Museu Provincial – Ciudad Real

Este último post sobre Ciudad Real está dedicado ao Museu Provincial, o principal da cidade. Criado em 1976, consta de duas sedes. A que acolhe a coleção de arqueologia e paleontologia está situada na Calle del Prado, num edifício projetado por Carlos Luca de Tena, e inaugurado em 1982.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA visita ao museu facilita a compreensão da história, dos povos e do território onde se localiza Ciudad Real, através de suas peças arqueológicas, e da fauna e flora existente na região, através dos fósseis encontrados.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA seção de Arqueologia se estende desde o Paleolítico até a Idade Média, época em que foi fundada a cidade, com destaque para os inúmeras culturas que habitaram a zona. Em suas diversas salas, pude aprender diversos aspectos relacionados aos Iberos, como por exemplo, seus rituais funerários. Os Iberos acreditavam no além e praticavam o rito de incineração do cadáver. O fogo tinha, portanto, uma importância fundamental na purificação do indivíduo e no trânsito para a outra vida. Seus restos eram depositados em urnas de cerâmica, sendo acompanhado de objetos pessoais.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm linhas gerais, estes objetos correspondiam às armas, se o defunto pertencia à classe de guerreiros, ou relacionados à vida doméstica. Alguns dos objetos encontrados constituem verdadeiros tesouros ibéricos, como o que vemos a seguir, chamado de Tesouro de la Paloma, encontrado na Província de Toledo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAbaixo, vemos uma cerâmica ibérica

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA religiosidade destes povos se expressavam através de celebrações realizadas em santuários públicos, lugares de cultos sagrados nos quais eram feitas oferendas às divindades. Em alguns destes santuários foram encontrados uma grande quantidade de exvotos de bronze, que eram oferecidos como forma de agradecimento por alguma graça concedida.

OLYMPUS DIGITAL CAMERADa época romana do território (Hispania), o destaque fica por conta dos mosaicos, além de outros temas abordados, como a importância da moeda na economia do império.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA parte dedicada aos visigodos também é de muito interesse. Num princípio os visigodos, no aspecto religioso, professavam o Arrianismo, uma doutrina considerada herética pelo cristianismo ortodoxo, pois negava a dupla natureza de Cristo e a Santíssima Trindade. Por este motivo, nos primeiros anos da presença visigoda na Espanha conviveram duas igrejas, a Católica Romana para os antigos habitantes (hispanoromanos) e a Arriana. Esta separação terminou em 589 dC durante o III Concílio de Toledo, quando o rei visigodo Recaredo se converteu ao catolicismo, impondo a religião a toda a população. Muitos dos objetos encontrados desta época são capitéis que decoravam o interior das igrejas, como este que vemos abaixo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOs visigodos eram exímios produtores de objetos feitos de metais, fabricados para o adorno pessoal, como colares, pulseiras, broches para cintos, etc.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUm dos utensílios de maior fama da cultura árabe, a cerâmica, conta com vários exemplares na coleção permanente do museu.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA tradição mudéjar também está presente, como neste painel de azulejos…OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm uma de suas salas podemos admirar uma Porta Mudéjar, procedente do antigo bairro judeu (Juderia) de Ciudad Real.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA coleção de Paleontologia exibe diversos fósseis, tantos vegetais, quanto animais.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAImpressionante de verdade é o esqueleto completo de um Mastodonte

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA outra sede do Museu Provincial está dedicada à coleção de Belas Artes, e se encontra no Antigo Convento de la Merced, que vimos na matéria passada. Espero que tenham gostado desta cidade castelhana e que possam algum dia visitá-la. Desde Madrid, se pode chegar até ela em trem de alta velocidade (AVE), e a viagem dura apenas uma hora…