giralda de Badajoz

Um dos edifícios mais famosos de Badajoz situa-se em plena Plaza de la Soledad, que vimos no último post. O edifício em questão é conhecido como Armazéns La Giralda, em virtude de sua função inicialmente comercial e por ser uma réplica, em escala reduzida, da famosa torre campanário da Catedral de Sevilha, mais conhecida como La Giralda.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAEsta belíssima construção foi realizada no local onde antigamente se situava a Ermita de la Soledad, cuja imagem da Padroeira de Badajoz passou a ocupar uma novo templo, situado ao lado do edifício acima. Foi edificado em várias fases, entre 1923 e 1933, sendo que o projeto foi realizado pelos arquitetos Adel Pinna e Luciano Villegas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA construção se insere dentro do estilo histórico neomudéjar. Além de sua função comercial, que ocupavam os andares inferiores, o edifício também acolhia a residência do proprietário, em sua parte superior.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOs Armazéns La Giralda foram fundados por Manuel Cancho Moreno, que decidiu construir seu estabelecimento inspirando-se na torre sevilhana como uma forma de publicidade para seu negócio. Os armazéns fecharam em 1978, e o edifício permaneceu abandonado até que a empresa multinacional Telefonica adquiriu o imóvel. Desde 1998, deixou de utilizar o edifício, e atualmente permanece vazio e sem finalidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAOs detalhes decorativos são abundantes, e se destacam pela cuidadosa elaboração nos distintos materiais utilizados, como o ferro, a madeira, etc. A torre foi rematada pela figura mitológica de Mercúrio, deus do comércio.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAAbaixo, vemos a fachada lateral…

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Pelas Praças de Badajoz

A cidade de Badajoz possui muitos mais atrativos que suas construções militares e sua esbelta catedral. Uma boa forma de conhecer seu centro histórico é percorrendo suas inúmeras praças, algumas das quais acolhem seus edifícios mais representativos. A Plaza de España, por exemplo, é o centro administrativo, político e religioso da cidade, pois além de ser o local onde se alça a catedral, se ergue também o Palácio Municipal, sede da prefeitura de Badajoz.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAntigamente situada na Plaza Alta, como vimos recentemente, no século XVIII a prefeitura foi trazida para a Plaza de España. Entre 1852 e 1856 se construiu a sede atual, obra de Francisco Morales Hernández. Em 1899 se colocou o relógio que preside a fachada e em 1937 o edifício foi reformado, dando-lhe uniformidade artística. De escassa decoração, destaca-se por suas belas proporções e sua elegância clássica.

OLYMPUS DIGITAL CAMERABem na sala de recepção da sede da prefeitura vemos o Escudo de Badajoz.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADebaixo dos arcos de sua fachada temos uma bela vista da catedral. Em frente ao edifício, vemos interessantes partes do templo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERABelos edifícios de arquitetura regionalista e eclética compõem a paisagem da praça, tornando-a ainda mais bonita…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAPróxima à Plaza  de España situa-se a Plaza Cervantes, também conhecida como Plaza de San Andrés, em virtude da paróquia homônima situada em uma de suas laterais. Esta igreja pertencia ao Convento da Madre de Dios de Valverde, construída no séc. XVI e reformada no XIX.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUm dos arquitetos mais importantes, cujas obras repercutiram de modo fundamental na  evolução da arquitetura da cidade, foi Adel Pinna. Na Plaza de Cervantes podemos observar duas de suas criações. A denominada Casa Puebla, de 1921, foi projetada com elementos neo-renascentistas, e chama a atenção por sua beleza.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA  OLYMPUS DIGITAL CAMERADo outro lado da praça, vemos o Hotel Cervantes, construído segundo as correntes ecléticas com elementos históricos e um certo toque modernista.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA Plaza de Minayo é um local bastante movimentado, ainda que tirei as fotos numa hora de maior tranquilidade. Nela localiza-se a Igreja de San Juan Bautista, pertencente ao desaparecido Convento de San Francisco, fundado no século XIII. A igreja atual foi edificada a partir de 1729.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUm pouco mais adiante vemos, do lado esquerdo da foto abaixo, o Hospital de San Sebastián, inaugurado em 1694. Do lado direito, o Teatro López de Ayala, o mais famoso da cidade. No centro, uma estátua homenageia o político e humanista do século XIX José Moreno Nieto.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Teatro López de Ayala substituiu um anterior de 1886, incendiado durante a Guerra Civil Espanhola, e sua construção finalizou em 1940. Atualmente, é um referente da programação cultural de Badajoz.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA