Reais Sítios da Monarquia Espanhola – Parte 2

Neste segundo post sobre os Reais Sítios da Monarquia Espanhola, veremos alguns dos principais edifícios que pertencem ao conjunto existentes na capital da Espanha, Madrid. Muitos dos Reais Sítios constituem edifícios religiosos, fundados por monarcas ou membros da família real. Em Madrid, existem dois monastérios de grande importância histórica, cuja visita recomendo, devido às obras…

Reais Sítios da Monarquia Espanhola

Alguns dos monumentos mais conhecidos da Espanha pertenceram históricamente à monarquia. Conhecidos como os Reales Sítios (nome original em espanhol), foram utilizados pela família real ao longo dos séculos como locais de residência, ócio e recolhimento. Englobam palácios, situados em várias zonas do país, e edifícios religiosos, como igrejas e monastérios. Todos eles podem ser…

Os Touros na Arte

Devido a importância que os touros e os espetáculos taurinos exerceram na cultura espanhola, foram retratados nas mais variadas expressões artísticas, como a pintura, escultura, artes decorativas, e também na literatura, na música e no cinema. Nesta série que estou realizando sobre o mundo dos touros na Espanha já publiquei diversas imagens em que os…

A Evolução das Touradas

Como vimos na matéria anterior, a prática das touradas se remonta a muito tempo atrás. Antigamente, viajavam pelos povoados da Espanha os “matadores” ou “toreadores” que realizavam um espetáculo à pé de forma mais ou menos rudimentar, divertindo o público e cobrando pelo serviço. Em 1542, se realizaram em Barcelona festividades em homenagem ao Rei…

Arenas de San Pedro – Parte 2

No século XVIII, o pequeno município de Arenas de San Pedro converteu-se num local importante graças à presença de um membro da família real espanhola da época, o Infante Don Luis de Borbón y Farnésio (1717/1785), que estabeleceu  sua residência na cidade. Filho do Rei Felipe V (o primeiro monarca da dinastia bourbônica da Espanha)…

Os Trampantojos

Dentro dos elementos decorativos utilizados tanto na arquitetura, quanto na pintura, os Trampantojos se destacam por sua identidade ilusória, criando imagens que não correspondem aquilo que parecem. Seu nome se origina da expressão “Trampa ante os ollhos”, ou seja, um recurso para enganar a vista. O Trampantojo consiste numa técnica pictórica que consiste em enganar…

Museu de Belas Artes – Última Parte

Nesta última matéria sobre o Museu de Belas Artes de Valencia, veremos algumas das obras de seu acervo permanente relacionadas com a Pintura Neoclássica e outros artistas fundamentais do panorama espanhol dos séculos XIX e XX. O século XVIII ficou conhecido como o Século das Luzes, quando o racionalismo exerceu o princípio básico nas manifestações…

Museu Lázaro Galdiano – Pintura Espanhola (Parte 2)

Lázaro Galdiano formou uma pinacoteca que, além de seu enorme valor, servisse de referência para avaliar a importância artística da Espanha e de sua própria história. Como outros grandes colecionadores da época, mostrou especial predileção pelos retratos de homens e mulheres ilustres, cuja coleção presente no museu é representativa de vários períodos, como veremos a…

Os Gravados de Goya: Desastres da Guerra

Um dos fatos mais marcantes da Espanha no séc.XIX, vivido intensamente por Goya, foi a invasão das tropas de Napoleão, que desencadeou a Guerra da Independência, entre os anos de 1808 e 1814. Neste período, o poder da nação esteve nas mãos de José I, irmão do imperador francês. Muitas cidades foram destruídas e o…

Os Gravados de Goya: Caprichos

Iniciamos uma série de posts sobre os chamados Gravados de Goya, uma faceta menos conhecida deste genial pintor aragonês, mas indispensável para ilustrar seu modo de pensar e os acontecimentos históricos que se vivia na Espanha do final do séc. XVIII e começo do XIX. A obra de Francisco de Goya y Lucientes (Fuendetodos-Província de…