A Catedral Compostelana – Parte 2

A Catedral de Santiago de Compostela constitui um formidável exemplo do que se conhece como Igrejas de Peregrinação, que se desenvolveram ao longo do Caminho de Santiago no século XI, dentro do Estilo Românico. Uma outra igreja, que também faz parte da rota jacobea (como também se conhece o Caminho de Santiago) é a Basílica…

Catedral de Lugo

A Catedral de Lugo é o principal monumento religioso da cidade, e sua esbelta arquitetura destaca-se na paisagem urbana do centro histórico. A Catedral de Lugo foi consagrada à Santa Maria, em sua variante conhecida como a Virgem dos Olhos Grandes, padroeira da cidade. Uma visita ao templo nos permite apreciar os vários estilos que…

A Catedral de Ávila: Parte 3

Nesta última matéria sobre a Catedral de Ávila veremos os demais lugares de interesse que podemos encontrar numa visita ao templo. A Girola, sua parte mais antiga, foi construída na época de Girald Frunchel, o arquiteto francês responsável pelo projeto inicial da Catedral de Ávila. Um de seus elementos mais característicos foi a utilização da…

Catedral de Murcia – Parte 2

O interior da Catedral de Murcia possui a mesma riqueza estilística que em seu aspecto exterior. Belas obras de arte enriquecem e adornam o templo, das quais veremos as principais. Está composto por 3 naves, a central e duas laterais, e a girola, como se conhece a prolongação das naves laterais que rodeiam o Altar…

Catedral de Tarazona – Segunda Parte

Depois de ter visitado Tarazona algumas vezes, finalmente pude conhecer o interior da Catedral, que permaneceu fechada um bom tempo devido a um amplo processo de restauração geral do templo, como dissemos anteriormente. A espera valeu a pena, e atualmente brilha, mostrando-nos toda sua beleza. O interior da Catedral de Tarazona está formado por 3…

Monastério de Poblet – Última Parte

A igreja do Monastério de Poblet foi construída no último terço do séc. XII, possui planta basilical formada por uma nave central e duas laterais. O ábside está composto por uma girola, que reúne 7 capelas de grande sobriedade, como corresponde ao estilo cistercense. Uma antiga porta românica permitia o acesso à igreja desde o…

Catedral de Barcelona – Segunda Parte

O interior da igreja mede 90m de comprimento por 40 de largura. Está formado por 3 naves de mesma altura, sendo que a central possui o dobro de largura que as duas laterais. A girola, também denominada deambulatório, rodeia o presbitério, formando 9 capelas. Justo encima se encontram os vitrais mais antigos da catedral, que…

Catedral de Madrid – Parte 2

A Cripta foi a primeira parte construída da catedral, e sua função original era de servir de apoio à construçao do templo. Projetada por Francisco de Cubas em estilo neorromânico, está repleta de tumbas por todas as partes, nas capelas, paredes e pelo solo, entre as quais destaca a de seu construtor e sua esposa….

Catedral de Valencia

A Catedral Basílica de Valencia, chamada popularmente “La Seu” pelos valencianos, está dedicada por desejo expresso do rei Jaime I à Ascensao de Santa Maria. Foi consagrada em 1238 pelo primeiro arçobispo da cidade, depois da reconquista. A catedral foi construída sobre a mesquita da época islâmica, que se havia levantada em cima da antiga…

Catedral de Segóvia – Parte 2

A Catedral de Segóvia possui planta de cruz latina, com 3 naves, capelas laterais, cabeceira com girola, torre e claustro. A Girola é composta por 8 capelas radiais e as naves laterais por 12, 6 de cada lado. As principais sao: A Capela da Piedade ou do Santo Sepulcro guarda em seu interior um Retábulo…