Dalí no Museu Reina Sofia

Incontestavelmente, Salvador Dalí (Figueres, Província de Gerona, Catalunha: 1904/1989) foi um dos artistas mais originais e excêntricos do século XX. Mestre do Surrealismo, soube como nenhum outro autopromover-se, e a fama adquirida em sua vida foi imensa. No Museu Reina Sofia podemos conhecer várias etapas de sua genial criação artística, além de sua fase mais conhecida, a surrealista. No post de hoje veremos algumas das obras anteriores à época surrealista, igualmente realizadas com grande talento, sensibilidade e qualidade artística. Todas elas foram realizadas na década de 20 do século passado. De 1922 a 1928, Dalí desenvolveu sua fase cubista, e em 1923 realizou um Autoretrato neste estilo, situando sua cabeça no centro da composição, reconhecível entre as complicadas linhas abstratas que constituem o resto do corpo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAUm ano antes, em 1922, Salvador Dalí passa a residir em Madrid, mais precisamente na Residência dos Estudantes (matéria publicada em 26/8/2015), onde conhece e inicia sua amizade com o poeta Federico Garcia Lorca e o cineasta Luis Buñuel, entre outros. Estes personagens fundamentais da Arte Espanhola do século XX formaram um ativo grupo intelectual. Fruto do contato estabelecido entre o cineasta e o pintor foram os roteiros para dois filmes surrealistas fundamentais, Um Cão Andaluz (1929) e A Idade de Ouro (1930). Além do mais, Dalí realizou um retrato de Buñuel em 1924, quando abandona os critérios cubistas de suas obras anteriores, aproximando-se da estética clássica imperante na Europa naquele momento. No entanto, a estrutura do quadro recorda as formas cubistas, destacando a forte personalidade de Luis Buñuel.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAInfluenciado pelo artista uruguaio Rafael Barradas, que havia introduzido em 1918 o Futurismo e o Cubismo nas correntes vanguardistas espanholas, o pintor catalão realiza o quadro Gitano de Figueres (1923). Para alguns historiadores, o interior do espaço onde está representado o personagem, um cigano, poderia ser uma das salas da Residência dos Estudantes, graças aos quadros situados detrás do personagem e a permanente desordem do local, como era habitual…

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOutro quadro que mostra claramente as influências das correntes europeias na fase inicial do pintor, como o Cubismo e a denominada Pintura Metafísica Italiana, é esta Natureza Morta (1924), realizada para a famosa  Exposição da Sociedade de Artistas Ibéricos realizada em 1925 no Parque do Retiro de Madrid. Depois, presenteou a Garcia Lorca com este quadro, que o conservou até sua morte.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEm 1925, a grande influência exercida por Garcia Lorca marca a produção artística de Dalí. Realiza o quadro intitulado Pierrot tocando la guitarra, onde confluem 4 elementos de distintas procedências, que afetaram a obra do artista nesta década: a estruturação cubista, o volume tomado da Pintura Metafísica, o gosto pela linha, próprio da produção pictórica de Lorca, e a herança clássica.

OLYMPUS DIGITAL CAMERATambém neste ano, Salvador Dalí pinta uma série de quadros em que retrata a sua irmã Anna María Dalí, como neste Retrato de mi hermana

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAbaixo, vemos a Muchacha de Espaldas

OLYMPUS DIGITAL CAMERADalí retratou a sua irmã ao menos em 12 obras, das quais se considera uma obra prima o quadro Muchacha en la ventana. Salvador Dalí tinha apenas 20 anos quando realizou esta obra de grande uniformidade cromática e simplicidade compositiva. Representa a sua irmã de costas na casa de férias que a família possuía no belíssimo povoado de Cadaqués (Província de Gerona, ver post publicado em 1/9/2013), onde a muchacha nos introduz na paisagem que ela contempla.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo próximo post, veremos alguns dos quadros surrealistas de Dalí, que podem ser contemplados numa visita ao Museu Reina Sofia de Madrid

Anúncios

Museu Reina Sofia – Arte Espanhola: Parte 2

Um dos artistas espanhóis mais bem representados no Museu Reina Sofia é Juan Gris (Madrid-1887/Boulogne-Sur-Seine, França/1927). Considerado um dos principais mestres do Cubismo, seu nome verdadeiro era José Victoriano González-Pérez. Desenvolveu sua atividade pictórica praticamente em Paris, travando contato com vários pintores, entre os quais, Pablo Picasso, introduzindo o pintor malaguenho no círculo artístico da capital francesa, sendo considerado uma de suas maiores influências. Juan Gris criou um estilo próprio dentro do Cubismo, denominado Cubismo Sintético. Abaixo, vemos o quadro Jarra y Vaso, pintado em 1916.

OLYMPUS DIGITAL CAMERATambém de 1916, ano crucial na trajetória do pintor, é o Retrato de Josette Gris

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo período compreendido entre 1914 e 1918, Juan Gris atinge sua culminação artística, quando cria o Cubismo Sintético. Em 1920, realiza uma viagem à cidade costeira francesa de Bandol-Sur-Mer e no ano seguinte realiza uma série de quadros intitulados La Ventana Abierta, um dos quais vemos a seguir.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAApesar da importância de sua obra para arte do século XX, durante sua vida Juan Gris teve pouca repercussão na Espanha, sendo mais valorizado fora de suas fronteiras. Um ano antes de sua morte pintou o quadro La Mesa del Músico.

OLYMPUS DIGITAL CAMERANo início do século passado, os cafés de Madrid se tornaram um ponto de encontro preferido para as cabeças pensantes do momento. Reuniões de caráter intelectual, filosófico, artístico e político se tornaram habituais, e na Espanha são conhecidas como Tertulias. A mais famosa delas ocorreu no Café do Pombo, situado próximo à Puerta del Sol, e foi criada pelo escritor e jornalista Ramón Gómez de la Serna (1888/1963), grande personagem da vida madrilenha da época. La Tertulia del Café del Pombo foi imortalizada pelo pintor José Gutiérrez Solana (Madrid: 1886/1945), que se baseou numa foto do grupo principal desta tertulia tirada pelo grande fotógrafo Alfonso Sánchez Portela (1902/1990), amigo de Ramón Gómez de la Serna.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO Café do Pombo era um modesto e sombrio café madrilenho, e foi perfeitamente retratado pelo pintor através do forte claro-escuro presente em sua principal obra. Os personagens foram representados frontalmente e em semicírculo, rodeando a Ramón Gómez de la Serna, que aparece de pé no centro da composição. Este popular retrato coletivo de alguns dos personagens da cultura madrilenha mais significativos daquela época pertenceu a Ramón Goméz de la Serna, que depois doou o quadro para o estado espanhol. As reuniões se mantiveram até 1937, em plena Guerra Civil Espanhola, mas o Café do Pombo fechou suas portas em 1942. Dele, permanece o registro desta importante obra de Solano. A pintora Ángeles Santos (Portbou-1911/Madrid-2013) também se inspirou nestas reuniões sociais para a realização de um quadro em 1929, denominado Tertulia.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAo contrário da rigidez dos personagens da Tertulia del Café del Pombo, Ángeles Santos retrata figuras femininas que se retorcem num movimento sinuoso que impregna toda a composição. Pintora surrealista nascida na Província de Valladolid, este quadro é considerado uma de suas principais obras, e a sensação de opressão e claustrofobia é patente. A diferença dos homens, que assistiam as tertulias organizadas nos cafés livremente, as mulheres permaneciam encerradas dentro de casa, na maior parte das vezes contra sua vontade. A importância desta artista radica que duas de suas melhores obras, a Tertulia incluída, foram relacionadas como dois dos 100 melhores quadros da pintura realizada no século XX. A outra obra fundamental de sua carreira é o integrante quadro Un Mundo, realizado em 1929.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAEsta magistral obra foi pintada por Ángeles Santos quando tinha apenas 18 anos. De grandes dimensões, foi inspirado, segundo a própria autora, num dos versos do escritor Juan Ramón Jimenez, causando um grande impacto no mundo artístico. As personagens femininas do quadro rodeiam o globo terráqueo, que perdeu sua condição original transformando-se numa forma cúbica. Representa a realidade desde múltiplas facetas, de maneira simultânea. Participou do movimento surrealista e do denominado Realismo Mágico, falecendo com 101 anos. Relacionada com o realismo mágico, a obra Adán y Eva, pintado pela artista Rosario de Velasco (Madrid-1910/Barcelona-1991) em 1932, recebeu a segunda medalha na Exposição de Belas Artes deste ano. Interessante este quadro, retratando os dois personagens bíblicos como se fossem pessoas comuns, num ambiente poético de grande sensibilidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAFinalizamos a matéria com um dos quadros mais famosos do Museu Reina Sofia, o Autoretrato realizado em 1936 por Alfonso Ponce de León (Málaga-1906/Madrid-1936).

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA cena deste belíssimo quadro possui conotações oníricas, e possui um caráter premonitório, em que o autor parece pressentir sua morte eminente e trágica, que se produziria realmente no mesmo ano em que realizou o quadro. O foco de luz, que define seus contornos, é um elemento desconcertante, proporcionando a obra uma aparência fantasmagórica. O artista foi assassinado por suas ideias políticas, e pertenceu à Falange Espanhola. O gesto que realiza o autor de sinalizar a própria testa com os dedos cheios de sangue sugere que a causa de sua morte não foi o acidente de carro, mas algum motivo “oculto” que não aparece no quadro…

 

Picasso em Málaga

Além de seus monumentos, praças, edifícios e sua bela catedral,  Málaga é conhecida mundialmente por ser a terra natal de um dos gênios da arte universal, Pablo Ruiz Picasso. O artista, considerado um dos mais influentes do séc. XX, desempenhou um papel fundamental em várias correntes vanguardistas, tanto como pintor como escultor, do século passado. Foi, juntamente com Georges Braques e Juan Gris, um dos fundadores do Cubismo, e sua trajetória artística legou à humanidade um conjunto formado por mais de 2 mil obras, muitas das quais podemos admirar na cidade. Além do mais,  em Málaga existe um itinerário turístico que podemos percorrer em busca dos locais relacionados com o artista e sua família.  Por exemplo,seu pai, José Ruiz Blasco, organizava tertúlias (reuniao de amigos ou familiares realizadas de forma regular, na qual se discutiam temas diversos) na Antiga Farmácia Mamely, fundada em 1739.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAPicasso nasceu em 1881 num edifício da cêntrica Plaza de la Merced. Em 1983, o local foi declarado Monumento Histórico-Artístico e atualmente é a sede da Fundaçao Picasso.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAA Igreja de Santiago, construída em 1490 sobre o solar de uma antiga mesquita, é considerada a mais antiga da cidade, e nela foi batizado o pintor.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERANa fachada da igreja, uma placa recorda o acontecimento, como acontece nos demais lugares relacionados com a vida do pintor.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAO interior da igreja é belíssimo. A seguir, vemos fotos do magistral Retábulo Maior, presidida por uma imagem do Apóstolo Santiago.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAOLYMPUS DIGITAL CAMERAUm lugar de visita obrigatória para se conhecer a obra do artista é o Palácio de Buenavista, sede do Museu Picasso de Málaga. O edifício, construído no séc. XVI, se insere dentro do modelo da arquitetura renascentista, e foi a residência dos Condes de Buenavista, a quem  deve seu nome. Sua torre retangular, de origem defensiva medieval, era usada como mirante, para avistar os barcos que chegavam ao porto.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA partir de 1913, o Palácio de Buenavista transformou-se no Museu de Belas Artes e em 1939 foi declarado Monumento Nacional. Em 1996, foi escolhido para ser a sede do Museu Picasso, devido à importância de sua arquitetura civil, e no ano de 2009 foi inaugurado, após terem sido realizadas as reformas para tal fim. A criaçao do espaço respondeu ao desejo do próprio artista, para que uma parte de suas obras estivessem presentes na cidade onde nasceu. Abaixo, vemos o pátio do Palácio de Buenavista, outro dos elementos destacáveis do edifício.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAA concretizaçao do Museu Picasso de Málaga foi possível graças aos esforços e a vontade de Christine e Bernard Ruiz Picasso, nora e neto do pintor, cujas doaçoes constituem o acervo do museu, assim como da Junta de Andaluzia, que realizou um grande projeto museístico consagrado ao artista. O acervo está composto por 233 obras, englobando uma ampla variedade de estilos e técnicas que Picasso dominou como um mestre. O museu dispoe também de um agradável jardim e uma cafetería.

OLYMPUS DIGITAL CAMERAAtualmente, o Museu Picasso de Málaga, junto com os de Barcelona e Paris, constiuti um espaço artístico de primeira ordem para contemplar a sua obra. Em 1891, quando ainda criança, Picasso e sua família abandonaram a cidade, devido à pouca estabilidade econômica que possuiam. Da cidade, foram a La Coruña e, posteriormente, a Barcelona e Paris, lugares onde o genial pintor revolucionaria o mundo da Arte Contemporânea. Picasso faleceu em Mougins (França), em 1973.