Catedral de Ourense – Parte 2

Como comentei na matéria anterior, o interior da Catedral de Ourense é digno de conhecer-se, pelas incríveis obras de arte que possui. Realmente, fiquei impressionado com a riqueza de seus espaços internos, formado por 3 naves.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA nave central encontra-se presidida por um magnífico retábulo gótico do século XVI, realizado por Cornelis de Holanda entre 1516 e 1520. Nele vemos episódios da vida de Jesus e Maria, santos do Antigo e do Novo Testamento e os apóstolos. San Martín de Tours, titular da catedral e padroeiro de Ourense, aparece no centro…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERANo século XVI foram construídas várias capelas no interior da catedral, algumas com um grande requinte decorativo. A Capela da Anunciação é uma delas…

OLYMPUS DIGITAL CAMERADe todas as capelas existentes, a de Santo Cristo impressiona por sua exuberância decorativa, um dos grandes exemplos da Arte Barroca do século XVIII. Pena que as fotos não ficaram à altura de sua beleza…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAInegavelmente, uma das jóias da catedral é o chamado Pórtico do Paraíso, inspirado no Pórtico da Glória realizado pelo Mestre Mateo para a Catedral de Santiago de Compostela. Realizado no século XIII, sofreu reparações no século XVI, e se conserva notavelmente.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOs pórticos das catedrais medievais constituíam, além de antesala do templo, um local com finalidades funerárias, realização de assembléias e um espaço para a promulgação da justiça. A disposição e dimensões do Pórtico do Paraíso são similares ao Pórtico da Glória, estando formado por 3 arcos, sendo o central mais largo que os laterais, e uma coluna central, denominada na Espanha de Parteluz (imagem acima). Aos seus pés, vemos uma estátua do Apóstolo Santiago, com um livro e uma espada, obra do século XIII.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANas colunas que sustentam os arcos foram representados profetas e apóstolos, testemunhos da vida de Cristo e como união do Antigo e do Novo Testamento. A maioria deles possui uma espécie de cartaz com seu nome, e os detalhes escultóricos mostram um grande realismo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAEm um dos tímpanos vemos a San Martín entregando sua capa ao pobre, uma escultura do século XVI.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOutro aspecto a salientar do Pórtico do Paraíso é sua mensagem apocalíptica, com a representação do Juízo Final e os 24 personagens com seus instrumentos musicais, que vemos na foto acima. A seguir, vemos outro dos arcos do pórtico.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAFelizmente, o Pórtico do Paraíso conserva toda sua policromia, resultado de uma restauração realizada no século XVIII. Nos muros laterais, vemos pinturas  representando a San Ildefonso (recebendo as vestes de bispo da Virgem Maria) e a São Cristóvão.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERANuma época em que a grande maioria da população era analfabeta, o Pórtico do Paraíso cumpria a função de instruir o povo nas sagradas escrituras. No interior da Catedral de Ourense vemos também muitos sepulcros…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA visita finaliza com o Museu Catedralício, que guarda excelentes amostras de Arte Sacra, tanto na escultura, quanto na pintura.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUm dos destaques do museu é esta arca de cobre esmaltado que funciona como relicário, concebida em Limoges (França) no século XIII, um dos principais centros medievais na fabricação deste tipo de objetos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERATerminamos a matéria sobre a Catedral de Ourense com uma foto da Pia Batismal e um quadro em que vemos novamente a San Martín

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

A Catedral de Ávila: Parte 2

Nesta segunda parte sobre a Catedral de Ávila veremos o interior do espaço sagrado, e algumas de suas obras mais importantes. A Capela Maior, por exemplo, acolhe um maravilhoso retábulo realizado no último período construtivo da catedral, no final do século XV e começo do XVI.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA parte inferior do retábulo foi executada por Pedro Berruguete, que combina a tradiçao hispano-flamenca com o novo estilo renascentista proveniente da Itália. O artista buscou a individualização dos personagens representados e um grande realismo, conseguidos através de um intenso naturalismo. Com sua morte, a execução do retábulo foi realizada, entre outros, por Juan de Borgoña, que retratou as cenas da Anunciação, Nascimento de Cristo, Transfiguração e Apresentação ao Templo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm frente à Capela Maior, foram colocadas duas esculturas dedicadas a Santa Catalina e San Segundo, ambas realizadas em alabastro por Vasco de la Zarza na primeira metade do século XVI. Abaixo, vemos a Santa Catalina…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA tradição diz que San Segundo foi um dos sete enviados por São Pedro e São Paulo com a missão de evangelizar Espanha. Foi o primeiro Bispo de Ávila, sendo considerado o padroeiro da cidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERANo centro da nave principal foi colocado o Coro, algo característico das Catedrais Espanholas. Inicialmente ele se encontrava junto a Capela Maior, ao modo das catedrais francesas. Durante o período renascentista, acabou sendo deslocado para o centro da nave.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAFoi construído na primeira metade do século XVI por Cornelis de Holanda, que contou com a participação de Lucas Giraldo e Juan Rodríguez, entre outros. Elaborado com madeira de nogal, destaca-se por sua rica iconografía, onde foram representados uma grande quantidade de santos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANas laterais do coro, dois belíssimos órgãos, um barroco e outro de data posterior.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAO claustro da catedral foi inicialmente construído no século XIV no estilo gótico e apenas finalizado no XVI, já dentro da estética renascentista.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEstá formado por 3 capelas, e constituiu sempre um local de enterramento, acolhendo os restos de personagens ilustres da História da Espanha, como Adolfo Suárez (1932/2014), o primeiro presidente do período democrático do país, iniciado depois da morte do General Franco. Abaixo, vemos uma lista que comprova a milenar tradiçao episcopal de Ávila, onde podemos ver todos os bispos da cidade, começando por San Segundo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA San Segundo foi dedicado também uma das principais capelas das muitas existentes na catedral. O acesso a ela se dá tanto pelo interior, quanto pelo exterior do templo, cuja fachada austera vemos a seguir.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAFoi construída para acolher os restos de San Segundo para sua conservação, que foram trazidos da igreja românica a ele dedicado, prova da grande devoção de seus habitantes ao primeiro bispo de Ávila. Para que pudesse ser construída, tiveram que derrubar um cubo da muralha, prévia permissão concedida pelo rei Felipe II, pois a fachada da capela está adossada à mesma, como vemos acima. Abaixo, vemos o interior da capela.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA construção da Capela de San Segundo foi iniciada por Francisco de Mora em 1602, e finalizada por seu sobrinho Juan Gómez de Mora em 1615. O retábulo em forma de baldaquino acolhe uma urna com as relíquias do santo, e foi realizado em 1715 por José Benito de Churriguera.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA